A navegar na categoria

Gestão de Pessoas

Gestão de Pessoas

RUAS 2016

O Relatório Único 2016 é um relatório anual referente à atividade social da empresa. Refere-se à atividade da empresa durante o ano de 2015 e é obrigatório ser entregue por todos os empregadores abrangidos pelo Código do Trabalho e respetiva legislação. Para este efeito, as soluções de Gestão de Pessoal Sage são capazes de extrair e submeter este relatório.

Por norma, o prazo de entrega do Relatório Único 2016 decorre entre 16 de março e 16 de abril de cada ano civil no entanto, este ano o prazo foi adiado e decorrerá entre 31 de março e 30 de abril. Esta necessidade de adiamento do prazo surge no contexto de minimizar alguns constrangimentos técnicos detetados procurando, desta forma, disponibilizar o melhor serviço possível às entidades respondentes.

Quem é afetado?

O Relatório Único 2016 refere-se à atividade da empresa durante o ano de 2015 e é obrigatório ser entregue por todos os empregadores, abrangidos pelo código do trabalho e respetiva legislação.

De que forma afeta?
Os empregadores têm de prestar anualmente informação sobre a atividade social da entidade, com conteúdo e prazo de apresentação regulados, entretanto na Portaria nº 55/2010 de 21 de Janeiro.

Composição do Relatório Único

  • Relatório
  • Anexo A – Quadro de Pessoal
  • Anexo B – Fluxo de Entrada e Saída de Trabalhadores
  • Anexo C – Relatório Anual de Formação Contínua
  • Anexo D – Relatório Anual das Atividades do Serviço de Segurança e Saúde
  • Anexo E – Greves
  • Anexo F – Prestadores de Serviços

Prazo de entrega?

Entre 31 de março e 30 de abril de 2016.

De que forma o podemos ajudar?

Está já disponível a atualização em todas as soluções de Gestão de Pessoal da Sage que contemplam o novo Relatório Único de Atividade (RUAS) a prestar no ano 2016 e relativamente ao ano de 2015.

As alterações deste ano já estão contempladas nas nossas soluções de Gestão Pessoal:

  • Atualização e criação de Novos Códigos de Tabelas (Distritos, Associações de empregadores, Categorias profissionais,…)
  • Atualização do suporte magnético
  • Atualização da submissão por WebService

Para mais informações consulte o Relatório Único aqui.

Gestão de Pessoas

Como obter o melhor dos seus colaboradores?

Independentemente da função que cada colaborador ocupa, todos têm um papel vital para garantir que a empresa tem êxito. Por isso, é importante fazer com que os seus empregados sintam que fazem parte da equipa e contribuem para o sucesso do negócio.

Podem até ter o melhor produto ou prestar o melhor serviço do mercado, mas o desempenho da empresa vai ressentir-se se não tiver uma equipa dedicada e apaixonada pelo que faz.

Como obter, então, o melhor dos seus colaboradores?

  1. Interessem-se verdadeiramente pelas pessoas com quem trabalham;
  2. Reconheçam que, apesar da experiência, qualquer novo membro da equipa terá muito que aprender;
  3. Admitam que nem toda a gente é igual e retirem o melhor dos talentos individuais;
  4. Reservem tempo para se sentar com os seus colaboradores e para os conhecer;
  5. Oiçam-nos seriamente e reflitam no que dizem;
  6. Aceitem que toda a gente comete erros;
  7. Deem-lhes a formação necessária para que ultrapassem os pontos mais fracos;
  8. Resolvam eventuais falhas de rendimento antes que o resto da equipa desmotive também;
  9. Mantenham os colaboradores informados e expliquem-lhes os motivos de quaisquer mudanças que ocorram;
  10. Sejam otimistas – o seu próprio humor estabelecerá a disposição do resto da equipa.

Que estratégias utilizam para retirar o melhor de cada colaborador da sua empresa? Partilhem-nas connosco na caixa de comentários!

Gestão de Pessoas

Como conseguir os melhores talentos para a sua empresa

Se estão a ponderar recrutar novos talentos para fazer parte da sua empresa, terão de estar preparados para competir com outras empresas no momento de conseguir captar o interesse dos melhores candidatos.

Antes de qualquer outra coisa, assegurem-se de que o seu anúncio explica porque é que alguém pode querer trabalhar para vocês. Se oferecem um posto de trabalho interessante, divertido e emocionante, então não tenham receio de o dizer.

Exponham bem os requisitos da função para a qual estão a recrutar e peçam que, para além do CV, os candidatos enviem uma carta de apresentação que explique por que consideram ser indicados para o lugar.

Se sabem exatamente o que procuram num colaborador, então não percam tempo a entrevistar dezenas de candidatos que não se adequam ao que procuram – se determinada pessoa não cumpre os requisitos essenciais, não há necessidade de a manter no processo de recrutamento.

Para simplificar o processo, optem por selecionar apenas os candidatos mais promissores para uma entrevista presencial. O grau de exigência ao selecioná-los vai depender, obviamente, do grau de sucesso em atrair candidatos.