Gestão Financeira

Contabilidade 2025: Globalização e regulação

5. Globalização e Regulação

A globalização poderá parecer imparável mas, enquanto normas, leis e regulamentos da Indústria e da cultura empresarial poderão continuar o processo de globalização mesmo depois de 2025, com outras questões acontecerá o oposto.

As lacunas e os esquemas elaborados que permitam às empresas minimizar os impostos já estão sob um rigoroso escrutínio e novas leis poderão ter menores oportunidades para explorar e, consequentemente, menos negócio na sua exploração. No entanto, muitos dos postos de trabalho atualmente em outsourcing poderão ser realizados pela IA, robótica e tecnologias como a impressão 3D. A pressão sobre as camadas de carbono e outras tendências de estilo de vida favorecem o trabalho local e o fornecimento de recursos, bem como as pressões exercidas sobre a poluição e a exportação de exigências de recursos e serviços críticos como a água e eliminação de resíduos.

Empresas de base comunitária irão, maioritariamente, permanecer locais também. Acima de tudo, aumentando o foco nas competências humanas enquanto a IA assume o controlo, as tarefas de informação aumentarão a ênfase no contacto presencial, no trabalho local, portanto.

Mesmo as doenças serão, muito provavelmente, um fator de limitação do movimento global, com novas e perigosas estirpes de vírus a emergir de forma regular, e o terrorismo, improvável que desapareça enquanto ameaça para os viajantes.

Por último, aumentar o protecionismo será também, muito provavelmente, uma defesa contra a crescente concorrência por salários mais baixos em muitas regiões.

Por isso, com algumas pressões ainda favorecendo a globalização, haverá mais ações no que toca à localização.

Conheça aqui a solução Sage Contabilidade.

* Este artigo faz parte de uma série de 10, subordinados ao tema Contabilidade 2025 – 10 formas como a profissão vai evoluir

 

Artigos Relacionados

0 Comentários

Deixe um comentário