Browsing Tag

Eficiência

Sage Enterprise Management

Determinar as vossas horas mais produtivas pode mudar o vosso dia de trabalho

As horas áureas de trabalho não são iguais para toda a gente. Alguns são madrugadores, enquanto outros são pessoas noturnas. Compreender qual é a vossa parte do dia mais produtiva permitir-vos-á tornar o dia de trabalho mais rentável!

A jornada de oito horas, que se adaptava e protegia trabalhadores de fábrica, nem sempre se ajusta à vida do empreendedor. Com a normalização dos locais de trabalho flexíveis, empreendedores e freelancers podem adaptar o dia de trabalho ao seu horário produtivo interior, com flexibilidade de horário de entrada, por exemplo. Vamos descobrir como identificar as vossas horas mais produtivas.

Comecem por uma auto-avaliação

Analisem o vosso dia e horário de trabalho honestamente. Aliás, sejam brutalmente honestos. Apenas assim, podem tomar nota dos momentos em que se sentem mais e menos energéticos. É bastante provável que já saibam que têm grande dificuldade em concentrar-se de manhã, ou que sentem que o final da tarde se arrasta.

Conversem com quem vos acompanha

Comecem por aqueles que vos são mais próximos – famílias, amigos, que vos conhecem como a palma da mão. Terão perceções a oferecer-vos, sobre os vossos surtos e quebras de energia ao longo do dia. De seguida, podem colocar a questão aos vossos colegas ou colaboradores. A sua opinião, enquanto espectadores, pode validar as vossas suspeitas.

Protejam essas horas douradas

Agora que identificaram o momento do dia em que o vosso trabalho é mais rentável, ajustem o vosso dia de trabalho. Tratem estas horas como o vosso próprio horário nobre. Não as desperdicem com distrações ou tarefas rotineiras. Utilizem esse tempo para trabalho criativo e exigente. Honrem-no com trabalho que potencie a vossa produtividade!

Optem por uma solução de ERP para otimizar o vosso negócio

O discernimento que aplicam ao vosso dia de trabalho pode ser uma inspiração para ganhar mais visão em toda a vossa empresa. As soluções de Enterprise Management Sage adaptam-se às necessidades do vosso negócio. Ganharão informação atualizada sobre a totalidade da vossa empresa para desenharem um plano futuro de sucesso!

 

Inovação e Tecnologia

Sage impulsiona a digitalização de 50 000 empresas

O mercado digital português é um diamante em bruto, pronto para expansão. A ideia foi abordada em novembro de 2018, na segunda edição das Sage Sessions. Discutiu-se as dificuldades das empresas portuguesas em implementar uma digitalização de sucesso.

Com o intuito de superar esses obstáculos, a Sage juntou-se à ACEPI para lançar o programa de Comércio Digital. O projeto irá oferecer um voucher gratuito para micro, pequenas e médias empresas, que ajudará à digitalização de 50 000 negócios.

Pretende-se apoiar as empresas a adotar um modelo de negócio digital – através da implementação de uma presença online e da desmaterialização de processos com clientes e fornecedores. O voucher oferecerá ferramentas para construção de um site, juntamente com alojamento e domínio registado do mesmo, e uma caixa de correio eletrónico. Enquanto parceira deste projeto, a Sage é a software house que disponibilizará as soluções de faturação adequadas a cada negócio.

Isália Barata, Diretora de Marketing da Sage, refere que: “Na Sage acreditamos no potencial que a digitalização traz ao negócio e o nosso compromisso é esse mesmo, apoiar as empresas portuguesas com ferramentas que as façam crescer, prosperar e vingar no mercado. Esta parceria com a ACEPI é mais um passo nesse sentido – a digitalização é já inevitável, é um caminho natural, mas muitas empresas precisam de suporte para o conseguirem, nomeadamente as de menor dimensão. Queremos que tenham a possibilidade de adquirir uma solução Cloud ou até mesmo Cloud Connected que se adeque de facto às necessidades reais do negócio e aos seus objetivos de crescimento, seja em Portugal seja em qualquer lado, pois esse é o grande benefício do comércio eletrónico.” 

A longo prazo, pretende-se que as empresas sejam capazes de captar novos clientes, alcançar novos mercados e otimizar processos de organização. Para isso, o Comércio Digital viajará pelo país, de norte a sul, ao longo dos dois anos, à procura dos negócios com vontade de se digitalizarem. Com 150 sessões de apresentação, a ACEPI e as entidades envolvidas pretendem divulgar o projeto junto das empresas portuguesas.

