A navegar na categoria

Gestão Financeira

Gestão Financeira

A resposta para as vendas de Natal perfeitas está nas vossas mãos

Muitas empresas de retalho veem as suas vendas anuais subir 30% no final do ano. No entanto, cada ano é diferente e esta época de festas tende a ser volátil. A boa notícia é que a chave para criar o plano de vendas ideal está escondida nos relatórios do vosso negócio.

O estudo dos padrões de comportamento dos vossos clientes oferecer-vos-á a melhor forma de estabelecer preços, deslindar necessidades de stock e como determinar a vossa estratégia de marketing.

Determinem a direção de vendas da mesma época no ano anterior

Partindo dos vossos relatórios de faturação mensais, assim como do acumulado do ano fiscal, desenhem a história de vendas do ano anterior, no período em questão. Sem este tipo de informação, será impossível fazerem uma comparação para precisar se estão a ter sucesso ou não.

Definam metas de vendas

Estudem os resultados de vendas de anos anterior e esbocem objetivos de vendas, de acordo com a realidade. Tenham em conta todos os fatores que consigam distinguir. Por exemplo, um certo produto só vendeu em grande volume com um corte de preço específico. Tenham em conta que esse corte, incluindo-o na vossa estratégia de preços, pode trazer maior volume de vendas.

Atentem nas margens de lucro

Com uma boa solução de gestão como Sage 100cloud, ganham acesso facilitado a históricos de vendas e análises financeiras. Dessa forma, simplificam o processo de análise de tendências para estudarem anos anteriores.

Há que fazer uma leitura informada da imagem que as tendências pintam. Talvez as vendas tenham escalado num período porque ganharam um novo grande cliente ou porque apresentaram um novo produto que se revelou muito popular. Assimilem as razões para que possam aproveitar a oportunidade da melhor forma. Pode ser que o novo cliente abra as portas para um novo setor, com outras empresas com as mesmas necessidades. Pode ser que a introdução de um produto novo bem-sucedido apresente o momento para reavaliar as vendas das gamas anteriores.

Infelizmente, podem enfrentar uma situação em que as vendas tenham caído no período das festas. Devem analisar os fatores que condicionaram a vossa atividade em anos anteriores. Perdas de fornecedores ou aumento de preços que tenham afundado vendas em épocas passadas devem ser lições para o período que se avizinha. Façam uma análise dos preços que os vossos clientes esperam encontrar ou como se devem alinhar com a concorrência. Façam uma gestão de stock atualizada com Sage 100cloud para manter sempre informada a relação com os vossos fornecedores.

Têm convosco possivelmente o maior benefício de um negócio que já tenha superado o primeiro ano – um relatório de vendas acumuladas. Estudar a performance do vosso ano de negócio permite-vos alinhar os objetivos certos para que, este Natal, recebam bons relatórios de vendas no sapatinho.

 

Gestão Financeira

Ser o melhor especialista em contabilidade

Muitos gestores e empresários deparam-se com a falta de conhecimentos financeiros que lhes permitam gerir por eles próprios a contabilidade da empresa. Por isso, nestes casos, têm de recorrer a profissionais do setor.

A contabilidade de uma organização é a base para assegurar a viabilidade desta. Por isso, muitos empresários recorrem a este tipo de profissionais para poupar em problemas e em tempo. A tudo isto temos de somar a possibilidade de tomar uma decisão errada se não tivermos uma noção clara da saúde financeira da empresa em tempo real: a falta de conhecimentos em matéria financeira poder levar-nos ao fracasso se não tivermos medido bem os riscos que implica um investimento.

O papel do contabilista numa empresa

Ter um especialista em contabilidade no seio da empresa garante-nos um controlo nos âmbitos legal e financeiro, já que muitas vezes o empresário desconhece a legislação vigente. Também pode ajudar em problemas de tesouraria ou a tirar partido da liquidez da empresa, quando exista margem para tal. Os trâmites legais para a constituição da empresa, o dia a dia das cobranças e dos pagamentos ou as obrigações tributárias são alguns aspetos para os quais os conhecimentos dos contabilistas são uma mais valia.

Ao mesmo tempo, a partilha de informação relevante que vem facilitar a tomada de decisões. Não se tratar apenas de fazer previsões para o futuro mas também de utilizar os dados de anos anteriores para ajudar a estabelecer um cenário provável no campo económico da vossa empresa, o que permite criar uma estratégia de negócio a médio e longo prazo.

O principal papel dos contabilistas é, então, fazer o reporte fiscal, que responde a todas as obrigações legais, e interpretar os dados financeiros. Para o exercício destas funções podem contar com as soluções Sage Contabilidade, que incluem a funcionalidade de análise financeira, dando ao detalhe todos os rácios financeiros que, no final, se traduzem em bons conselhos para os empresários sobre o caminho a seguir.

Porque investir na contabilidade da empresa

Para as empresas torna-se necessário realizar um investimento em contabilidade. Deste modo se podem clarificar aspetos como a tesouraria, administrar de forma eficaz a gestão de pagamentos e de cobranças, registar de forma correta os lançamentos e movimentos contabilísticos ou os movimentos de caixa, etc.

Saibam mais sobre as soluções Sage Contabilidade e todas as funcionalidades que podem oferecer à vossa empresa, aqui!

 

Gestão Financeira

O valor da gestão de tesouraria

Eis um puzzle para si: que valor acrescentam os vários centros de custos da sua empresa? No passado, nem sempre foi fácil deslindar o valor que algo necessário mas dispendioso (por exemplo, a iluminação do seu escritório, do email da empresa ou de um centro de recursos) de facto proporcionava. Sabíamos o custo aproximado, mas não compreendíamos os lucros que isso gerava.

