Faturação

6 formas de confundir os objetivos

Já sentiram que têm dificuldades em cumprir alguns objetivos? Então, talvez o problema resida no objetivo e não nos vossos esforços em alcançá-los, que são, certamente, os melhores. Por vezes, podem até fazer tudo bem mas não chegarem aos resultados que têm em mente.

Deixamos, neste artigo, algumas formas que normalmente levam as pessoas a definir mal os seus objetivos.

  • Definir objetivos impossíveis. Por muito que o vosso negócio esteja a atravessar um momento muito bom, delinearem objetivos ambiciosos ao ponto de serem irrealistas só trará dificuldades ao vosso dia a dia. Pensem em grande, mas com alguma cautela.
  • Tentar fazer muito em simultâneo. Se a vossa meta for demasiado ampla, pode ser difícil focarem-se nele a 100%. Se a vossa atenção estiver dispersa por várias coisas, podem acabar por não concretizar nenhuma delas.
  • Subestimar prazos de entrega. Os objetivos precisam sempre de um prazo de entrega. Devem garantir que têm sempre tempo suficiente para cumprir e entregar os projetos atempadamente. Revejam diariamente o vosso cronograma de tarefas e façam os ajustes necessários de maneira a cumprirem todos os prazos com que se comprometeram.
  • Não valorizar as falhas. Um bom objetivo traz com ele uma componente inerente da possibilidade de falha. Se não valorizam tudo o que podem aprender com os vossos erros, estão a perder uma enorme oportunidade de aprendizagem. Falhar é a oportunidade perfeita para voltar a fazer tudo de forma mais inteligente.
  • Ter uma atitude negativa. Ter uma atitude menos positiva tem interferência na conquista dos vossos alvos. Podem, também, impedir-vos de definirem metas positivas e com alguma ambição.
  • Fixar demasiados objetivos. Ter múltiplos objetivos pode rapidamente tornar-se num problema. Vão dispersar e gastar toda a vossa energia em pequenas tarefas, o que vos vai impedir de ser focarem no objetivo principal.

Delinearem objetivos sólidos é um primeiro passo para viabilizar o vosso negócio: um dos passos seguintes é terem o suporte de um software de faturação que vos acompanhe a par e passo. Conheçam melhor as soluções que a Sage tem para vos oferecer, aqui.

Artigos Relacionados

0 Comentários

Deixe um comentário