All Posts By

SAGE

Recursos Humanos

O movimento #MeToo abalou a sociedade, mas que alterações trouxe às empresas?

Os movimentos #MeToo e #TimesUp criaram uma onda de indignação com uma série de relatos de mulheres vítimas de assédio sexual no trabalho. As repercussões nos media foram extensas, com um aumento da atenção em relação ao tema do assédio sexual e das condutas impróprias em geral.

A questão que agora se coloca é se estes movimentos conduziram a uma mudança efetiva nos locais de trabalho. Um inquérito online realizado a 1100 pessoas permitiu concluir que ocorreu uma maior sensibilização para este tema, mas que a maioria das empresas não introduziu mudanças na sequência deste processo. Os autores do estudo, Candace Bertotti e David Maxfield retiraram as seguintes conclusões deste inquérito:

Principais resultados do inquérito online.

  • Quase dois terços dos entrevistados referiram que consideravam os movimentos como uma contribuição positiva.
  • 45% consideram que é mais seguro denunciar situações de assédio no local de trabalho.
  • 41% das mulheres inquiridas conhecem alguém que denunciou uma situação de assédio após o início destes movimentos.
  • 28% terão denunciado uma situação vivida por si.
  • 48% das mulheres referiram ter uma história pessoal que não partilharam.

Os resultados são, em certa medida, confirmados pelas respostas dos inquiridos masculinos. Quase metade refere o seu envolvimento em situações que poderiam ser descritas como assédio sexual ou conduta indevida.

Em que consistiram as mudanças nas empresas.

Em relação aos locais de trabalho se terem tornado espaços mais seguros, 56% indicam a existência de pequenas melhorias, mas apenas uma pessoa em cada três caracteriza este progresso como algo significativo.

Apenas 20% referem que as empresas ofereceram um reforço na oferta de formação sobre este tema. A mesma percentagem afirma sentir uma confiança renovada, ou seja, que numa situação de assédio a empresa irá agir de forma correta.

15% indicam que as empresas implementaram novas políticas, procedimentos e sistemas que tornaram mais fácil a denúncia deste tipo de situações.

Reações negativas.

O inquérito também detetou reações adversas. Um terço das mulheres e metade dos homens referiram que, desde o início dos movimentos, conheceram pelo menos um caso de alguém que terá sido injustamente acusado. E 65% dos homens sentem que se tornou perigoso assumir o papel de mentor em programas de coaching com colegas do sexo feminino. Este tipo de reações coloca em risco um ambiente de colaboração saudável.

Uma oportunidade para os líderes e para os Recursos Humanos.

Os líderes devem empenhar-se numa mudança da cultura de empresa, criando ambientes de trabalho nos quais os colaboradores se sintam seguros para denunciar condutas impróprias.

Um inquérito interno.

Um dos primeiros passos é a realização de um inquérito interno, no qual é pedido aos colaboradores, com absoluta confidencialidade, que caracterizem o ambiente na empresa.

O inquérito deverá também incluir uma análise da capacidade de cada líder para tratar deste tema. É fundamental que os resultados sejam incorporados pelos Recursos Humanos nos objetivos, nas avaliações internas e, por último, nas promoções. Ou seja, este é um fator que deve ser reconhecido como importante na progressão de carreira de um líder.

Um software de Recursos Humanos da Sage pode ser extremamente útil no acompanhamento da performance das equipas e na avaliação do desempenho dos colaboradores.

Uma declaração escrita.

Pode parecer apenas simbólico, mas assinar uma declaração é uma forma de responsabilização de todas as partes. Encorajem os colaboradores a assinar uma declaração que afirme o seu empenho individual na eliminação de situações de assédio. Assinar esta declaração deve ser um gesto público e renovado de forma periódica.

Defendam a mudança.

Ao nível da liderança, defendam de forma intransigente a mudança do status quo. Tanto os Recursos Humanos como a liderança devem trabalhar de forma coesa. Eliminar este tipo de condutas nas empresas exige uma abordagem multidisciplinar, oferecendo formação específica sobre o tema e aproveitando o momento presente para criar uma transformação real e necessária.

 

 

Gestão de Empresas Sage Enterprise Management

Videoconferência: aproveitar plenamente as possibilidades tecnológicas

A tecnologia de videoconferência existe há vários anos e, apesar disso, não foi integrada pelas empresas. Sistemas gratuitos, como Skype e Zoom, tornaram as videoconferências acessíveis a qualquer empresa, mas nem a gratuitidade as tornaram parte do quotidiano. As empresas continuam a preferir a utilização do e-mail e do telefone.