A primeira sessão do roadshow acontece já no dia 6 de fevereiro, em Leiria, no Teatro Miguel Franco, e contará com a presença da Sage. Consulte as restantes datas do roadshow aqui. Inscreva o seu negócio no concurso Comércio Digital aqui.

 

Gestão de Pessoas

Mitos sobre a motivação dos colaboradores

Os dias são frios e curtos e as férias já terminaram. A terceira segunda-feira de cada janeiro foi classificada como o dia mais triste do ano e consequentemente um dia menos produtivo e criativo a nível profissional. Mas, em janeiro, podemos fugir ao desespero e encará-lo como uma tábua rasa inspiradora!

O início do ano civil pode ser um momento de reagrupar esforços e ideias para motivar os vossos colaboradores, com um ambiente de trabalho mais atrativo, e trazer mais empenho. Vamos primeiro desmistificar algumas lendas sobre aquilo que traz motivação aos vossos colaboradores.

  1. Com oito letras apenas se agradece um trabalho bem feito

Mais de dois terços dos inquiridos pela Sage, no estudo “Qual é a razão para os seus colaboradores não trabalharem?”, pretendem sentir valorização e reconhecimento no seu local de trabalho. Dizer “obrigado” é um primeiro passo ideal mas considerem implementar outros sistemas de reconhecimento. Como, por exemplo, e-mails aos colaboradores destacando o desempenho conjunto, juntamente com o envio dos resultados do trimestre, ou incorporando o elogio do trabalho nas vossas reuniões.

  1. A flexibilidade do trabalho remoto desencaminha o trabalhador

Horários flexíveis ou trabalho fora do escritório são opções equacionadas num esquema de trabalho moderno e, por isso, nem sempre bem-encaradas. No entanto, os vossos colaboradores concordarão com a maioria: 81% dos nossos inquiridos afirmam que um local de trabalho maleável traz muita produtividade e empenho. Havendo margem de manobra no vosso negócio para estas alterações, os vossos colaboradores podem adaptar os seus horários às suas necessidades e até às suas próprias horas de maior produtividade.

  1. Janeiro é o único mês para se implementar resoluções de melhoria

O Ano Novo é uma excelente razão para equacionarmos mudanças pessoais na nossa vida, para aumentar o nosso bem-estar. Este entusiasmo pode transferir-se de uma forma saudável para o local de trabalho mas não permitam que estas iniciativas percam balanço enquanto o ano se desenrola.

As vossas equipas de Recursos Humanos devem estar sempre atualizadas e em contato consistente com os vossos colaboradores. A resposta para uma maior produtividade não está em pressentimentos mas na análise do feedback dos vossos empregados. As soluções de Gestão de Recursos Humanos da Sage oferecem as ferramentas ideais para o desenvolvimento e implementação de alterações nas condições de trabalho das vossas equipas. Criem o melhor ambiente de trabalho possível com a contribuição dos vossos colaboradores!

 

Gestão de Empresas

6 hábitos de líder

A liderança de um negócio pode ser um local solitário. Enquanto chefia, as vossas decisões dirigem toda a vossa empresa e colaboradores. No entanto, não percam de vista todas as formas como podem evoluir de uma forma pessoal, para também beneficiarem o vosso negócio. Aqui temos seis hábitos de líderes de sucesso!

  1. Estabelecer objetivos

Um líder é responsável por determinar metas e confirmar que se mantêm no caminho certo. Muitos líderes preferem acordar um pouco mais cedo para aproveitarem algum tempo livre e delinear o plano diário. Com objetivos estabelecidos, é mais fácil prioritizar o dia para os atingir.

  1. Delegar

Líderes nunca podem ser autossuficientes. Os melhores líderes reconhecem o trabalho árduo das suas equipas e dedicam o seu tempo a possibilitar o melhor ambiente e as melhores ferramentas de trabalho. Assim, uma equipa em quem confiam será uma equipa à qual poderão delegar funções e tarefas, uma vez que todos trabalham para o mesmo propósito. O intuito é chegar da forma mais rápida e eficiente aos objetivos.

  1. Encorajar

Os líderes mais respeitados dedicam-se aos seus próprios colaboradores – a melhorar o seu ambiente de trabalho, a providenciar formação adicional ou apoio individual, por exemplo. Colaboradores encorajados e acarinhados demonstram ter uma maior produtividade e inovação a longo prazo.

