A navegar na categoria

Gestão de Empresas

Gestão de Empresas Inovação e Tecnologia

O que significa a neutralidade da Internet?

Nos últimos meses começámos a ver surgir alguns artigos sobre o tema da neutralidade da Internet, e toda a discussão em volta do processo que está acontecer nos Estados Unidos.

Nos Estados Unidos está a ser decidido o futuro da Internet, um organismo chamado FCC – Federal Communications Comission, a autoridade reguladora americana para as comunicações, decidiu eliminar toda a regulamentação relativa à proibição dos fornecedores de Internet de bloquearem ou atrasarem a entrega de conteúdos de acordo com a relação que têm com os criadores de conteúdos.

Ou seja, sem a neutralidade da rede, as operadoras que disponibilizam o acesso à Internet podem vender pacotes que cobram mais para os utilizadores acederem a certo sites em detrimento de outros.

Protestos ao longo de meses.

Apesar dos protestos ao longo de um processo de consulta e da documentação entregue por especialistas da área, a FCC considerou que existia uma excessiva regulamentação e   controlo do Estado.

É uma decisão política, defendida apenas pelas grandes corporações de telecomunicações americanas como a Verizon e a Comcast, segundo as quais a Internet neutra tem atrasado a inovação nesta área. O último recurso passa por uma petição entregue ao Congresso, onde constam os nomes de 21 dos grandes nomes da industria tecnológica, como o criador da internet Tim Berners-Lee, de Vint Cerf criador de/IP , ou Steve Wozniakout – co-fundador da Apple.

Esta petição entregue no congresso, apresenta como critica principal, que a FCC tem um entendimento débil sobre o funcionamento da tecnologia da internet. No entanto não é expectável que este apelo seja diferido.

Portugal é afetado por esta alteração?

Portugal é regido pelas normas europeias nesta matéria, esta alteração não tem impacto na realidade portuguesa na União Europeia existe forte regulamentação e até ao momento não existem indícios que siga o exemplo dos EUA.

No entanto, os sites com maior tráfego online, como o Facebook ou o Twitter podem ser afetados por possíveis mudanças no mercado americano, mas neste momento não é possível prever todos s cenários.

Acompanhar a mudança.

É fundamental para as empresas acompanharem a inovação e todas as alterações que podem afetar as empresas, mesmo de uma forma indireta. Sage 100c permite a integração de Apps para complementar a solução Sage, ajustando-a às necessidades de cada negócio, um ERP disponível em desktop e SaaS é ideal para pequenas e médias empresas.

A Internet chegou e mudou toda a forma como trabalhamos, tudo o que a afeta ou condiciona, terá sempre um impacto para as empresas.

 

 

 

 

BMS Gestão de Empresas

Preparar a internacionalização: algumas regras de etiqueta

Para se ser bem sucedido no mundo internacional dos negócios é imprescindível compreender as profundas diferenças culturais entre países. Pequenos erros a nível de cortesia podem ser desastrosos, especialmente se ocorrerem numa fase inicial de negociação.

Mesmo os empresários que já atingiram algum sucesso devem ter conta estas diferenças ao lançarem o seu negócio internacionalmente. Neste artigo vamos ver alguns cuidados a ter, e diferenças culturais entre diferentes países. 

China, o mercado com o maior crescimento mundial.

Para iniciar uma relação comercial é obrigatório apresentar um presente e também faz parte do costume chinês recusar educadamente quando o presente é apresentado. Trata-se de uma formalidade, e depois de algumas recusas, o anfitrião irá finalmente aceitar o presente em causa. Demonstrar sofreguidão por um presente é considerada má educação.

Ao contrario do ocidente, não se usa o beijo ou abraço como forma de cumprimento, podendo ser considerado ofensivo. Também é considerada boa educação deixar os convidados ter a primazia à saída de encontros e reuniões.

Russia, beber para negociar.

A paciência é considerada uma virtude mas a pontualidade não. Chegar tarde é quase uma forma de estar, e as reuniões podem durar hora. Não é considerado aceitável sair antes do término da reunião. Muitas vezes a ingestão de álcool faz parte destas reuniões e não aceitar uma oferta pode ser considerado ofensivo, assim como cumprimentar com as mãos nos bolsos.

Japão, atenção aos pequenos gestos.

Para os Japoneses os cartões de visita são muito importantes, não deixem de levar bastantes para uma reunião. Lembrem-se que estes cartão representa o vosso projeto, devem por isso  estar traduzidos em inglês e em japonês. Quando se recebe um cartão, deve-se guardá-lo com consideração, amachucar ou riscar um cartão, é um gesto profundamente desrespeitoso.

Nem todos os japoneses se sentem confortáveis com um aperto de mão, é importante saber fazer uma vénia como cumprimento substituto.

