A navegar na categoria

Faturação

Faturação

6 Mitos do empreendedorismo

Adoramos ouvir histórias sobre empreendedores bem sucedidos, e algumas histórias transformam-se em mitos sobre empreendedorismo. Ler histórias de sucesso  encoraja todos os que estão indecisos, à espera do momento de arriscar.

Devemos evitar alguns  equívocos comuns, que podem criar expetativas irreais. Vamos falar de alguns dos mitos sobre empreendedorismo que estão amplamente divulgados, e que dão uma ideia irreal quem pensa em lançar-se num negócio.

É necessário um investimento avultado.

Algumas pessoas começam o seu negócio com um investimento reduzido, com apoio bastante diminuto. Tudo depende da escala.

Empreender é o caminho para a riqueza.

Empreender não é isento de riscos, é importante aceitar que uma empresa leva entre 1 a 3 anos antes que comece a dar lucro. As médias salariais também não são altas, sendo por vezes preferível manter uma segunda ocupação mais rentável, se for possível conjugar os esforços.

Um bom produto está destinado ao sucesso.

Não basta ter uma boa ideia ou produto, é importante vender bem. Uma boa campanha de marketing pode até salvar um produto mediocre do anonimato.

Ser um empreendedor permite mais liberdade na gestão do tempo.

Existe de fato uma liberdade para gerir o tempo mas a realidade é que na maioria dos casos, quando se tem um projeto próprio acabamos a dedicar muito mais tempo. Raramente se tiram períodos de férias, as horas de trabalho são longas e as reuniões acabam por ser marcadas respondendo à disponibilidade dos clientes. Se o projeto apenas depender de uma pessoa, a pressão para estar sempre presente é ainda maior.

Independência em relação a chefias.

Mesmo quando não existe um superior hierárquico, o negócio condiciona o tempo disponível e as decisões. Se recorreram a financiamento, terão de prestar contas ao investidores. Parceiros, e clientes estarão sempre avaliar o trabalho e a exigir.

Ter muitos clientes é algo sempre positivo.

Alguns clientes ocupam demasiado tempo, têm expetativas irreais, e por vezes essa exigência acaba por ganhar atenção, sendo que os outros clientes serão afetados por este deslocar de atenção.

Um software como Sage 50c permite aceder aos dados dos seu negócio a partir de qualquer lugar, e em qualquer dispositivo. Desta forma é mais fácil dar resposta a pedidos de clientes e fornecedores, com enorme economia de tempo.É muito importante cuidar da carteira de clientes de forma atenta, sem comprometer a qualidade do trabalho, nem a credibilidade.

Ser empreendedor é um enorme desafio, a sensação de construir algo é muito recompensadora. Para alcançar o sucesso devem seguir o vosso projeto de forma apaixonada, trabalhar de forma árdua, e manter uma postura incansável.

 

 

 

Faturação

Adiar tarefas: procrastinar pode ser uma vantagem?

Alguém que adia tarefas é em geral considerado de uma forma negativa pelos parceiros de trabalho, mas nem sempre foi assim. Na civilização romana e grega adiar tarefas era considerado um sinal de sabedoria e superioridade.

Não fazer nada até que fosse necessariamente obrigatório, numa atitude de ponderação. Apenas no período moderno chegámos aos valores de ética do trabalho que continuam a prevalecer hoje em dia, em que o tempo deve estar todo ocupado por ações.

Estudos parecem indicar que as pessoas que se atrasam e adiam tarefas, são melhor sucedidas e mais felizes.  Aguardar pelo tempo certo para um projeto, parece ser a forma correta de ver a questão.

A precipitada tomada de decisão a que assistimos hoje em dia, tem consequências negativas. Um empreendedor como Steve Jobs, compreendia a importância de escolher o momento certo para lançar os projetos inovadores, dando tempo a que ideias invulgares chegassem até à mesa de discussão.

A criatividade necessita de tempo.

É importante pensar que a criatividade necessita de tempo para se desenvolver e não pode ser apressada, evitando desta forma os caminhos mais óbvios. Mais tempo para reunir sugestões, para as discutir entre a equipa e finalmente chegar a alternativas mais criativas.

Adiar de forma ativa ou passiva?

Alguns cientistas parecem diferenciar dois tipos de comportamento entre aqueles que adiam tomar decisões. Os que adiam de forma ativa e os que adiam de uma forma passiva, sendo que os ativos escolhem ocupar-se de tarefas a que atribuem mais valor ou satisfação. Os passivos não optam por nada, ocupando um papel puramente receptivo no trabalho, por vezes com uma postura ansiosa, com um trabalho de baixa qualidade e desorganizado.

Porque adiamos tarefas.

O nosso sistema limbíco, centro de prazer, está de certa forma em disputa com o nosso cortex pré-frontal, responsável pelo planeamento. Esta área é um dos elementos que nos distinguem de outros animais, um planeamento que se sobrepõe aos impulsos.