Principais fatores positivos da utilização de videoconferências.

As videoconferências permitem criar um alinhamento organizacional, poupar tempo e melhorar as relações interpessoais.

Reuniões mais breves.

Um dos principais pontos fortes desta tecnologia, é uma maior economia de tempo. Durante uma conference call (telefónica), é comum as pessoas estarem em simultâneo, a realizar outras tarefas. Esta desconcentração tem custos a nível de produtividade e de eficácia na resolução dos problemas.

Manter o foco apenas numa ação produz melhores resultados a nível da qualidade das participações, e do envolvimento de cada elemento.

Maior envolvimento e compreensão.

A linguagem não verbal é extremamente importante para o ser humano. Existem gestos que, ao acompanharem uma frase, mudam completamente o seu sentido. Ver o nosso interlocutor também permite estabelecer confiança, algo essencial para compreendermos melhor o que nos é transmitido. Através do contacto visual, torna-se mais fácil tomar a palavra numa reunião com vários participantes, sem necessidade de interromper alguém.

Melhor alinhamento do plano estratégico.

Uma melhor partilha de informação afeta de forma positiva a tomada de decisão. Tomar decisões estratégicas de forma rápida e concertada entre a equipa, é de elevado valor para competitividade das empresas.

Aproveitar plenamente o potencial da tecnologia.

As novas tecnologias trouxeram mudanças na forma de trabalhar, e o elemento rapidez é cada vez mais importante. As empresas devem empenhar-se em conseguir aumentar a sua produtividade de todas as formas que consigam, nomeadamente através de um software. A Sage tem soluções de ERP que aumentam a eficiência e permitem uma visão completa dos processos da empresa. Adaptável às necessidades de cada negócio, e com uma implementação feita em pouco tempo.

Em conclusão.

De futuro, questionem se o tema da próxima reunião exige a vossa atenção completa. Se for um tópico prioritário e fundamental para o sucesso de um projeto, então realizem uma videoconferência. Dediquem a vossa completa atenção, mantenham o foco no tema e irão ficar surpreendidos com os resultados atingidos com substancial economia de tempo.

 

 

Gestão de Empresas Sage Enterprise Management

O papel essencial do fundador

Ser empreendedor pode ser encarado como uma forma de transformar o mundo, encontrando soluções para problemas que muitas vezes não eram visíveis para a maioria das pessoas. E, embora nem sempre seja fácil, é importante, quando se cria um projeto, manter alguma proximidade com o serviço ou produto comercializado.

Ser empreendedor é prestar um serviço.

Independentemente da área da empresa, foi necessário que investidores acreditassem no projeto para que este se tornasse realidade. Criar uma empresa é sempre prestar um serviço à comunidade em que se insere.

Atingir o sucesso e mantê-lo significa assegurar a conexão com três partes essenciais da equação: a equipa, a indústria e a mais importante de todas, os clientes.

Valorizem a vossa equipa.

É importante conhecer as motivações daqueles que trabalham para vós. Uma postura de abertura é sempre útil e motivacional. Os vossos colaboradores devem sentir que fazem parte de algo maior, designadamente a missão da empresa e, para tal, é necessário que sejam envolvidos na cultura empresarial.

Respeitar a empresa.

Devem tratar a vossa empresa com respeito e dedicação, o que significa abertura constante aos consumidores. As necessidades dos clientes estão sempre a evoluir e os negócios devem procurar dar-lhes resposta, ou estarão a dar espaço aos seus concorrentes. Seja através do feedback na página de Facebook da empresa, do serviço de apoio ao cliente ou pessoalmente, permaneçam atentos aos contributos dos consumidores.

O mais importante são os clientes.

Já referimos no ponto anterior, mas não é de mais reforçar a importância de conhecer em primeira mão a experiência dos clientes. Ou seja, se a empresa está no ramo alimentar, experimentem regularmente a comida e, se prestam um serviço, solicitem-no e avaliem a experiência.

O objetivo de simplificar a vida e resolver problemas deve estar sempre presente na mente do empreendedor, o que significa estar atento a tudo o possa ser considerado como um grão de areia na engrenagem.

Um software de ERP que permita reunir várias aplicações e analisar em tempo real o desempenho da empresa é fundamental para este acompanhamento de qualidade. A Sage Enterprise Management é o aliado certo no acompanhamento da qualidade de todas as fases de produção.

