All Posts By

SAGE

Contabilidade

Evitar o endividamento da empresa

Em períodos difíceis é natural que as empresas procurem novos negócios e por vezes, na ânsia de fechar novos contratos, não acautelam necessariamente os pagamentos, gerando situações de endividamento. Neste artigo, vamos falar de como minimizar os danos do impacto que estes atrasos têm nas empresas.

Pagamento a pronto.

Em muitos ramos de negócio seria relativamente fácil receber a pronto, mas são as próprias empresas que não acautelam esta possibilidade. O mais comum são situações de mau planeamento e, para equilibrar meses menos bons, a opção nessa altura acaba por recair no pagamento imediato.

Esta situação implica contrapartidas para o cliente e há momentos em que vale a pena oferecer melhores condições aos clientes que prefiram um pagamento a pronto.

Flexibilidade com as datas de vencimento.

De pouco serve ter datas limite demasiado próximas do inicio do mês: é preferível encontrar datas que sejam razoáveis tanto para a vossa empresa como para os vossos clientes.

Analisar o perfil dos clientes.

É importante analisar se o mercado se encontra num bom momento ou se está numa fase de maior risco. Caso cheguem a esta conclusão, há que exigir mais garantias antes de finalizar os negócios. É inútil ter muitas oportunidades de negócio se o resultado final é ter uma muita dificuldade em receber pagamento ou não receber de todo.

Software de Contabilidade.

Existem vários motivos para ter um software de contabilidade que controle as entradas e saídas de dinheiro de forma automatizada. Soluções como Sage for Accountants permitem uma maior agilidade nos processos e previsões de recebimento, melhorando a tomada de decisões. Há momentos em que receber pagamento a pronto pode não ser relevante, especialmente nos meses em que o fluxo de caixa é positivo.

Renegociar o endividamento. 

Se o motivo de atraso do pagamento for involuntário, pode valer a pena ter abertura para renegociar o pagamento da dívida. Não esperem que seja o cliente a ter a iniciativa: é fundamental serem proativos na procura de soluções. E quanto mais cedo a questão se resolver, melhor.

Se nada resultar, há que suspender o serviço, informando sempre o cliente antes sobre as faturas em falta. Caso se apercebam que é a forma de estar normal de algumas empresas, um software vai ajudar-vos a entender quais são e a individualizá-las, de forma a que no futuro tenham condições menos favoráveis.

BMS

Corporate Governance: uma realidade incontornável para as empresas de hoje

Em tempos de grandes e rápidas mudanças, as empresas procuram assumir modelos organizacionais que tragam uma maior rentabilidade para os seus acionistas, neste artigo vamos ver o que significa o conceito Corporate Governance e como se tornou incontornável.

Em que consiste o Corporate Governance?

Corporate Governance consiste num sistema em que as sociedades são dirigidas e monitoradas, envolvendo os acionistas e conselho de administração, gestores, e conselho fiscal com a finalidade de aumentar o valor da sociedade, facilitando o acesso a capital.

Consiste na adoção de um conjunto de práticas para a melhoria dos processos na empresa, maior integração entre os ramos hierárquicos, e o aumento da transparência na prestação de contas a acionistas.

Minimizar riscos.

Desta forma contribui-se para minimizar os riscos presentes em qualquer investimento numa organização. Conceito com origem nos Estados Unidos e no Reino Unido, acabou por se tornar global.

Dificilmente as empresas médias e grande escala, serão consideradas um bom investimento, se não integrarem este conceito na sua organização.

Novos tempos paras as empresas.

Corporate Governance é um conceito fundamental para empresas de média e grande escala, da mesma forma que um software de ERP se tornou essencial para o crescimento. Um software de ERP como Sage X3 proporciona uma gestão mais eficaz e flexível a nível financeiro, na gestão de stocks, e na produção.

