A navegar na categoria

Gestão Financeira

Gestão Financeira

Enviar Faturas Eletrónicas com Sage X3

A solução de gestão global para média e grandes empresas – Sage X3 – vai adicionar uma nova funcionalidade ao seu serviço. Esta nova funcionalidade trará uma revolução à vossa forma de comunicar, quer com os vossos clientes, quer com a Autoridade Tributária.

Com Sage X3 vão, agora, poder enviar faturas eletrónicas de forma automática e legal. E quais são as novas utilidades desta solução?

  • Vai ser possível selecionais quais os clientes para os quais pretendem enviar a fatura eletrónica e vão poder configurar o layout dessa fatura.
  • Os documentos serão enviados respeitando todos os requisitos legais exigidos em relação à faturação eletrónica, graças à ligação direta ao componente da Sage dedicados a este tipo de exigência.
  • Outra das novas opções desta funcionalidade será a comunicação automática de faturas à Autoridade Tributária, em detrimento da geração do ficheiro SAF-T, se assim o pretenderem. Esta opção é definida ao nível da sociedade permitindo a comunicação diferenciada (fatura eletrónica ou SAFT) conforme a empresa que emite a fatura.
  • São também disponibilizadas funções adicionais que permitirão monitorizar em que pé se encontram todos os documentos enviados, quer para os clientes, quer a própria comunicação à Autoridade Tributária.

Benefícios da nova funcionalidade

Ao utilizarem Sage X3 poderão usufruir desta nova funcionalidade da solução que será, acima de tudo, uma forma de ganharem eficiência sem estarem preocupados em enviar a fatura em papel para os vossos clientes, bem como o facto de ser cancelado o processo periódico de geração do SAFT e respetivo upload no site.

Gestão Financeira

5 erros que os contabilistas não podem cometer

O papel da contabilidade é essencial para a saúde financeira de uma empresa: as capacidades de um contabilista, quando colocadas em prática com maestria, são muitos úteis nos mais variados aspetos. Por outro lado, existem falhas que, quando cometidas, podem comprometer a análise da contabilidade e as decisões tomadas pela gestão das empresas.

Listamos os 5 errros fatais que um contabilista não pode cometer:

  • Lançar valores errados. A pressa – já sabemos – é inimiga da perfeição e pode resultar no lançamento de valores errados. Isto tem impacto em diversos processos e relatórios importantes para o funcionamento de qualquer negócio, como o relatório de demonstração de resultados e balanços. Uma das funcionalidades do software Sage Contabilidade é a Contabilidade Geral, que fornece o registo flexível e automatizado dos lançamentos e de movimentos de apuramento de resultados.
  • Estar desatualizado. A desatualização é outro dos fatores que pode resultar em erros de contabilidade. A legislação e o mercado são dinâmicos e estão em constante evolução e muitos contabilistas acabam por se desatualizar das leis tributárias em vigor. É comum que as empresas percam isenções ou facilidades por este tipo de desatenção.
  • Lançar valores em duplicado. É essencial verificar diariamente os lançamentos, pois fazê-lo em duplicado é mais comum do que à partida imaginamos. Comparar os lançamentos com as contas do negócio é uma boa maneira de evitar que o erro aconteça.
  • Não promover a reserva de capital. O papel do contabilistas vai para além de analisar e gerir números. Passa também por indicar o caminho mais seguro para assegurar a saúde financeira da empresa: para tal, é preciso certificarem-se de que existe alguma reserva de capital para que a gestão da empresa não seja surpreendida com despesas extra. Com Sage Contabilidade, podem armazenar toda a informação de forma segura e ajudar a reduzir o erro, sendo mais fácil apontar o caminho a seguir.
  • Errar no cálculo dos impostos. O cálculo de impostos é uma das áreas mais complexas da contabilidade e, por isso, mais susceptível ao erro do contabilista. Enganarem-se no preenchimento de impostos pode ser um desastre para a empresa.O sistema Sage Contabilidade integra o preenchimento e subsmissão automática das declarações fiscais.

Estes são os erros mais comuns dos contabilistas e que podem ser evitados.

 

Gestão Financeira

Controlo da Aplicação de Normas Contabilísticas

Foi aprovado e publicado o Regulamento para o CANC: garanta que a submissão da IES é feita sem erros.

A Comissão de Normalização Contabilística (CNC) vai começar a levar a cabo ações de controlo que visam perceber se as empresas estão aplicar corretamente as normas do Sistema de Normalização Contabilística (SNC).

Essas ações de controlo vão basear-se na informação prestada pelas empresas na Informação Empresarial Simplificada (IES).

Se, em resultado dessas ações de controlo, for apurada alguma das seguintes infrações, são aplicáveis coimas até 30.000€:

  • Distorção das demonstrações financeiras devido à não adoção de Normas Contabilísticas e de Relato Financeiro (NCRF) aplicáveis à empresa
  • Distorção das demonstrações financeiras devido à integração de lacunas efetuadas de forma diferente da indicada no normativo aplicável
  • Falta de apresentação de uma ou mais demonstrações financeiras obrigatórias

Além das coimas, pode ainda haver penalizações indiretas para as empresas: no limite,  as empresas podem perder benefícios fiscais e apoios financeiros obtidos no âmbito de programas comunitários uma vez que uma das condições para a obtenção de alguns incentivos é possuir contabilidade organizada nos termos do SNC e demais legislação aplicável.