Isto está a mudar. É agora mais fácil calcular o custo de um serviço ou duma tecnologia e, em resultado disso, determinar o valor por ela criado, transformando um centro de custos num centro de proveitos. À medida que esta tecnologia se torna financeiramente mais acessível, fica também mais facilmente disponível, às empresas de média dimensão.

Desmistificando a Gestão de Tesouraria

A gestão de tesouraria é a prática de compreender, qualificar e dar o melhor uso às participações financeiras da sua empresa. Uma boa gestão de tesouraria minimiza os riscos operacionais e financeiros e fornece aos gestores elementos para saberem o que está disponível para colocar, para investir ou para desembolsar.

O papel da tesouraria está a mudar, tendo uma função cada vez mais fundamental numa organização.

Mudanças recentes no modo como as organizações e as instituições financeiras interagem significam que a tesouraria e a gestão de numerário têm um novo papel; e que transações rápidas e transparentes é o que está em cima da mesa.

Proporcionando informação fundamental

A tesouraria e a função com ela relacionada (gestão de numerário) fornece informação fundamental e aconselhamento estratégico para a tomada de decisões de qualquer empresa. Uma boa gestão de tesouraria e de numerário permite uma exata avaliação do risco e uma mais rápida disseminação da informação por toda a empresa.

Os desenvolvimentos na tecnologia tornam este processo muito mais rápido, mas nem sempre financeiramente comportável. O responsável pelo risco num banco de investimento pode precisar de conhecer a posição de risco duma empresa antes e depois de uma transação, para perceber a exposição dessa empresa. Para o banco e para os seus clientes, essa informação é suficientemente valiosa para justificar um investimento significativo em sistemas de cálculo de risco que estão para lá do alcance de muitas empresas. Este já não é o caso; e enquanto um banco de investimento estará sempre um ou dois passos à frente do resto do mercado, uma gestão de tesouraria poderosa é agora um objetivo muito mais acessível e alcançável.

Hoje, muitas organizações estão condicionadas por sistemas lentos, por uma falta de integração e pela falta de uma visão de conjunto da Cadeia de Valor Financeira, desde a encomenda inicial até à sua satisfação; embora seja possível compreender a posição em que se está em qualquer momento, o processo não é linear nem rápido. Mas isso pode mudar com a ajuda do Sage XRT.

Uma boa gestão da cadeia de valor financeira sobre o capital disponível de uma empresa, a par da disponibilização de uma visão de conjunto da liquidez da empresa, seja no interior da empresa seja no contexto do mundo, dá dinheiro.

As ferramentas de gestão e controlo financeiro e liquidez, como o Sage XRT, ajudam a reduzir os diversos fatores de risco envolvidos nas transações comerciais, reduzem os custos do processo e ajudam a manter e a melhorar as relações com os clientes e com os fornecedores.

Não se trata de um produto recente e inexplorado: presentemente, cerca de dez biliões de euros são processados diariamente pelas soluções Sage XRT na cloud, graças aos seis mil clientes que já usam a plataforma.

Temos trabalhado arduamente para tornar a solução Sage XRT disponível para organizações de média dimensão. É agora mais fácil (e financeiramente mais acessível) começar a considerar o valor que as suas funções de gestão de tesouraria aportam ao seu negócio.

Conheça em detalhe o Sage XRT e as vantagens que a sua empresa conseguirá com esta plataforma, no próximo Sage Business Breakfast – inscreva-se aqui.

Gestão Financeira

Vantagens na Faturação Eletrónica

Quais as vantagens de aderir à faturação eletrónica? Essencialmente, poupar tempo, dinheiro e faturar mais depressa! 

Enquanto empresa:

  • Não precisam de imprimir, assinar e enviar faturas pelo correio;
  • Poupam nos gastos de papel e tinteiros;
  • O processo de emissão e envio de faturas torna-se ágil, simples e flexível;
  • Através dos agendamentos, podem programar o envio das faturas que já sabem que vão acontecer e esperem apenas para receber as notificações de pagamento.

Enquanto clientes:

  • Recebem as faturas no email, sem correrem o risco de se extraviarem, com as referências multibanco na fatura;
  • Deixam de ter um arquivo de faturas impressas;
  • Organizam com maior facilidade todos os documentos;
  • Podem tirar partido do cloud computing  e aceder a todos os documentos onde e quando precisarem.

As vantagens para os dois lados? Uma fatura electrónica garante a autenticidade da sua origem e a integridade do conteúdo, mediante uma assinatura digital colocada no momento em que é transformada em PDF. A lei afirma claramente que uma fatura eletrónica tem o mesmo valor legal do que uma fatura em papel.

Gestão Financeira

Faturação eletrónica: o que é?

Uma fatura eletrónica é  semelhante a todas as outras, com a diferença de ser assinada eletronicamente. E essa assinatura digital é utilizada como identificação da autoria de documentos eletrónicos, tendo a mesma validade dos documentos assinados em papel. Através de um software de faturação eletrónica, podem emitir, assinar e enviar faturas facilmente: vossas ou dos vossos clientes e fornecedores.

A faturação eletrónica é, hoje,  uma prática de eficiência administrativa incontornável. As empresas que querem ser mais competitivas não dispensam tempo ou recursos na emissão manual de faturas.

Quem assina as faturas eletronicamente?

A assinatura eletrónica nas faturas é feita através do software de faturação pelo qual a mesma foi emitida, desde que tenha a opção de emissão de faturas eletrónicas.

Como garantir a validade das assinaturas eletrónicas?

Para garantir a validade e viabilidade das assinaturas eletrónicas nas faturas, devem utilizar um software de faturação certificado para esse efeito.