Browsing Tag

Cloud

Sage One

O vosso negócio só precisa de amor e de um smartphone

Têm um sonho e uma ideia de negócio que ainda não puseram em ação? Provavelmente, têm na mão a única ferramenta de que precisam. O vosso smartphone! Podem estar convencidos de que precisam de um plano de negócios, investimento e de muito tempo. Mas não se deixem perder com necessidades desatualizadas!

Nas vossas mãos, está o poder de começaram de uma forma simples e de usar a tecnologia a vosso favor. Utilizem o tempo livre que têm atualmente para investir nesta vossa ideia de negócio – assim maximizam o vosso tempo e minimizam o risco.

Estudem aquilo que os consumidores, de facto, querem e testem a procura do vosso produto, o que acabará por vos dar uma carteira de clientes. Adaptem o crescimento do vosso negócio à informação e dados que já recolheram. A vossa empresa pode começar de uma forma modesta e rentável para conseguir crescer.

Já temos aplicações para todas as facetas da nossa vida, encontramos também aplicações para os primeiros quatro passos do lançamento de um negócio!

  1. Definir sucesso

Uma aplicação tão simples como Numbers ou Strides permite-vos estabelecer objetivos e acompanhar o vosso caminho.

  1. Criar um teste de negócio

As aplicações iThoughts pode ajudar-vos a estruturar ideias e necessidades. Para chegarem a um plano de negócios sólido, coloquem as seguintes perguntas:

Quem são os vossos clientes? Que tipo de clientes precisam do vosso produto ou serviço? Como vão encontrá-lo? O que lhes venderão? Que problema é que o vosso produto soluciona? Que lucro conseguirão gerar a partir de cada venda? Como venderão o produto? Como é que os clientes pagarão? Que custos surgirão para o vosso negócio? Que ações não podem falhar? Que associações e recursos são necessários para serem bem-sucedidos?

  1. Testar

Há uma certeza no mundo do empreendedorismo e é que o vosso negócio terá falhas. O ideal é detetá-las o mais depressa possível.

Devem apresentar o vosso negócio ao público e, com as primeiras compras, executarem uma análise de defeitos. Até clientes que quase tenham comprado o vosso produto são minas de informação, neste momento do vosso percurso.

Uma página de negócios no Facebook é um começo simples que vos pode dar um grande retorno em termos de feedback. Podem estabelecer contato com futuros clientes e compreender as suas necessidades.

Sage One é o software de  faturação online, de utilização tão fácil quanto uma aplicação. Agilizem a vossa faturação e adaptem o crescimento do vosso negócio às diferentes soluções de Sage.

  1. Adaptar a escala

Agora, têm o conjunto ideal a propor a um investidor ou a um banco. Têm vendas, uma carteira de clientes e um lucro gerado por vendas.

O poder de concretizarem a vossa ideia de negócio está no vosso bolso. Não precisam de mais nada, além do vosso smartphone e da vossa ideia inovadora!

 

Sage Sessions

O nosso “Parceiro do Futuro” está na Cloud!

Os benefícios da Cloud são fartos, em comparação com soluções locais (on-premise). O custo inicial é logo menor, a implementação mais rápida e permite assinatura do serviço de acordo com necessidade. Por isso mesmo, a flexibilidade que empresta a qualquer negócio faz da Cloud uma escolha ideal para PME. Além disso, o crescimento do seu negócio não tem que ficar preso ao tipo de solução escolhida inicialmente, pois pode desenvolver-se com o percurso da vossa empresa.

Sem dúvida que a era da transformação digital está a acelerar o impacto que a Cloud tem sobre modelos de negócio de canais. A IDC prevê que, este ano, o investimento em Cloud software seja 5.5 vezes aquele o do ano passado e que, até 2020, mais de 70% do lucro de revendedores de serviços da Cloud seja intermediado por parceiros de canal e intermediários.