Assim, serve o exposto acima para sensibilizar as empresas para duas questões:

– A importância de aplicarem corretamente as normas do SNC.

– A importância acrescida que a declaração IES passa a ter: ou é bem preenchida, ou as empresas sujeitam-se a coimas e outras penalizações.

Preencha a declaração IES sem qualquer erro com a ajuda do software de gestão Sage

Sérgio Braga

Product Manager – Sage

Gestão Financeira

Simplificar com Sage FactuPlus Evolução

Duas das maiores prioridades das micro e pequenas empresas são aumentar as vendas e reduzir custos operacionais. E para atingir estas duas metas, há várias medidas a implementar:

  • Optar por uma faturação rápida e simples;
  • Uma gestão rigorosa do fluxo de caixa e das contas correntes;
  • Um controlo eficaz das necessidades de compras e de stocks.

O SageFactuPlus Evolução traz às pequenas empresas a simplicidade da faturação: agiliza todas as operações de compra e venda com vista à satisfação dos clientes, controla as contas correntes de clientes e fornecedores, monitoriza pagamentos e recebimentos e dá informação vital sobre a evolução do negócio.

O acesso à análise de todas estas informações é dado em tempo real, para que possam tomar decisões com confiança e de forma fundamentada.

As vantagens de ter ao dispor uma solução como o SageFactuPlus Evolução incluem a simplificação do processo de faturação, a maior eficiência através da automatização dos processos, mais segurança e rigor no cumprimento das obrigações legais, a garantia da satisfação das necessidades dos clientes e maior controlo de todas as vertentes do negócio.

A Mafalda Gaspar de Barros, da BSpirt, dá o testemunho sobre a utilização do software: “E na Sage, encontrei um Software de Gestão muito intuitivo na sua utilização, certificado, e cujo suporte técnico tem uma excelente capacidade de resposta em termos de rapidez e eficiência. Com o Sage FactuPlus Evolução consegui rentabilizar o meu tempo e dessa forma dedicar- me ao máximo ao desenvolvimento do meu negócio.

Gestão Financeira

5 mitos sobre contabilidade

A contabilidade é um expediente vital em diversas áreas corporativas, não só para que se mantenha a gestão fiscal e dos recursos da organização em ordem, mas também para que o gestor negócio consiga compreender a sua situação financeira e tomar as decisões mais corretas para a sua empresa. O serviço de contabilidade é muito mais do que o registo de números e tabelas, podendo auxiliar a redefinir os investimentos, as despesas e todo o trajeto de uma empresa.

Se são profissionais de contabilidade, provavelmente já ouviram alguns destes mitos por aí:

Matemática é a essência da contabilidade

De facto, a matemática é a base da contabilidade. Porém, não é tudo. A licenciatura em Contabilidade, para além da análise e gestão de custos, orçamento empresarial, auditoria, demonstrações financeiras, entre outros instrumentos matemáticos, abrange várias outras matérias, como as relações humanas nas organizações, ética, sustentabilidade e noções de administração, por exemplo. O contabilista deve, até, ser técnico nas operações básicas da matemática, mas precisa de se dedicar ao estudo de outras disciplinas também.

O gestor não é o contabilista

Quem está no comando de uma empresa pode contratar outra pessoa para assegurar a boa prestação dos serviços de contabilidade, mas deve responsabilizar-se ainda pelo envio correto das informações solicitadas. É ele quem tem que estabelecer as prioridades e optar pelas atividades que serão mais estratégicas na empresa, o que vai impactar em maior ou menor grau a contabilidade da entidade.

Cálculo de impostos

Dentro de um escritório de contabilidade existem diversos tipos de profissionais especializados em áreas diferentes da gestão de contabilidade. Por isso, nem todos os contabilistas dominam a tributação.

Um mercado tipicamente masculino

Cada vez mais mulheres se licenciam como contabilistas: hoje em dia, ocupam quase metade das vagas do mercado e a tendência é que alcancem o mesmo número de homens contabilistas em breve. Ou seja, se até alguns anos atrás a profissão era predominantemente masculina, essa já não é a realidade.

A contabilidade é muito difícil

Se têm extrema dificuldade em matemática, raciocínio lógico e em interpretações de cenários específicos, talvez se sintam perdidos neste ramo. Mas quem não for bom em nada disso, provavelmente não será também um bom empreendedor, não é verdade? As operações matemáticas da contabilidade são simples e quem estuda bastante terá, com o tempo, o desenvolvimento técnico necessário para perceber todas as áreas do setor. Por isso, não se deve temer visualizar os relatórios e planos de contabilidade.

Descubram mais sobre a solução Sage Contabilidade: completa e fácil de utilizar, vocacionada para Pequenas e Médias Empresas e Gabinetes de Contabilidade. Com Sage Contabilidade, será mais fácil simplificar processos administrativos morosos, automatizar operações críticas e obtenha maior rigor e precisão nos dados contabilísticos e fiscais.