Browsing Tag

Eficiência

Faturação

Incentivar o Bom Relacionamento da Equipa

É cada vez mais valorizado nas empresas o bom ambiente, relações saudáveis e equilibradas entre colegas. Não temos propriamente de criar relações de amizade, mas um ambiente colaborativo é importante em momentos de maior trabalho e em situações de stress.

Neste artigo vamos dar algumas soluções para potenciar um bom relacionamento entre colegas no escritório.

Apresentação dos novos colaboradores.

Garantam que todas as pessoas se conhecem dentro do mesmo departamento, sempre que recebam um novo colaborador dediquem algum tempo criando uma apresentação. Convidem o recém chegado a dizer algumas palavras sobre si próprio, o seu percurso e as suas expetativas. Encorajem a equipa com quem irá colaborar a falar um pouco do trabalho que desenvolvem.

Aproveitar os momentos de pausa/ hora de almoço.

Se existe um local para refeições na empresa, incentivem a que os colaboradores almocem juntos, em vez de se alimentarem de forma precária frente ao computador. Estes momentos de lazer são importantes para criar vínculos entre colegas, que mais tarde irão ajudar a quando tiverem de trabalhar em conjunto.

Celebrar resultados e aniversários.

É cada vez mais vulgar as empresas celebrarem o seu office day, oferecendo uma experiência em conjunto que pode ser um simples jantar ou uma atividade. Importa que tenham oportunidade de passar algum tempo juntos numa atividade que agrade.

Se a empresa não quiser celebrar um office day, deverá pelo menos assinalar o período de festas de Natal, ou celebrar bons resultados quando se apresentam, transmitindo reconhecimento.

Criar um grupo numa rede social.

Ter um grupo numa rede social como o Facebook é também uma ideia a ter em conta. Possibilita a partilha de artigos ou videos relevantes para o trabalho e  permite uma certa forma de convívio social.

Criar grupos de atividades regulares.

São muitas as empresas com equipas desportivas que desenvolvem encontros regulares. A associação entre exercício fisico e convívio, funciona particularmente bem, permitindo aliviar o stress acumulado durante o trabalho.

Tempo gasto ou um investimento?

Pode parecer supérfluo ter todo este trabalho para que colegas se relacionem de forma amigável, mas a verdade é que somos animais sociais e mesmo em relações profissionais necessitamos de criar ligações afetivas.

É importante gerir bem o tempo para poder cuidar de todos estes diferentes aspetos relevantes para o sucesso da vossa empresa, com Sage 50c  é possível aceder a partir de qualquer lugar ao seu negócio, com qualquer dispositivo.

Construir uma empresa de sucesso significa não descurar nenhum ponto que possa influenciar no sentido de obter uma boa performance da parte dos seus colaboradores.

Faturação

3 Dicas para aumentar a produtividade

Num mundo de elevada competição e pressão, é extremamente importante conseguir atingir o máximo foco possível. Os empreendedores e inventores procuram o tempo todo descobrir novas formas de atingir o máximo foco e alcançar elevados níveis de produtividade.

Para alcançar o máximo de concentração e aproveitar toda a capacidade de inovação sugerimos cinco truques que irão facilitar o atingir destes resultados.

Método Wim Hof.

Este método divide-se em três fase, terapia com frio, respiração profunda e muito empenhamento. A combinação certa de trabalho fisico e mental pode aumentar a energia e reduzir o stress de forma significativa.

  1. Respiração: começar o dia com 30 a 40 respirações profundas intercaladas com pausas após expirar ou com os pulmões cheios. O resultado é uma oxigenação profunda do corpo, com uma revitalização profunda.
  2. Exercício/ flexões: após a respiração segue-se a parte mais física com sequência de flexões, terminando com algumas posturas de yoga.
  3. Duche frio: para terminar um duche frio para despertar todo o corpo. O resultado geral é aumento da imunidade, sensação de euforia e finalmente, uma mente limpa e um corpo livre de dor, para uma maior concentração.

A técnica Pomodoro.

Uma técnica para gerir melhor o tempo criada por Francesco Cirilho, enquanto estudava gestão. Esta técnica através momentos de pausa procura aumentar a concentração e performance durante os períodos de trabalho, evitando situações de esgotamento.

  1. Determinar qual a tarefa a que se vão dedicar e assumir o compromisso de a realizar.
  2. Colocar o alarme do relógio para 25 minutos.
  3. Até ouvir o toque, não parar de trabalhar, recusando todas as distrações.
  4. Assinalar essa meta num papel e ao fim de 3 períodos de 25 minutos, gozar uma pausa de 4 minutos. Quando tiverem 4 marcas realizar uma pausa maior de 30 minutos e recomeçar o processo.