Até 2020, é também esperado que SaaS (Software as a Service) seja o tipo de serviço de Cloud mais relevante, dominando 60% do mercado e mantendo um crescimento de vendas sobre pacotes de software. A venda de soluções de Cloud continua a crescer a um ritmo sete vezes maior que o do mercado tecnológico geral.

Para parceiros, a venda de soluções de Cloud representa muitas vantagens: 66% mais previsibilidade de lucro recorrente, 63% mais oportunidades de vendas adicionais e 51% maior expansão geográfica de vendas, entre outras.

Os parceiros com margens maiores de vendas de soluções de Cloud investem em colaboradores de vendas especializados, assim como colaboradores técnicos especializados na mesma área e em marketing digital, entre outras ações.

O estudo “O Parceiro do Futuro” da Sage e IDC será apresentado na segunda edição das Sage Sessions, hoje. Pode seguir a transmissão em livestream e acompanhar a intervenção do chef Ljubomir Stanisic e a mesa redonda “Digitalização, internacionalização, revolução: o futuro das empresas portuguesas”, ao longo da tarde, aqui.

 

Sage Enterprise Management

Como seria uma semana de trabalho de quatro dias

O conceito do dia de trabalho está na boca do mundo. Este debate assenta na ideia inovadora que uma semana laboral menor poderá trazer melhorias de qualidade de vida, no clima de trabalho e ainda potenciar a produtividade. No entanto, quatro dias de trabalho semanais seriam um grande desafio, tanto de organização empresarial como a nível de investimento.

Os benefícios duma semana de trabalho de quatro dias

Um dos grandes objetivos deste empreendimento seria oferecer mais qualidade de vida. Com mais tempo livre, o colaborador poderia responder às necessidades da sua família ou comunidade, o que, por sua vez, traria um equilíbrio emocional maior. Prevê-se que os colaboradores apresentariam uma maior motivação no seu trabalho, com a consciência das responsabilidades concentrada em menos dias de trabalho.

Existem desvantagens neste modelo laboral que podem ser amenizadas com boas práticas. O tempo livre deveria ser atribuído de forma adequada às necessidades específicas de cada trabalhador.

As chefias também trabalhariam quatro dias por semana?

Uma empresa que permitisse uma semana de quatro dias aos seus gestores revelaria uma estrutura sólida, com facilidade em delegar trabalho decisivo. No entanto, muitas empresas dependem de uma ou algumas pessoas chave, cuja a ausência constitui um transtorno.

Muitos gestores vivem num estado de ligação constante ao trabalho, mas uma semana laboral menor poderia aumentar a sua criatividade, através de outros contactos e experiências. Algumas empresas temem que mais tempo livre aumente redes de contacto e potencie a fuga de talento nos cargos de chefia, através de novas ofertas de emprego. Como precaução, decidiram implementar semanas laborais menores para todos, à exceção dos cargos superiores.

 Os efeitos na produtividade laboral

Um empreendimento desta dimensão traria muitas alterações organizacionais. Um dia adicional de descanso poderia abrir portas a novos horários laborais e até a novos turnos. Por outro lado, essas alterações acarretariam custos. Existem outras situações em que se poderia ganhar vantagens como, por exemplo, com a retribuição mais eficiente de equipamentos especializados de uso comum.

Outra medida que facilitará um melhor aproveitamento de recursos passa pela adoção de um software de ERP. A Sage tem softwares de ERP que permitem uma melhor gestão, que necessitam de uma maior automatização de processos de negócios nas várias áreas e que permitem ter uma visão transversal de toda a empresa.

Os efeitos sobre os custos salariais

Confiando que os benefícios de uma semana laboral mais curta se concretizariam e não existiria impactos negativos na produtividade, manter os salários anteriores não teria desvantagem, pois a diferença seria compensada com lucros.

Em resumo

Existem muitos benefícios estudados sobre a adoção de uma semana laboral mais curta que nos demonstram que, para além de vantagens sociais e humanas, apresenta pontos atrativos para os empregadores. Uma mudança social tão drástica precisará de medidas de apoio para que possa ser implementada de forma justa para todos os trabalhadores.

