Gestão de Empresas Sage Enterprise Management

Erros comuns entre gestores jovens

É natural que a falta de experiência leve a cometer alguns erros, sendo que a melhor forma de evitar a maioria das falhas pode ser alcançada mantendo uma mente aberta e uma postura modesta.

Sempre que cheguem a uma posição de liderança, avaliem de forma introspetiva quais os vossos pontos fortes e quais as áreas que necessitam de ser melhoradas e fortalecidas. Neste artigo, vamos ver alguns dos erros mais comuns que devem evitar.

A importância da formação.

É fácil pensar que bastam as regulamentares duas a três semanas de formação para que os colaboradores tenham a necessária preparação para acompanhar a atividade e evolução da empresa.

Na verdade, a formação deve ser pensada e planeada a longo prazo, no decurso do qual é dado feedback à equipa. É essencial oferecer a oportunidade aos colaboradores para concretizarem o seu pleno potencial e adquirirem novas competências necessárias à empresa.

A contratação.

A contratação é das tarefas mais importantes, pois trata-se de encontrar as pessoas certas para as tarefas e ajudá-las a comunicar entre si. Um dos erros mais comuns acontece quando, para cumprir um prazo, se contrata alguém que não preenche os requisitos necessários.

É importante trabalhar em conjunto com o departamento de recursos humanos ou com empresas externas de contratação de forma a conseguirem recrutar os melhores profissionais na área.

Delegar tarefas.

É comum que líderes menos experientes sintam que têm de controlar todos os processos e assumir a direção de projetos que consideram demasiado complexos para serem entregues a alguém da equipa.

Embora seja importante conhecer os pontos fortes dos elementos da equipa, também é fundamental dar-lhes a oportunidade de crescer, entregando-lhes projetos que constituam um desafio. Será preferível delegar e acompanhar, dando o devido feedback de forma a que possam melhorar.

Um software de ERP Sage permite gerir vendas, compras, stocks e os recursos humanos de forma eficiente. Acompanhe a evolução da empresa e o desenvolvimento dos projetos com um software simples de implementar.

Negligenciar o próprio desenvolvimento.

 Pode parecer extremamente difícil encontrar tempo para o desenvolvimento pessoal, mas continuar a receber formação é a única forma de progredir – melhorar a capacidade de liderança e desenvolver novas competências.

Definam objetivos de desenvolvimento e um plano de evolução para atingirem essas metas.

Equilíbrio entre a vida privada e pessoal.

Novas responsabilidades obrigam a um tempo superior de trabalho. A organização anterior da vossa vida privada será necessariamente afetada. É imprescindível uma reorganização que permita terem mais tempo para os colaboradores que irão liderar e, em simultâneo, manterem um espaço de recolhimento para recarregar energias.

 

 

 

 

 

 

 

Recursos Humanos

Como gerir talentos nas empresas

A forma como se gere talentos está em constante mudança e, por isso, é importante que as empresas estejam atentas à evolução do mercado e às reais aspirações dos seus colaboradores. Se uma empresa deseja ser bem sucedida, deve…