Para pessoas com dificuldades de concentração esta técnica pode ser muito útil.

Aplicações dedicadas a aumentar a concentração.

Existem várias aplicações dedicada a aumentar a capacidade de concentração, em especial para evitar que se gaste tempo valioso em aplicações lúdicas sem utilidade para para o trabalho que estão a desenvolver.

Graças a estas aplicações, é possível estipular um tempo definido para consultar o Facebook e outras aplicações, findo esse período torna-se impossível continuar a consultar.

Em conclusão.

Podemos afirmar que não faltam distrações, seja online ou no ambiente em nosso redor, e todas as técnicas que nos ajudem são úteis. Não esquecer um importante aliado para o aumento da produtividade,  um sistema de gestão integrado, como Sage 100c .

Com o sistema SAAS não necessita de instalação, nem de atualizações e toda a informação da empresa fica guardada na Cloud. Torna-se simples aceder a partir de qualquer lugar, aproveitando melhor o tempo e evitando longas jornadas no escritório, que por vezes apenas geram cansaço e frustração.

 

 

 

 

Recursos Humanos

Mais autonomia nem sempre gera maior produtividade

Alguns tipos de trabalho não têm muito espaço para autonomia, a forma como estão estruturados não deixam grande possibilidade para abordagens criativas. Colaboradores que estiveram muito tempo concentrados neste tipo de tarefas podem sentir-se frustrados quando lhes é dada autonomia.

Um estudo publicado no Journal of Organizational Behavior,demonstra que colocar funcionários a trabalhar em funções sem monitorização, e dar-lhes uma capacidade de decisão, nem sempre comporta mais satisfação para o colaborador, nem resulta em maior produtividade. Em alguns casos, os colaboradores sentem-se inseguros, e desagradados ao lhes ser entregue a capacidade de decisão.

Incentivar a pró atividade, não significa “abandonar” o colaborador.

Parece estar estabelecido que atribuir algum espaço  independência para auto gestão o seu trabalho, é motivador e gera um trabalho mais pro ativo, mas mais importante que isto é criar uma relação de confiança entre chefia e trabalhadores.

Autonomia só faz sentido se for acompanhada de autoridade para conseguir executar as tarefas, ou não ter disponibilidade para acompanhar o colaborador, dando-lhe confiança nos seus projetos, assinalando quando está no caminho certo. Os colaboradores têm de sentir que as suas chefias depositam confiança e estão disponíveis para os aconselhar ao longo do percurso.

Gerir dando autonomia, comporta riscos.

Vimos no parágrafo superior que é necessário estabelecer uma relação de confiança, mas qualquer líder deve manter em mente que existem riscos em gerir pessoas desta forma. É necessário proceder a uma profunda avaliação sobre o perfil dos colaboradores, de forma a não escolher as pessoas erradas.

Investigadores também analisaram que os novos colaboradores, mesmo não conhecendo tão bem a empresa e as tarefas a executar, respondem melhor quando lhes é oferecido um trabalho com autonomia. Um dos motivos pode ser uma vontade de experimentar, associada a uma maior motivação quando se inicia carreira numa nova empresa.

Acompanhar o desempenho e a evolução dos colaboradores.

Um software de Recursos Humanos permite acompanhar a evolução dos colaboradores, analisando o desempenho e se tarefas onde desfrutam de maior autonomia são as mais indicadas. A Sage oferece três versões adaptadas às necessidades de cada empresa, Sage PessoalPlus para pequenas empresas, Sage 100c Recursos Humanos para pequenas e médias empresas, e Sage X3 People para empresas que desejam desenvolver uma gestão global de Recursos Humanos. Descubram todas as opções que temos para auxiliar a gestão de colaboradores e aumentar a produtividade das vossas empresas.

 

 

 

 

 

Faturação

Inovação em pequenas empresas: 3 erros a evitar

A inovação é cada vez mais um elemento fundamental para que as empresas sejam bem sucedidas, criar um produto ou serviço que se destaque  no mercado e que atraia clientes.

A inovação pode tomar várias formas, desde um pequeno ajuste no processo, na abordagem do cliente ou a criação de um produto novo e único. Esse conceito torna-se ainda mais relevante quando falamos de pequenas empresas, que necessitam de encontrar formas para se diferenciar. Inovar faz sentido dentro de empresas que já estão implantadas, com uma base sólida, de outra forma a inovação não irá contribuir para um crescimento real.

