Contabilidade

Dificuldades de dialogo entre gestores e contabilistas: mundos distintos e interligados

É bastante comum os gestores de pequenas e médias empresas não contarem com um gabinete de administração, alguns não têm estudos superiores e estão habituados a trabalhar de forma empírica. O caso da contabilidade é quase impossível que o profissional não tenha seguido essa área de estudos, o que gera por vezes dificuldades de comunicação.

Sem estudos específicos em  administração ou gestão, pode ser difícil o entendimento entre gestor e contabilista devido à terminologia financeira e contabilística. São mundos distintos que se tocam, o gestor focado nas questões operativas e o contabilista focado na faturação e números diversos.

O gestor centra-se no crescimento do negócio e nos resultados mais imediatos, enquanto o contabilista se interessa por resultados a nível mais analítico e global. Por vezes o contabilista parece ser uma espécie de mensageira de más noticias, recordando as despesas, pagamentos de impostos ou segurança social.

Para conseguir fazer bem as suas tarefas, quer a nível de obrigações, quer a um nível mais global, podendo até obter relatórios que pode apresentar ao gestor/cliente, simplificando a comunicação, deve contar com um software de contabilidade.

É frequente os gestores apreciarem e considerarem mais útil reunir com a equipa comercial, que com a equipa de contabilidade, e por vezes até questionarem a fiabilidade dos dados. Principalmente se estes dados demonstram uma má gestão. Cabe ao contabilista estar bem preparado e fazer prova concreta da qualidade dos seus dados, dando informação preciosa para a orientação da empresa, cabendo ao gestor decidir como deseja utilizar essa informação.

 

 

 

Artigos Relacionados

0 Comentários

Deixe um comentário