Conseguir prosperar num momento tão competitivo para empresas, com projetos a nível global, é fundamental considerar a aplicação de conceitos como o Corporate Governance, e aproveitar toda a vantagem tecnológica que os sistemas de gestão integrada permitem.

Há que continuar sempre a acompanhar a inovação, atentos ao desenrolar de melhores práticas de gestão, assim como das novidades que a revolução digital não para de nos revelar.

Faturação

6 Passos para adquirir novos hábitos

Adquirir novos hábitos pode ser quase instantâneo ou levar vários anos, depende geralmente da intensidade do sentimento associado ao desejo de mudança. Todos conhecemos exemplos de pessoas que nas suas vidas ou empresas, perante uma ameaça preocupante, fizeram transformações profundas e rápidas.

De acordo com peritos, levamos cerca de 21 dias para adquirirmos um hábito de complexidade mediana, como acordar cedo ou organizar melhor o trabalho, através da repetição a diária do comportamento que se quer adquirir.

Uma vez que tomada a decisão, é importante não ceder a hesitações na hora de concretizar, numa fase inicial não devem existir excepções. Num momento posterior, em que já faça parte da rotina e não implique um esforço tão acentuado, é razoável poder em algumas alturas fugir ao estabelecido.

Partilhar a decisão. 

Comunicar a sua decisão aos que lhes são próximos, é uma forma de ganhar empenho renovado. Não gostamos de admitir o fracasso em decisões, e as perguntas e incentivos, serão um precioso auxilio.

Visualizar a mudança.

É um truque usado há muito tempo, experimente visualizar-se a realizar o hábito que quer integrar no seu dia à dia. Com este exercício o inconsciente irá integrar mais rapidamente este novo comportamento.

Ter um Mantra.

Repetir uma frase que contenha a mudança desejada pode parecer ridículo mas há muito tempo que psicólogos e na área do coaching se utiliza esta técnica. A verdade é que tal como a visualização, repetir uma frase que relata a mudança que se deseja, é uma forma eficiente de incorporar o comportamento desejado.

Persistir em todos os momentos.

A mudança não acontece sem esforço, não devem desistir de praticar o comportamento até que este pareça tão natural. Apenas ao fim de algum tempo este deixa de parecer um esforço e começa a fazer parte do panorama mental.

Tempo para mudar.

Incorporar novos comportamentos, implicam tempo que por vezes parece ser escasso. Nem sempre uma melhor organização das nossas tarefas é suficiente para conseguirmos o tempo que nos faltava. É importante encontrar forma de poupar tempo e aproveitar as melhorias trazidas pela tecnologia, pode ser uma fas formas.

Uma empresa com um software de faturação como Sage 50c, permite ganhar tempo, é extremamente intuitivo e role oriented para que não percam tempo nas tarefas diárias.

Reconhecer o esforço.

Cada vez que pratica este novo comportamento ofereça a si próprio uma recompensa, reconheçam o esforço que estão a empreender para adquirir este novo hábito. Desta forma, o prazer da recompensa funciona como um reforço do novo hábito. 

Faturação

Quais os elementos fundamentais para o sucesso de uma startup?

Quando analisamos casos de startups que foram bem sucedidas e casos de insucesso, claramente conseguimos destacar 5 fatores. A ideia inicial, a equipa que vai colocar em prática, o modelo de negócio escolhido, o financiamento e o timing.

Normalmente veneramos a ideia, tendemos a valorizar a criatividade e a forma como algumas pessoas resolvem problemas  que a maioria de nós, não sabia ter. Uma equipa de confiança e que tenha algum poder de adaptabilidade  à realidade é essencial.  Perante a realidade dos consumidores é importante fazer adaptações nos primeiros tempos.

O modelo de negócio embora importante para o sucesso, pode ser definido e adaptado num segundo momento e o financiamento é obviamente relevante, embora não seja tanto uma questão de valor. Por último, o timing da ideia. Há que analisar vários indicadores de forma a avaliar se estão reunidas as condições necessárias para que a ideia triunfe.