Vamos falar de 3 erros comuns nas tentativas de inovação por pequenas empresas e que impedem a evolução do negócio.

Aguardar pelo momento certo.

Muitos gestores devotam esforços para implementar a inovação em pequenas empresas, mas acreditam que existe um momento certo para concretizar os seus planos. Existem períodos em que testar ideias novas é arriscado, períodos de crise ou em que a rentabilidade da empresa está ameaçada e uma mudança pode alienar clientes.

Não existem momentos perfeitos para arriscar, quase sempre existem discrepâncias entre os fatores internos e externos. Se os riscos forem menores, ou remediáveis, talvez seja a melhor hora para inovar.

Imitar as empresas grandes.

Procurar realizar o trabalho mais profissional possível,  transmitindo seriedade e aumentando a rentabilidade do negócio é importante,  mas existem limites para o que uma pequena empresa pode fazer. Os seus recursos são menores que os de uma multinacional e a busca pela inovação também implica investimento.

Frequentemente, as melhores ideias são as mais óbvias. Tenham em mente que inovar pode ter mais a ver com criar algo novo com menos, não com adicionar mais elementos ao processo.

Falsas inovações.

Por vezes as empresas pensam que para criar algo não é necessário entender o que já foi feito naquela área de mercado. É essencial conhecer bem o contexto, detetar problemas e perceber que necessidades existem onde é necessário inovar.

A inovação requer tempo, contar com um software eficiente permite uma gestão do dia à dia melhorada. Um software como Sage 50c permite resolver os problemas de faturação, com acesso móvel a partir de qualquer lugar, poupando tempo para a inovação.

Evitar estes 3 erros comuns, estruturar bem o empreendimento, poupar tempo com um software de confiança, são alguns passos necessários para que possam investir na inovação e alcançar o sucesso.

 

Faturação

Formas de potenciar a criatividade e aumentar a inovação

É conhecido o efeito do aborrecimento na criatividade, alguns testes demonstram que realizar tarefas repetitivas tem um efeito catalizador na criatividade. A criatividade é fundamental para a inovação e como tal este tema é relevante para as empresas que desejam ser competitivas.

Neste artigo vamos dar três sugestões de como criar a sensação de aborrecimento que potência a criatividade, aumentando a capacidade de inovar.

Evitar consultar o telemóvel.

Uma das formas passa por não utilizar o telemóvel ou outro equipamento digital, durante viagens ou outros momentos de pausa. É necessário criar um espaço, um vazio mental para que as ideias possam ocorrer.

88% dos participantes de uma experiência em que concordavam em não utilizar estes equipamentos em momentos de pausa, afirmaram terem ficado impressionados com os resultados e estarem a pensar em continuar. Fica a questão de se irão conseguir manter este hábito, consultar constantemente o telemóvel é quase uma adição e a diferentes plataforma estão empenhadas em terem a nossa atenção.

Apagar a aplicação preferida.

As aplicações consomem tempo valioso, em muitos caso não têm utilidade para o trabalho que realizamos, ocupam uma boa parte dos momentos de pausa. Em alguns caso pode passar por fazer uma gestão, em que apenas em alguns dias da semana terão acesso às aplicações, ou de uma forma mais brusca decidir apagar as que ocupam mais tempo.

Criar momentos no trabalho de isolamento.

Semelhante a quando estamos em período de férias, e enviamos uma resposta por e-mail de out-office, pode ser importante reservar um momento no dia em que colaboradores ou clientes, não devem esperar uma resposta imediata. Não é necessário que seja um período de tempo muito longo, pode ser apenas 20 minutos.

Neste período é possível pensar apenas num relatório ou projeto de forma criativa, sem interrupções constantes e sem preocupações com todos os e-mails e telefonemas a chegar constantemente.

Um software que poupe tempo.

Um software como Sage 50c é a solução de faturação mais eficiente e segura, com acesso móvel em qualquer lugar e indicada para pequenas empresas de todos os setores de atividade que não querem só fazer faturas. O acesso móvel permite poupar tempo, realizando tarefas a partir de qualquer sitio com acesso à internet.

É fundamental conseguir tempo para a criatividade, espaço mental que não esteja constantemente ocupado com trabalho, nem com distrações. Com todos os pedidos urgentes que nos rodeiam, não é fácil resistir a responder a estes estímulos e a confiar no poder de manter um certo vazio, em que confiamos apenas na nossa mente para nos entreter, mas este é um passo  essencial para a criatividade. Ao fim de algum tempo poderão observar que é mais fácil ter ideias, algumas delas mais originais, do que antes de alterarem a vossa rotina.