Alemanha, respeito pela hierarquia.

Na Alemanha a hierarquia também é algo importante, presente até na entrada para uma sala de reuniões. Dar sempre prioridade à pessoa mais velha, seguido pelos restantes homens e depois pelas mulheres, caso tenham um estatuto semelhante.

Brasil, informal e formal ao mesmo tempo.

Ao contrário dos alemães, no Brasil é habitual alguma proximidade e manifestações físicas. Um abraço ou uma pancada nas costas são formas de cumprimento naturais em relações de negócios. Também é comum colocarem questões sobre a vida privada, tentando saber sobre a vida pessoal do interlocutor. As reuniões podem arrastar-se bastante, não existe uma preocupação com horários e produtividade como em outros países.

Internacionalização com o software Sage X3.

O ERP Sage X3 é extremamente configurável, podendo ser adaptado a requisitos empresariais específicos, e é o software ideal para empreender a expansão para novos mercados. Com um modelo de dados flexível que oferece capacidades para trabalhar com várias moedas, localizações, línguas e várias legislações. A aventura da internacionalização, pode então começar!

BMS Gestão de Empresas

A revolução Blockchain e Bitcoin: conceitos a conhecer

Blockchain e Bitcoin são conceitos que definitivamente entraram no vocabulário, são hoje parte do sistema financeiro global. As criptomoedas e a tecnologia que as fez nascer é revolucionária e mas muitos temem que venham a contribuir para uma maior instabilidade financeira.

A par de contratos inteligentes, e web descentralizada estão a transformar profundamente a sociedade, dando origem mesmo a novas áreas de estudo como a criptoeconomia. Esta tecnologia promete criar uma nova economia, disruptiva para o negócio dos bancos. Até agora desafios da regulação e tecnológicos limitam de momento a aplicação de todas as soluções que T~em por base a blockchain.

Os Bancos necessitam reinventar-se.

Os bancos terão de se adaptar, de encontrar um lugar nesta nova realidade, serviços como os pagamentos ou as transacções serão realizados sem intermediários. Espera-se que o blockchain venha a mudar completamente o mundo dos serviços financeiros, e os bancos deverão focar-se no valor que vai conseguir entregar aos clientes.

O desafio de legislar um algoritmo.

São muitos os desafios que surgem, e um dos mais proeminentes é a regulação, existe uma enorme incerteza sobre o enquadramento regulatório desta nova tecnologia. Questões sobre quem tem a responsabilidade pelo funcionamento do livro-razão, proteção de dados pessoais, ou sobre quem irá validar se a informação blockchain é correta Existem outras preocupações jurídicas, como a partilha de informação entre os vários intervenientes do mercado afeta a livre concorrência. Para nenhuma destas questões existem ainda respostas.

Transferências de capital.

As transferências de capital entre bancos em diferentes países processam-se com tecnologia obsoleta, com a tecnologia blockchain os custos de transferencia diminuem e aumentam as transacções contínuas. A nova tecnologia também limita os erros, uma vez que são confirmados na própria rede. Os grandes fundos estão a travar investimentos em criptomoedas devido à forma como as palavras-chave são guardadas, num sistema inseguro e enquanto não existirem soluções para estas questão a parte mais conservadora da economia será um travão à inovação.

Partilha de informação e interação.

Uma das grandes vantagens da blockchain é permitir a partilha de informação e a Hyperledger convida vários intervenientes para interagirem no sentido de encontrarem novas soluções. A Hyperledger é uma comunidade de software aberta e colaborativa, que tem como objectivo desenvolver tecnologias de blockchain para várias unidades de negócio, com cerca de  60 projectos abertos.

Acompanhar a inovação é essencial para conseguir manter a empresa numa posição de liderança, com Sage X3 algumas das mais bem sucedidas empresas portuguesas encontraram um software que lhes permitiu progredir. Escolher o Sage X3 significa apostar na solução de gestão empresarial da próxima geração para acelerar o crescimento da sua empresa e gerir uma organização ágil. Não perca o comboio do futuro!

 

 

 

 

BMS Gestão de Empresas

3 Teóricos que todos os empresários devem conhecer

Gerir uma empresa é uma tarefa prática mas possuir algum conhecimento teórico sobre economia e gestão é útil e pode inspirar novas ideias. Para tal devemos estar atentos aos novos pensadores que surgem na área, e neste artigo vamos sugerir alguns nomes que recomendamos que conheçam.

Inovar, mesmo quando não parece possível.

