BMS Gestão de Empresas

Adaptar os objetivos da empresa: mudar para vencer

Num mundo em constante mudança, por vezes é necessário adaptar a missão da empresa e repensar os seus objetivos de acordo com a nova informação disponível.

Empresas com uma longa existência, assistem a tantas mudanças na economia e nos hábitos de consumo, que é necessário repensar e transformar a sua missão. Naturalmente alguns colaboradores irão temer pela sua situação profissional num momento de reestruturação.

As mudanças causam receio.

A entrada de novos elementos para assegurar uma visão complementar aos problemas enfrentados, pode ter um efeito catalisador da sensação de insegurança dentro dos membros mais antigos da equipa.

Há que demonstrar que a mudança nos objetivos da empresa não é algo negociável, e que o empenho de todos será reconhecido. Também pode ser uma boa ideia, facilitar a saída de colaboradores (com uma indeminização superior ao contemplado na lei) que claramente não estão empenhados na mudança.

Transparência na passagem de informação.

Informar e educar as equipas em todos os momentos é fundamental, e torna-se ainda mais relevante em momentos de mudança. Facultar informação, com uma atitude de transparência, irá contribuir para o desvanecer de receios infundados.

Antecipar reações negativas.

Por vezes as mudanças apanham o mercado e os consumidores de surpresa. Tenham em conta que nem sempre é fácil implementar a mudança, devem pensar em como justificar o novo posicionamento, antecipar possíveis objeções e preparar respostas com o auxilio das vossas equipas.

 Um ERP para preparar a mudança.

Nos momentos cruciais da vida de uma empresa, conseguir ter uma visão objetiva de todos os processos, faz a diferença entre o sucesso e o insucesso de uma transformação. Sage X3 permite analisar os efeitos das mudanças e corrigir a trajetória em tempo ótimo.

As mudanças na organização serão mais facilmente implementadas, envolvendo todos os membros da equipa, controlando todos os processos, e conseguindo adaptar rapidamente a produção às reações dos consumidores.

 

Artigos Relacionados

0 Comentários

Deixe um comentário