Uma diminuição da concentração, leva a que o sistema limbíco volte a ganhar preponderância, levando-nos a escolher aquilo que nos dá bem estar imediato.

Vantagens de um procrastinador organizado.

Estes trabalhadores podem ser altamente produtivos, ao evitarem uma tarefa são capazes de desenvolver mais trabalho em compensação. A tomada de decisão também podem ser melhoradas por este tempo de espera, reunindo mais informação sobre as questões e ponderando a melhor opção em cada caso.
O truque parece ser aceitar e usar este elemento de forma a tornar-se uma vantagem pessoal ou uma vantagem dentro da organização. Uma das forma é utilizar Apps que auxiliam na organização, e para uma empresa um software de faturação que poupe tempo, permitindo que se dediquem a tarefas que sejam emocionalmente recompensantes.
Um software como Sage 50c consiste numa solução de faturação eficiente e segura, com acesso móvel em qualquer lugar e indicada para pequenas empresas de todos os setores de atividade que não querem só fazer faturas.
 
Faturação

Pequenos negócios com elevada taxa de sucesso

Se procuram iniciar um negócio próprio, e desejam correr menos riscos, devem considerar em apostar numa área com taxas de sucesso mais elevadas. Alguns pequenos negócios falham no seu primeiro ano de existência, mas esta tendência é menor em algumas áreas.

Algumas industrias são mais lucrativas que outras, apercebemo-nos claramente dessa diferença ao analisar a margem de lucro de empresas privadas ao longo de 12 meses. Serviços de contabilidade e fiscais, é uma das áreas mais lucrativas, assim como o imobiliário, serviços legais, e gestão de empresas.

Contabilidade e finanças.

As finanças fazem parte da vida de todos os nós, e vai ser sempre relevante. Este área tem pouca necessidade de investimentos em equipamentos, os principais custos estão relacionados com os recursos humanos.

Negócios Imobiliários.

O arrendamento mantêm-se um negócio lucrativo. De inicio é necessário um investimento avultado para a compra, mas no momento seguinte, gozam de benefícios. Temos de pensar que estamos num momento em devidos à crise recente, muitas pessoas e empresas, preferiram arrendar a comprar.

A venda continua a ser importante, e é relativamente fácil começar a trabalhar nesta área. Negócios de avaliação, e construção, também estão entre os mais lucrativos do último ano, devido a uma subida das vendas, o que permite suportar mais facilmente os custos fixos e aumentar os níveis de lucro.

Empresas de Advocacia.

Tal como a contabilidade, os serviços legais necessitam de pessoas com conhecimento especializado e certificações. Os recursos humanos têm um custo elevado , mas os preços destes serviços são também elevados e compensam claramente.

Gestão de Empresas.

Esta área encontra-se em expansão, serviços de aconselhamento na tomada de decisões de gestão e na organização de tarefas. Por vezes não é fácil, ter o distanciamento necessário para analisar de forma critica a situação empresarial, e estas empresas fornecem aconselhamento valioso.

Negócios associados com saúde.

Consultórios dentários são um dos pequenos negócios mais lucrativos, embora os custos sejam alto, conseguem manter em geral alguma fidelidade da parte dos clientes. A procura mantêm-se mesmo em tempos de incerteza, tanto para as clinicas médicas, como para os laboratórios de diagnóstico.

Mineração.

Com elevados níveis de construção e manufatura, a industria de mineração não metálica assistiu a um aumento dos lucros.É uma área responsável por criar muito emprego, desde condutores, vendedores ou supervisores de construção.

Serviços funerários.

Tal como na saúde, são serviços que resistem bem em todos os climas económicos. Os consumidores podem optar por uma gama mais baixa de serviços, mas não podem evitar recorrer a estes serviços.

Em todos estes pequenos negócios é fundamental contar com um software de confiança, Sage 50c  com um layout intuitivo permite uma poupança de tempo, e com acesso a partir de qualquer dispositivo móvel, podem acompanhar o vosso negócio em qualquer lugar.

 

 

 

 

 

 

 

Faturação

A produtividade das empresas: aproveitar o melhor de todos os colaboradores

É comum pensar-se que o desenvolvimento profissional individual, e das empresas, passa pela competição intensa. Na verdade existem pessoas bem sucedidas que encontram entusiasmo na descoberta e inovação, ou no trabalho com outras pessoas criativas.

Incentivar a competição desenfreada só conduz a um ambiente de trabalho agressivo, disfuncional e um enorme desperdício de talento. Está na altura de questionarmos se é realmente a única forma, e se as pessoas muito produtivas, com poder e talento para serem produtivas têm de diminuir os seus colegas de trabalho.

Experiência sobre produtividade.

