Resultados da pesquisa por

marketing

Sage Enterprise Management

Como utilizar o Marketing em benefício da empresa

Existem várias definições de marketing mas o foco principal é, sem dúvida, a transmissão da informação certa sobre o negócio, produtos ou serviços. O objetivo é alcançar os clientes potenciais, conseguir surpreendê-los através da apresentação de soluções alternativas ou de produtos inovadores.

 

É importante demonstrar um conhecimento aprofundado da área, oferecendo uma argumentação convincente na aquisição ou contratação de serviços. Importa também manter uma monitorização de todo o processo, ajustando a cada momento a estratégia de comunicação.

 

A estratégia de marketing para funcionar tem de passar a informação certa, construindo uma relação estreita com o consumidor.

 

Alguns erros a evitar

 

Deve-se evitar fazer publicações de forma precipitada. Um anúncio de última hora na imprensa pode parecer uma boa ideia, mas devem sempre procurar informar-se sobre alguns elementos à cerca da publicação:

 

  • Quem são os consumidores da publicação;
  • Adequar o conteúdo do anúncio a esses consumidores;
  • Evitar fazer anúncios que não estejam inseridos numa estratégia de comunicação mais abrangente;
  • Ter sempre uma forma de monitorizar o alcance do anúncio.

 

Evitem gastar recursos em marketing de última hora. Procurem planear, monitorizar e gerir o processo.

 

Planear uma estratégia de marketing

 

Pode parecer intimidante criar uma campanha de marketing mas vamos analisar alguns passos que irão facilitar a tarefa. Identifiquem os vossos clientes tipo que, com maior probabilidade, irão recorrer aos vossos serviços ou produtos e desenvolvam uma mensagem para o vosso público-alvo.

 

Esta mensagem, num primeiro momento, deve abordar os problemas sentidos pelos consumidores e, apenas num segundo momento, deve abordar as soluções que vêm propor.

 

Após definirem quem são os vossos clientes, procurem identificar com clareza a vossa oferta. É muito importante evidenciar quais os valores da empresa e mostrando assim a sua identidade.

 

Aproveitem os vários meios existentes, adaptando a comunicação. Aproveitem plenamente as redes sociais, em especial o Facebook e o Instagram. O Google Ads também é extremamente eficaz, embora seja um recurso financeiramente exigente.

 

Após a monitorização da campanha, procurem adaptar a trajetória da empresa utilizando um ERP Sage. Acompanhem todas as fases do negócio, das compras à gestão de stock, das finanças às vendas, dentro de um só sistema. Aproveitem a informação em tempo real para decidir de forma eficiente, utilizando, numa fase seguinte, este dados para criar campanhas ainda mais eficazes.

 

Faturação Sage Faturação

Influencers: nova tendência do marketing digital

São cada vez mais as empresas que recorrem aos pequenos influenciadores para promoverem as suas marcas. Os influenciadores podem estar ligados a áreas muito diferentes, têm um número elevado de seguidores e, ao partilharem o seu quotidiano nas redes sociais, divulgam conteúdos sobre marcas.

Não é necessário que sejam figuras públicas que, em regra, exigem altas remunerações para serem contratadas. Os pequenos influenciadores alcançam um nicho de seguidores leal e interativo que pode ser muito importante.

Alinhamento com a marca

É importante que a escolha seja consciente e cuidadosa, em alinhamento com as propostas da marca. Assim, por exemplo, se temos uma marca desportiva, não faz sentido escolher uma influenciadora ligada ao mundo da moda.

Pequenos influenciadores

Um influenciador de pequena escala deverá ter entre 1000 a 50 000 seguidores nas redes sociais.

A definição do número varia com os especialistas e com as áreas em causa. Importa também ter em conta a capacidade de convencimento. Por vezes, um pequeno número de seguidores pode ser extremamente dedicado, partilhando e divulgando a marca.

Tanto as áreas de compras como as de entretenimento registam um crescimento da interação em cerca de 50%, após a divulgação realizada pelos influenciadores.

Marketing Digital – uma realidade incontornável

As empresas de hoje devem estar atentas às novas tendências do marketing, aproveitando todas as oportunidades que surjam.