 

Sage Faturação

Preparar o período de férias

Com o aproximar do verão, chega também o tempo de preparar o período de férias. É cada vez mais importante encontrar formas de harmonizar a vida privada com o trabalho e, por difícil que possa parecer, é necessário criar momentos de pausa de forma a recuperar do cansaço acumulado. 

Preparar a ausência.

A falta de descanso conduz a um estado de confusão mental, diminuindo a qualidade do trabalho e a capacidade de tomar decisões.  À medida que se aproximam de um período de férias, devem procurar delegar trabalho.

Delegar trabalho.

Para que possam realmente descansar, não basta passar tarefas a colaboradores. Sem alguma autonomia, não terão a capacidade de resolver pequenos contratempos que surjam.

Preparar a passagem significa selecionar as pessoas certas para as tarefas e, com algum tempo de antecedência, oferecer formação. Quanto maior for a necessidade de treino, mais cedo deve ser realizada a seleção.

Software com Cloud.

Os softwares de faturação aliados à tecnologia Cloud permitem uma melhor gestão do trabalho. A eficiência das tarefas aumenta guardando informação na Cloud e partilhando com colaboradores ou clientes.

Estabelecer prioridades.

Devem ter em mente aquilo que é realmente prioritário. Durante um período de férias, apenas problemas graves merecem intervenção ou um acompanhamento. Trocar o escritório por um local de férias e continuar a trabalhar normalmente não constitui um período de descanso e recuperação.

 

 

 

 

 

 

Faturação Sage Faturação

Como lidar com constantes interrupções no trabalho

Nem sempre é fácil conseguir ser produtivo com constantes interrupções a acontecerem. Por vezes, a situação gera de tal forma tensão, que as interrupções são sentidas como uma ameaça.

É necessário entender estas reações como normais. Gerir o nosso tempo significa gerir as expetativas que os outros têm de nós. As soluções tecnológicas possibilitaram que estivéssemos constantemente em comunicação, e os interlocutores esperam uma resposta instantânea.

Gerir expetativas.

A discrepância entre o que conseguimos realizar e as expetativas que existem geram por vezes uma sensação de culpa e mal-estar generalizado. O resultado são reações de irritação  e a tentativa para ignorarmos o contacto de forma a não recebermos mais solicitações ou pressão.

É possível encontrar o equilíbrio e ajustar as nossas reações, criando um espaço para tarefas de maior concentração no trabalho. Para tal, é necessário melhorar a comunicação, informando dos nossos limites.

Comunicar limites.

Há que estabelecer prioridades  pois nem todas as comunicações têm a mesma importância e urgência. É essencial assumir a necessidade de colocar limites. Separar tempo para trabalho e tempo para a restante vida privada, distinguir espaço dentro do trabalho e estabelecer preferências quanto à forma de comunicar.

É natural que um e-mail escrito ajude na organização do trabalho mas também importa considerar  que um telefonema de um familiar ao final do dia pode ser uma forma mais agradável e calorosa de tratar os que nos são queridos.

Reduzir o tempo de pressão.

É fundamental que, apesar da pressão, existam pausas no trabalho. Deverão criar momentos assinalados na vossa agenda, sem tarefas atribuídas. Estes momentos podem servir para trabalho inesperado, para descansar ou interagir. Se mesmo assim, não conseguirem evitar interrupções, podem sempre mudar de local, deixando o vosso espaço habitual, e indo trabalhar durante algum tempo para um café.

Manter a perspetiva.

Em momentos de trabalho intenso e de pressão familiar, demonstrem um reconhecimento pelo contacto. Num momento oportuno, enviem uma mensagem ou e-mail e agradeçam o contacto. Tentem sugerir um momento mais oportuno para uma comunicação mais longa.

Gerir melhor o tempo com um software de faturação.

Um software de faturação Sage permite uma enorme poupança tempo, possibilitando trabalhar a partir de qualquer lugar, com acesso a informação guardada em cloud. Mais tempo para o trabalho e para a vida privada com os softwares Sage Faturação de última geração.