Apelidado de “design-thinking expert”, Roger Martin foi conselheiro estratégico e reitor da Universidade de Toronto. Celebrizou-se com o livro “Creating Great Choices: A Leader’s Guide to Integrative Thinking” no qual defende que quando estamos perante uma escolha difícil, ou mesmo inaceitável, não somos obrigados a fazer uma opção entre as disponíveis. Ou seja, com acesso a informação, podemos com os modelos conhecidos criar uma resposta superior, que não estava disponível nas opções.

Este autor também se demonstrou bastante critico sobre o Capitalismo após a crise de 2008, afirmando que o continuo alargamento da desigualdade econômica é insustentável a longo prazo, e estabelecendo uma relação entre o que acontece nas empresas e as implicações sociais.

Blockchain e o mundo de possibilidades que se abre.

Don Tapscott é um especialista em blockchain e autor de mais de 15 livros de gestão. É co-fundador e presidente do Blockchain Research Institute, responsáveis por aconselhar empresas e governos sobre a melhor forma de aproveitar a nova tecnologia de blockchain. O seu último livro intitula-se “Blockchain Revolution”. Em Portugal apenas está traduzido um livro de Don Tapscott “Wikinomics, a Nova Economia das Multidões Inteligentes”.

Compreender as condições para o sucesso de ideias inovadoras.

Professor na Harvard Business School, Clayton Christensen é um dos mais influentes pensadores, o seu livro ” The Innovator’s Dilemma”, foca-se nas inovações disruptivas, de como as empresas maiores são suplantadas por startups que não têm uma base alargada de clientes.

O seu último livro “Competing Against Luck,” foca-se em como o sucesso da inovação depende de existir uma necessidade e é necessário uma profunda compreensão da área da empresa, do porquê na origem dos clientes terem procurado a empresa. Em Portugal estão traduzidos dois livros deste autor, “Gestão Pessoal, 10 Artigos Essenciais” e “Como Avalia a Sua Vida”.

Tal como é imprescindível estar atento a às novas ideias, é igualmente importante estar atento às inovações a nível de software.  O software de ERP, Sage 100c  está disponível em desktop e SaaS é a solução ideal para pequenas e médias empresas com necessidade de automatização de processos de negócios das várias áreas e com necessidade de ter uma visão transversal de toda a empresa.  Preparem o vosso negócio, ganhando conhecimento das ideias mais inovadoras e marcantes, e com o apoio dos softwares mais avançados e adaptados às vossas empresas.

 

 

Gestão de Empresas

Como atrair colaboradores talentosos para a sua empresa

Num momento de elevada competição, é cada vez mais importante contratar as pessoas certas para o lugar. Nas empresas ligadas ao digital é ainda mais relevante, segundo um relatório da empresa Workable´s, as empresas tecnológicas levam cerca de 50 dias para contratarem profissionais.

É fundamental encontrar as pessoas certas em menos tempo e neste artigo oferecemos algumas sugestões que irão tornar mais fácil a tarefa de recrutamento.

Inovar na descrição do trabalho.

O vosso anúncio deve distinguir-se dos outros, se desejam chamar a atenção e uma forma de chamar a atenção passa por oferecer um salário competitivo. Ao oferecerem um salário acima da média estarão a enviar a mensagem de que procuram alguém excepcional. Evitem descrições aborrecidas sobre a empresa na oferta de trabalho, prefiram um discurso direto.

Palavras chave na descrição.

Comunicar de forma mais direta, não significa sacrificar a estratégia. Peritos em marketing digital devem identificar e incorporar palavras chave que vão de encontro às pesquisa realizadas por estes talentos. A plataforma LinkedIn´s criou uma funcionalidade com um motor de busca tanto para trabalhadores como empresas, que permite pesquisar por palavras chave.

Publicar diferentes versões.

É recomendável que publiquem diferentes versões do anúncio, colocando em diferentes plataformas e alterando as palavras chave, e depois comparando os resultados. Esta experiência pode ser muito útil para conseguirem identificar os melhores canis para alcançar o tipo de colaborador que que desejam recrutar.

 Demonstrar o valor da empresa.

No caso de talentos na área das tecnologias de informação, é importante demonstrar como a empresa merece a candidatura, incorporando aquilo que estes talentos mais procuram. Além do salário, devem ter em conta o trabalho à distância, horários flexíveis ou oportunidades de desenvolvimento na carreira.

Demonstrar o valor da empresa, significa provar que a empresa está alinhada com a inovação a todos os níveis, incluindo a nível do software de gestão que utiliza. Um ERP como Sage 100c  permite uma integração simples das das aplicações complementares, permitindo um ajuste perfeito ao seu negócio.

Recrutar os talentos certos, em especial na área digital significa aplicar estratégias de marketing à contratação, investir na demonstração de que a vossa empresa está empenhada em ser uma das melhores e para tal necessita dos mais criativos e preparados colaboradores.