Simplificar parte das tarefas permite que ganhem mais tempo para o marketing da empresa. Um software de Faturação Sage, simples e eficaz, transforma o quotidiano do negócio.

Invista no futuro da sua empresa, conte com software inovador e não perca possibilidades de divulgação.

 

 

 

 

 

 

.

 

Faturação

Como tornar o e-mail marketing mais eficiente

A maior parte das empresas não se apercebe de como o e-mail é uma forma de comunicar pessoal e como tal deve adequar-se ao público a que se dirige. Neste artigo vamos ver algumas sugestões de como personalizar os e-mails e alcançar melhores resultados.

As empresas devem tentar criar e-mails calorosos e pessoais, inserindo informação que tenha alguma relação com os interesses particulares, algo impossível de ser atingido pelo Spam.

O campo do endereço.

Depois de terem decidido o endereço, devem manter a mesma formulação. Procurem experimentar várias denominações e questionem pessoas à vossa volta sobre a mais fácil de memorizar. Em geral as empresas são beneficiadas por uma atitude de simplicidade, evitem complicar excessivamente o nome que segue no e-mail.

Um assunto provocador.

O sucesso ou o fracasso dependem do contexto e da relação que conseguem estabelecer com os destinatários. A ideia principal é criar suficiente curiosidade para se sentirem tentados a abrir o e-mail.

Uma boa história – storytelling.

Até o negócio mais aborrecido com uma dose de humor se pode transformar em cativante, e uma das formas é através do storytelling. Pegar em estereótipos ou ideias que podem parecer negativas, transformando essa informação em algo de positivo.

Manter viva a memória.

Uma sequência de e-mail cria uma ligação com o consumidor, envios em sequencia entre 3, 5 ou 7 dias costumam resultar bem. Depois de finalizar a sequência de envios, diminuir o ritmo de envio, mas continuar a enviar numa rotina mais espaçada.

É natural que entre 3 a 10% dos destinatários deixem de subscrever. Se o número das desistências for superior, então é natural que as mensagens não estejam em sintonia com o que é considerado relevante pelos consumidores.

O e-mail também pode ser uma forma de diminuir as devoluções, informando sobre como utilizar o produto de uma forma mais eficiente, e partilhando informações que podem ter escapado ao comprador.

Manter a relevância dos conteúdos.

Há que selecionar na lista de contactos quem pode efetivamente interessar-se por cada tipo de conteúdo ou produto, evitando bombardear toda a lista com conteúdos que não são relevantes para esses consumidores.

Um marketing inteligente, cria dentro da lista de contactos, outras listas de acordo com interesses.

Um toque humano.

Utilizem o e-mail para mostrar que por detrás da empresa existe uma pessoa, e como tal deixem a vossa personalidade transparecer nas comunicações. É mais fácil memorizar uma empresa com um rosto humano, dando-lhe assim um sentido e credibilidade superior.

Comunicar melhor com os clientes.

O software da Sage 50cloud com Online Access permite aceder aos dados dos vossos negócios a partir de qualquer dispositivo, incluído a mailing list. Este software integra o Office 365 e permite uma maior conetividade com clientes e fornecedores.

Estejam sempre prontos para partilhar informação relevante com os seus potenciais consumidores, siga os nossos conselhos e aumente a eficácia da vossa comunicação.

 

 

 

 

 

 

 

 

Faturação

Remarketing: aumentar as vendas e o reconhecimento da marca

Uma profunda transformação na publicidade e nos meios de comunicação, criou uma panóplia de alternativas para comunicar e o aparecimento de novas ferramentas, possibilitaram que até uma pequena marca tenha a possibilidade de alcançar reconhecimento.

Neste panorama o remarketing surge como um conceito que procura usar informação recolhida sobre usuários, para os conduzir novamente ao site ou página da marca e levá-los a finalizarem a sua compra.

Como funciona.

Os usuários ao acederem ao site são marcados com um cookie e adicionados a uma lista de remarketing. É criada uma campanha de display de Google Adword utilizando essa lista, gerando anúncios especificamente para esses visitantes, tentando que regressem e completem uma compra.

No momento da compra é sempre relevante que exista um sistema de faturação simples e eficaz e que permita coligir dados sobre as preferências dos consumidores.

