Sage Enterprise Management

Kaizen: como melhorar processos de trabalho com pequenos passos

O método Kaizen ajudou o Great Western Bank, um banco norte-americano, a diminuir de 34 para 24 os passos necessários para se abrir uma conta bancária. A Ford tornou os seus processos mais eficientes com base nas mesmas ideias e recuperou o seu sucesso, após a crise económica de 2007/2008. O chef Ljubomir Stanisic também implementou esta estratégia de gestão com sucesso no seu grupo 100 Maneiras. Este conceito japonês, que quer dizer “boa mudança”, surgiu após a Segunda Guerra Mundial e tem um currículo convincente.

Esta estratégia de gestão e liderança tem como objetivo aumentar a produtividade e tornar o negócio mais rentável, com menos gastos e desperdícios. Devem-se considerar todos os tipos de melhoria, contínuas ou pontuais, pequenas ou grandes – que, juntamente, com uma cultura de “melhoria contínua”, gerará grande proveitos a partir dos mais pequenos resultados.

Podem escolher uma de duas aproximações diferentes a este conceito: de curso e de processos. A reorganização de uma operação de produção inteira, de acordo com o fluxo de materiais e informação, melhorará o curso da vossa produção. A segunda solução aborda alterações em postos de trabalho individuais. Para isso, devem começar por encorajar os vossos colaboradores a sugerir pequenas alterações de implementação fácil que acelerem procedimentos do dia-a-dia. Em qualquer caso, após a implementação de alterações, devem sempre monitorizar resultados e fazer ajustes em conformidade.

No entanto, Kaizen não é apenas uma estratégia que procura mais produtividade. Deve levar também a uma humanização do local de trabalho, ao eliminar trabalho excessivamente difícil e criar um ambiente em que todos os colaboradores têm oportunidade para apontar situações de desperdício e ineficiência.

Criem uma gestão una, simples e flexível do vosso negócio, em que todas as necessidades recebem resposta de forma rápida. As opções Sage ERP trazem-vos visão da vossa operação em tempo real, para implementarem alterações facilmente e ganharem rentabilidade.

 

Artigos Relacionados

0 Comentários

Deixe um comentário