Em conclusão:

Mantenham-se presentes e atentos, este é o maior contributo que podem dar ao crescimento do vosso negócio. É essencial um olhar fresco e participativo, próximo e motivador das equipas.

Faturação Sage Faturação

Como avaliar se uma ideia é suficientemente boa para criar um negócio

Chegado o momento em que se sentem tentados com a ideia de criar um negócio próprio, é natural que se questionem quanto à qualidade da ideia que tiveram.

No artigo de hoje, vamos sugerir alguns pontos de reflexão que irão ajudar a perceber se a ideia de negócio merece o investimento e o risco.

É um modelo de negócio que pode ser protegido através de uma patente?

Se vão basear o vosso negócio numa ideia inovadora, é aconselhável que exista uma forma de a proteger dos vossos concorrentes. Se for possível proteger a ideia por meio de uma patente estarão numa situação privilegiada.

Este fator de proteção não é determinante se a vossa ideia cumprir com os restantes pontos deste artigo.

O negócio teria de operar numa indústria com regulamentação exigente?

A regulação é importante e muito benéfica para o consumidor mas, quando se inicia um negócio, resulta num aumento dos custos que podem ser proibitivos e afetar financeiramente o plano de negócios. Estes setores muito regulados tendem a afastar os empreendedores e a inovação.

A melhor forma de se informarem sobre a regulamentação da área é contar com o apoio de um advogado e procurar pessoas que já trabalham no setor.

Já foram criadas empresas baseadas em ideias semelhantes?

Mesmo que a ideia inicial seja ligeiramente diferente, é importante conhecer como correram negócios baseados em projectos semelhantes. Esta análise permite antecipar dificuldades e perceber o grau de competição que irão encontrar no mercado.

A ideia exige um investimento inicial avultado?

É normal que um negócio que começa a dar os primeiros passos necessite de um investimento inicial avultado. O mais importante é ter conhecimento destes custos antes de tomar uma decisão, de forma a que possam decidir em consciência.

Têm uma preparação específica que dará uma vantagem ao negócio?

Será muito útil se contarem com uma preparação específica que vos auxilie no desenvolvimento do vosso negócio. Não significa que, à medida que trabalham o vosso negócio, não se dediquem a complementar o vosso conhecimento com novas formações. Na verdade, aumentam as possibilidades de sucesso, sempre que baseiam o vosso negócio numa área que é um ponto forte.

Aumentem as hipóteses de sucesso.

Um software de faturação pode aumentar as vossas possibilidades de sucesso. Analisem as necessidades do vosso negócio. A Sage tem várias soluções de faturação que respeitam as especificidades de cada empresa. Se decidirem que têm uma boa ideia, contem com Sage Faturação para transformar o sonho em realidade.

 

Gestão de Empresas Sage Enterprise Management

Casos de sucesso Sage: Climaespaço

A empresa Climaespaço surgiu com a construção do Parque das Nações, na sequência da Expo 98.  Toda a zona oriental da cidade teve uma profunda transformação, passando de uma zona industrial decadente a uma renovada zona habitacional.

Em pouco tempo, surgiam os primeiros serviços e comércio, tornando o Parque das Nações parte vibrante da cidade de Lisboa.Esta empresa criou a primeira rede de frio e calor, prestando este serviço a milhares de clientes, e cedo se apercebeu de que necessitava de um novo software de ERP.

Um novo ERP – uma visão integrada

A Climaespaço operava com vários sistemas não integrados, o que dificultava o acesso à informação e obrigava a uma duplicação de esforços. Por vezes, tornava-se necessário repetir a mesma tarefa em diferentes sistemas, ocupando tempo vital que poderia ser dedicado a outras áreas.  A comunicação era frágil e prejudicava o desempenho global da empresa.

Com uma solução Sage Enterprise Management, foi possível uniformizar as várias plataformas tecnológicas, passar a aceder à informação em tempo real e uniformizar a produção. O resultado foi uma melhoria da qualidade do trabalho com uma enorme economia de recursos humanos e financeiros.

Um software adaptável às necessidades da empresa.

Sage X3 é uma solução internacional, adaptável às necessidades de cada negócio. No caso da Climaespaço, a Sage incorporou algumas regras do negócio, que tinham de estar integradas no sistema para que o seu funcionamento fosse perfeito.

O software certo pode transformar um negócio e dar-lhe a possibilidade para crescer e alcançar o seu pleno potencial. Assista ao vídeo e saiba mais sobre este caso de sucesso.