Sage Faturação

O comércio de retalho tem que se modernizar

Os pequenos negócios continuam em crise, face aos avanços das grandes superfícies. O mercado de retalho ressente-se principalmente com a introdução do comércio online.

Comércio de retalho versus novas plataformas de venda

Há alguns anos, a busca por um livro fora de circulação levar-nos-ia obrigatoriamente a alfarrabistas e feiras de livro em segunda mão. A internet trouxe as primeiras lojas online, facilitando consultas de stock e trazendo o produto desejado até casa, sem necessidade de nos deslocarmos.

 

Estas lojas online, como é o caso da Amazon, revolucionaram cada canto do mercado de retalho, incapacitando a perpetuação do antigo modelo de negócio. O passo seguinte foi estabelecerem lojas físicas em cada continente para que os consumidores não estejam presos a entregas em casa, que exijam presença física – agora, podemos passar por um ponto de entrega e levantar a nossa encomenda, quando saímos do trabalho, por exemplo.

 

Uma das grandes forças do mercado online é a análise de todas as facetas do processo de compra do cliente. A experiência do consumidor é sempre acompanhada e os dados resultantes são combinados com técnicas de marketing que permitem uma constante adaptação da venda aos gostos do cliente.

 

Como inovar no comércio do retalho

 

Um negócio precisa de investimento para se modernizar e a melhor forma humana de o fazer será fazer recrutamento junto das camadas mais jovens, para assegurar relevância intergeracional.

 

Os negócios devem mover-se junto dos seus consumidores, portanto o ideal hoje em dia é captar a atenção dos nativos digitais, ao implementar uma loja online, na maioria dos pequenos e médios negócios. A planificação da distribuição dos vossos produtos nacional ou internacionalmente pede uma logística adequada que deve ser estudada. A comercialização online pede uma transferência da faturação para uma vertente online. Sage 50cloud  é um produto de faturação certificado que oferecerá a mobilidade necessária para um negócio online.

 

É imperativo que os negociantes compreendam o impacto de estratégias de marketing digital e como se podem adaptar à sua empresa. Estabelecer presença nas redes sociais é o primeiro passo para captar a atenção do cliente. Newsletters podem também ser incentivo à compra, além de manter os clientes informados e criar fidelização.

 

Aconselhamento e ajuda

 

Para a implementação deste tipo de ações de modernização, os comerciantes devem basear-se em aconselhamento de fontes competentes. Novas técnicas de venda vão pedir uma especialização e estudo aprofundado para que possam ser bem-sucedidas.  Formação sobre marketing, mercados digitais e vitrinismo digital são mais valias num modelo de um negócio online.

 

Artigos Relacionados

0 Comentários

Deixe um comentário