Uma experiência do MIT demonstrou numa experiência com grupos de voluntários, a quem foram atribuídos a resolução de problemas, que os grupos melhor sucedidos não fora os que tinham alguns elementos com um Q.I elevado.

Na verdade os grupos com mais produtivos tinham três características em comum: sensibilidade social entre os vários membros, uma partilha do tempo semelhante (nenhum elemento monopolizou o tempo), e a presença em número superior de mulheres.Em relação ao terceiro ponto, não se sabe ainda se é devido a terem geralmente pontuação melhor a nível de empatia, ou se trouxeram uma perspetiva diferente.

Podemos afirmar com segurança, que parte da produtividade resulta do fluir de ideias, de uma disponibilidade para trocar entreajuda. Por vezes os elementos da mesma equipa não se conhecem, estão tão focados individualmente nas suas tarefas, que não procuram apoio da equipa na resolução de problemas.

Na Suécia aboliram a possibilidade de se levar o café para a mesa de trabalho, desta forma todos comparecem para um momento de pausa a que chamam de fika. Mais que um momento para beber café, um momento de descontração e relaxamento entre colegas de trabalho.

O Capital Social.

As empresas não têm ideias, apenas as pessoas têm ideias e o que as motiva realmente são os laços que criam entre si. Podemos descrever como Capital Social, o apoio e interdependência que é construída numa relação de trabalho com confiança. Este capital é o que torna a as comunidades e empresas resilientes, e com uma maior resistência a situações de stress.

Competições de talento, criar rivalidades entre colaboradores, têm um efeito contrário. Mesmo a motivação baseada apenas em recompensas financeiras, por vezes conduzem a um desgastar das relações e mais atritos.

Apostar no Capital Social.

Apostar em software de faturação, com Sage 50c com o Ecossistema Connected, estabeleçam uma comunicação privilegiada entre a empresa, contabilista, autoridade tributária e clientes. Lembrem-se do valor do capital social da empresa, e invistam num melhor relacionamento entre

Precisamos de todos para resolver os desafios do nosso tempo, e as soluções surgem de contribuições inesperadas. Todos têm o seu valor e só quando reconhecemos este facto, podemos criar a energia e criatividade que revoluciona empresas e o mundo em que habitamos.

Faturação

6 Passos para adquirir novos hábitos

Adquirir novos hábitos pode ser quase instantâneo ou levar vários anos, depende geralmente da intensidade do sentimento associado ao desejo de mudança. Todos conhecemos exemplos de pessoas que nas suas vidas ou empresas, perante uma ameaça preocupante, fizeram transformações profundas e rápidas.

De acordo com peritos, levamos cerca de 21 dias para adquirirmos um hábito de complexidade mediana, como acordar cedo ou organizar melhor o trabalho, através da repetição a diária do comportamento que se quer adquirir.

Uma vez que tomada a decisão, é importante não ceder a hesitações na hora de concretizar, numa fase inicial não devem existir excepções. Num momento posterior, em que já faça parte da rotina e não implique um esforço tão acentuado, é razoável poder em algumas alturas fugir ao estabelecido.

Partilhar a decisão. 

Comunicar a sua decisão aos que lhes são próximos, é uma forma de ganhar empenho renovado. Não gostamos de admitir o fracasso em decisões, e as perguntas e incentivos, serão um precioso auxilio.

Visualizar a mudança.

É um truque usado há muito tempo, experimente visualizar-se a realizar o hábito que quer integrar no seu dia à dia. Com este exercício o inconsciente irá integrar mais rapidamente este novo comportamento.

Ter um Mantra.

Repetir uma frase que contenha a mudança desejada pode parecer ridículo mas há muito tempo que psicólogos e na área do coaching se utiliza esta técnica. A verdade é que tal como a visualização, repetir uma frase que relata a mudança que se deseja, é uma forma eficiente de incorporar o comportamento desejado.

Persistir em todos os momentos.

A mudança não acontece sem esforço, não devem desistir de praticar o comportamento até que este pareça tão natural. Apenas ao fim de algum tempo este deixa de parecer um esforço e começa a fazer parte do panorama mental.

Tempo para mudar.

Incorporar novos comportamentos, implicam tempo que por vezes parece ser escasso. Nem sempre uma melhor organização das nossas tarefas é suficiente para conseguirmos o tempo que nos faltava. É importante encontrar forma de poupar tempo e aproveitar as melhorias trazidas pela tecnologia, pode ser uma fas formas.

Uma empresa com um software de faturação como Sage 50c, permite ganhar tempo, é extremamente intuitivo e role oriented para que não percam tempo nas tarefas diárias.

Reconhecer o esforço.

Cada vez que pratica este novo comportamento ofereça a si próprio uma recompensa, reconheçam o esforço que estão a empreender para adquirir este novo hábito. Desta forma, o prazer da recompensa funciona como um reforço do novo hábito.