O principal fator para o sucesso.

Por estranho que parece o principal fator para o sucesso é o timimg. É mais fácil percebermos como o sentido de oportunidade é fundamental se analisarmos alguns casos reais.

Airbnb é uma das empresas melhor sucedidas nos últimos anos, e no entanto foram muitos os investidores que se recusaram a investir. A quase todos pareceu estranho que pessoas estivessem dispostas a alugar espaço em suas casas a estranhos e o timing em que a empresa se lançou foi decisivo.

A empresa surge no inicio da crise econômica, e a necessidade de rendimentos extra fez com que muitas pessoas colocassem de lado as possíveis objeções. Da mesma forma a Uber surge numa altura em que desemprego e perda de rendimentos permitiram que existissem muitas pessoas disponíveis para trabalhar por um rendimento extra.

Um exemplo de fracasso é a empresa Z.online dedicada ao entretenimento .A empresa surge em 1999e em 2003 encerrava. A internet ainda não chegava a tantos lares e o visionamento de videos trazia alguns problemas técnicos mais tarde resolvidos. Em 2005, apenas dois anos depois surge a empresa YouTube e em apenas um curto espaço de tempo a internet chegava a 50% das casas nos Estados Unidos.

Contar com software de faturação adaptável à escala da empresa, e a com a ….

Analisar as condições.

Seja qual for o projeto, há que analisar todos os indicadores forma objetiva, perceber se os consumidores estão preparados e as condições reunidas. Resistir ao impulso de dar forma a boa ideia, se o timing não for o certo.

 

 

BMS Gestão de Empresas

Pode a Microgestão ser uma forma de gestão construtiva?

O termo Microgestão é geralmente aplicado quando o gestor acompanha até o mais pequeno detalhe tudo o que acontece na empresa em vez de observar um quadro mais abrangente. É um termo visto como pejorativo  associado a lideres pouco eficazes obcecados por acompanhar todos os processos e incapazes de de tomar decisões importantes.

Embora este entendimento do termo possa ser quase sempre verdadeiro, a verdade que alguns lideres fazem um excelente trabalho enquanto acompanham de forma próxima todas as operações da empresa.

Acompanhar a empresa, confiar nos funcionários.

Tem de existir confiança sobre em relação aos funcionários mas no caso dos gestores de topo, é importante manterem-se a par, especialmente se o seu investiram muito no sucesso do negócio.

Quando aplicado corretamente micromanaging não é uma questão de estabelecer controlo total. Se comunicarem e entrevirem o tempo todos tomando decisões que cabiam aos colaboradores, estarão a comunicar que não têm confiança nas suas capacidades. Pode ser uma forma de demonstrar autoridade.

É por isso muito importante que desde o inicio comuniquem e demonstrem que não é o caso. Um software de ERP como Sage X3 permite acompanhar de forma próxima todos os processos da empresa, de uma forma natural.

Este software permite um acesso rápido a analise de custos e performance em cada etapa e a um escala global.  Podem acompanhar o progresso das tarefas sem contactarem diretamente com cada empregado , várias vezes por dia.

Comunicar corretamente de forma aberta com os vossos colaboradores, assegura que não estarão a desmoralizar a equipa ao exercer esta forma de gestão.

Beneficios do Micromanaging.

Os benefícios são vários, um deles é ter uma noção mais completa da sobrecarga de trabalho dos colaboradores, o que facilita uma mais eficaz distribuição de tarefas, quando a empresa recebe novos projetos.

Conseguir fazer perceber a cada colaborador qual o seu papel dentro da empresa, de que forma ajuda a empresa a atingir os seus objetivos.

Permite corrigir problemas numa fase inicial, antes que cresçam e se tornem mais difíceis de resolver ou causem prejuízos. No entanto evitem estar em evidência cada vez que algo corre mal, ou é necessária uma intervenção disciplinar e desta forma afastar uma imagem negativa.