Benefícios do remarketing.

O remarketing pode ter um efeito importante quanto maior for o numero de usuários nessas listas. Funciona especialmente bem, aproveitar épocas com maior tráfego, como o Natal para aumentar estas listas.

É necessário que a mensagem seja cativante e eficaz de forma a captar a atenção, voltando a colocar o consumidor no túnel de vendas. Desta forma a marca permanece em grande plano para a sua audiência privilegiada.

Desafios a não esquecer.

Existe a forma de levar os usuários a regressarem mas se continuarem a mostrar-lhe aquilo que já conhecem, o resultado será provavelmente o mesmo. Estes visitantes não compraram na primeira visita e portanto devem tentar mostrar-lhes algo diferente.

Existem várias formas de suscitar uma sensação de urgência na compra, uma edição limitada, uma promoção ou simplesmente mostrar artigos diferentes daqueles que os visitantes já conhecem.

Cross-selling.

Uma outra forma de captar interesse passa pelo cross-selling, associando produtos que até podem ser de outro tipo mas se conjugam bem. Para ser eficaz é preciso que esta associação faça sentido e implica uma personalização extrema na adequação a diferentes perfis de usuários.

Se dedicarmos algum tempo a pensar na forma como relacionamos os produtos e planearmos bem a campanha, com o auxilio do Google Adword e o ideal será recorrer aos serviços de um  profissional, poderão alcançar resultados entusiasmantes.

 

 

Gestão de Clientes Sage Faturação

Retalho: marketing online e tradicional

Qualquer negócio precisa, hoje, de uma estratégia de marketing digital para existir. No entanto, são muitos os pequenos e mais tradicionais negócios que ainda não o fazem. A preferência continua a ser manter-se dentro do universo que conhecem e não arriscar em novas plataformas – através das quais ainda é difícil medir o retorno para os negócios. De qualquer forma, a base dos negócios é providenciar um serviço de apoio ao cliente de excelência e oferecer produtos ou serviços com qualidade: todo o marketing será insuficiente se a primeira parte não estiver garantida.

  • O marketing tradicional não é dispensável. As estratégias de marketing tradicionais não se tornaram inúteis, apesar de existirem agora mais pessoas a consultar as plataformas digitais em vez das Páginas Amarelas para encontrarem informações sobre um negócio. Contudo, os resultados provenientes do marketing tradicional são de difícil medição: não é possível dizer quantas pessoas viram o vosso anúncio e entraram na vossa loja por isso. Mas continua a ser um bom meio para construir a notoriedade das marcas.
  • As redes sociais são importantes. A chave para ganhar visibilidade na maioria das plataformas é utilizar segmentação geográfica e hashtags que sejam ao mesmo tempo relevantes para o vosso negócio e para o público. Dizerem nas publicações a vossa localização é uma forma de criarem visibilidade para o vosso negócio dentro da comunidade onde estão localizados.
  • Apareçam nos motores de busca. Quando alguém não sabe onde encontrar alguma informação, recorre imediatamente ao Google. Os motores mais utilizados para pesquisa são: Google, Zomato ou Yelp. Utilizar estas plataformas é uma forma de obter mais leads: se alguém está à procura do vosso negócio ou de uma empresa semelhante num motor de busca, significa que será uma venda mais fácil, uma vez que já procura uma solução que vocês oferecem. Certifiquem-se que o perfil do vosso negócio tem todas as informações corretas, incluindo horários, serviços e imagens.
  • O conteúdo é rei. Criarem conteúdo interessante é a melhor maneira de se tornarem relevantes e criarem um efeito viral. Podem fazê-lo publicando imagens apelativas, vídeos divertidos ou escrevendo artigos interessantes. É assim que se podem diferenciar da demais concorrência – tendo personalidade nos conteúdos que partilham.

Os consumidores são, cada vez mais, informados e exigentes, por isso as empresas têm de apresentar um serviço diferenciador, de maior proximidade ao cliente. Assim sendo, é importante conhecerem os clientes, os seus hábitos de consumo e converter estes dados em estratégias de negócio. Podem fazer tudo isto com a ajuda de uma solução de gestão adequada a negócios de retalho: saibam mais aqui!