  1. Analisar o próprio progresso

Independentemente do tipo de negócio, qualquer líder precisa de se manter atualizado e, por isso, deve também manter uma autoavaliação do seu progresso. Analisem os objetivos que estabeleceram na vossa empresa e formas de agilizar processos para que o crescimento seja constante.

Escolham uma solução Sage Gestão para uma organização integrada dos vários setores da vossa empresa. Assegurem uma visão transversal dos processos do vosso negócio e possibilitem acessibilidade em qualquer lugar.

  1. Aprender algo novo

Líderes nunca param de aprender! Mantenham-se atualizados diariamente, desde a espuma dos dias às novidades da vossa indústria, para que se possam adaptar a qualquer mudança ou revés que surja, além de angariarem ideias inovadoras para o futuro.

  1. Aprender com os erros

Encontrarão entraves na história da vossa empresa e terão a vossa quota-parte de erros. No entanto, estes desafios devem fortalecer o espírito empreendedor do vosso negócio. Aprendam as lições vindas desses passos em falso para que, no futuro, possam fazer as melhores decisões.

 

Gestão de Pessoas Sage Enterprise Management

Como gerir uma equipa passivo-agressiva

Há dias de trabalho que antecipamos que sejam calmos mas nos surpreendem. A vossa equipa deveria ser apresentar resultados, como acordado, mas não estão a responsabilizar-se pelo projeto. As suas ações não coincidem com o seu discurso, ou seja, a descrição clássica de comportamento passivo-agresssivo.

Estejam atentos às seguintes atitudes: sabotagem dos esforços do outro; procrastinação; entrega de trabalho medíocre; desvalorização de urgência do trabalho; falta de compromisso; queixas ou distribuição não fundamentada de culpa.

Lidar com este tipo de equipas é desafiante. Este tipo de situações exigem um tratamento direto e aqui temos algumas ações a tomar.

  1. Olhem-se no espelho

Deem um passo atrás para compreender e analisem o vosso comportamento, como gestores. Comecem com um momento de introspeção. Analisem como podem ter contribuído para o comportamento negativo da vossa equipa.

  1. Criem um ambiente seguro

Quando as pessoas sentem que não podem expressar os seus sentimentos e pensamentos, tendem a conter emoções – impactando as suas ações ou inações. Garantam um ambiente de trabalho seguro, em que os vossos colaboradores se sintam confortáveis.

  1. Ouçam os vossos colaboradores

A passivo-agressividade pode nascer em colaboradores que não sejam consultados. Comunicação direta com a vossa equipa deve dar-vos uma noção clara daquilo que contribuiu para a vossa situação. Não devemos esquecer que sentir que a sua própria voz é ouvida contribui para um compromisso maior.

  1. Comuniquem o porquê, além do quê

Normalmente, a comunicação de objetivos nunca falha. No entanto, nem todos os gestores comunicam bem as razões por detrás de projetos. A realidade é que, quando os colaboradores reconhecem as razões por que um plano é importante, conseguem investir-se de corpo e alma.

  1. Giram expetativas

Disparidade de expetativas pode também ser causa de passivo-agressividade. Quando a informação não flui corretamente e as expetativas não são bem delineadas para cada colaborador, torna-se difícil de atingir um objetivo desfocado. Criem um ambiente em que se possa sempre clarificar e negociar expetativas de trabalho.

  1. Giram comportamento negativo

Comportamento passivo-agressivo pode acontecer tanto ao nível de equipa, como individualmente. Este tipo de atitude tem de ser apontada e, os autores, responsabilizados. Os gestores não podem ceder à passividade, pois têm que impor consequências caso as expetativas não sejam cumpridas.

  1. Fomentem a comunicação

A melhor forma de estarem informados sobre problemas e situações relativas à vossa equipa é manter todos os canais de comunicação abertos e manter relações próximas. Acompanhem de perto o trabalho e as relações, para resolverem situações assim que surjam.

  1. Não participem neste tipo de comportamento

Gestores podem espelhar o comportamento das suas próprias equipas, com os mesmos padrões negativos. Mantenham uma atitude aberta e comportamentos construtivos.

Propiciem a produtividade e colaboração das vossas equipas de trabalho, com uma solução Sage Gestão e beneficiem de um desconto de 30% na compra, até 6 de dezembro. Ajudará o serviço ao cliente e permitirá aos vossos colaboradores dar sempre o seu melhor. Ganhem tempo para promover um ambiente de trabalho saudável que alimente a estrutura da vossa equipa!