Browsing Tag

Eficiência

Faturação

6 Passos para adquirir novos hábitos

Adquirir novos hábitos pode ser quase instantâneo ou levar vários anos, depende geralmente da intensidade do sentimento associado ao desejo de mudança. Todos conhecemos exemplos de pessoas que nas suas vidas ou empresas, perante uma ameaça preocupante, fizeram transformações profundas e rápidas.

De acordo com peritos, levamos cerca de 21 dias para adquirirmos um hábito de complexidade mediana, como acordar cedo ou organizar melhor o trabalho, através da repetição a diária do comportamento que se quer adquirir.

Uma vez que tomada a decisão, é importante não ceder a hesitações na hora de concretizar, numa fase inicial não devem existir excepções. Num momento posterior, em que já faça parte da rotina e não implique um esforço tão acentuado, é razoável poder em algumas alturas fugir ao estabelecido.

Partilhar a decisão. 

Comunicar a sua decisão aos que lhes são próximos, é uma forma de ganhar empenho renovado. Não gostamos de admitir o fracasso em decisões, e as perguntas e incentivos, serão um precioso auxilio.

Visualizar a mudança.

É um truque usado há muito tempo, experimente visualizar-se a realizar o hábito que quer integrar no seu dia à dia. Com este exercício o inconsciente irá integrar mais rapidamente este novo comportamento.

Ter um Mantra.

Repetir uma frase que contenha a mudança desejada pode parecer ridículo mas há muito tempo que psicólogos e na área do coaching se utiliza esta técnica. A verdade é que tal como a visualização, repetir uma frase que relata a mudança que se deseja, é uma forma eficiente de incorporar o comportamento desejado.

Persistir em todos os momentos.

A mudança não acontece sem esforço, não devem desistir de praticar o comportamento até que este pareça tão natural. Apenas ao fim de algum tempo este deixa de parecer um esforço e começa a fazer parte do panorama mental.

Tempo para mudar.

Incorporar novos comportamentos, implicam tempo que por vezes parece ser escasso. Nem sempre uma melhor organização das nossas tarefas é suficiente para conseguirmos o tempo que nos faltava. É importante encontrar forma de poupar tempo e aproveitar as melhorias trazidas pela tecnologia, pode ser uma fas formas.

Uma empresa com um software de faturação como Sage 50c, permite ganhar tempo, é extremamente intuitivo e role oriented para que não percam tempo nas tarefas diárias.

Reconhecer o esforço.

Cada vez que pratica este novo comportamento ofereça a si próprio uma recompensa, reconheçam o esforço que estão a empreender para adquirir este novo hábito. Desta forma, o prazer da recompensa funciona como um reforço do novo hábito. 

BMS Gestão de Empresas

Pode a Microgestão ser uma forma de gestão construtiva?

O termo Microgestão é geralmente aplicado quando o gestor acompanha até o mais pequeno detalhe tudo o que acontece na empresa em vez de observar um quadro mais abrangente. É um termo visto como pejorativo  associado a lideres pouco eficazes obcecados por acompanhar todos os processos e incapazes de de tomar decisões importantes.

Embora este entendimento do termo possa ser quase sempre verdadeiro, a verdade que alguns lideres fazem um excelente trabalho enquanto acompanham de forma próxima todas as operações da empresa.

Acompanhar a empresa, confiar nos funcionários.

Tem de existir confiança sobre em relação aos funcionários mas no caso dos gestores de topo, é importante manterem-se a par, especialmente se o seu investiram muito no sucesso do negócio.

Quando aplicado corretamente micromanaging não é uma questão de estabelecer controlo total. Se comunicarem e entrevirem o tempo todos tomando decisões que cabiam aos colaboradores, estarão a comunicar que não têm confiança nas suas capacidades. Pode ser uma forma de demonstrar autoridade.

É por isso muito importante que desde o inicio comuniquem e demonstrem que não é o caso. Um software de ERP como Sage X3 permite acompanhar de forma próxima todos os processos da empresa, de uma forma natural.

Este software permite um acesso rápido a analise de custos e performance em cada etapa e a um escala global.  Podem acompanhar o progresso das tarefas sem contactarem diretamente com cada empregado , várias vezes por dia.

Comunicar corretamente de forma aberta com os vossos colaboradores, assegura que não estarão a desmoralizar a equipa ao exercer esta forma de gestão.

Beneficios do Micromanaging.

Os benefícios são vários, um deles é ter uma noção mais completa da sobrecarga de trabalho dos colaboradores, o que facilita uma mais eficaz distribuição de tarefas, quando a empresa recebe novos projetos.

Conseguir fazer perceber a cada colaborador qual o seu papel dentro da empresa, de que forma ajuda a empresa a atingir os seus objetivos.

Permite corrigir problemas numa fase inicial, antes que cresçam e se tornem mais difíceis de resolver ou causem prejuízos. No entanto evitem estar em evidência cada vez que algo corre mal, ou é necessária uma intervenção disciplinar e desta forma afastar uma imagem negativa.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Recursos Humanos

Trabalho de equipa: as novas tecnologias e o aumento da produtividade

A produtividade passa cada vez mais por uma melhor colaboração e trabalho de equipa. Já não podemos olhar a produtividade apenas a um nível individual, mas decorrente do efeito dos benefícios da tecnologia, da partilha de informações dentro das organizações.

Neste artigo vamos ver o impacto, desde as plataformas de produtividade às novas formas de colaborar.

O poder das equipas.

Alguns dos desafios enfrentados pelas empresas são tão complexos que a sua resolução é atribuída a equipas, e se a organização em causa ainda não coloca os colaboradores como uma prioridade, o resultado será dificilmente positivo.

Elementos como a a diversidade, distribuição, fusos horários ou diferenças culturais, dificultam o trabalho das equipas. A própria competição entre talentos dentro de uma empresa, por vezes minam a colaboração.

No principio da transformação da comunicação.

Se o correio eletrónico veio transformar completamente a forma como comunicamos e trabalhamos, o futuro da colaboração e comunicação empresarial encaminha-se para reunir em apenas um lugar toda a comunicação, com chat, escrita de documentos, edição online, de certa forma eliminando a necessidade de escrever longo e-mails.

Comunicação visual ganha espaço.

O video começa a ganhar espaço no local de trabalho, video conferências tornaram-se uma forma de reunir equipas rapidamente, por vezes com colaboradores espalhados em pontos distintos do globo. Ganha importância quer a nível interno, quer a nível externo em grandes e pequenas empresas. Aumentam a produtividade e eficiência, eliminando reuniões longas e desnecessárias.

A comunicação informal ganha terreno.

A comunicação informal começa a ultrapassar o software geralmente utilizado em project management, o que irá conduzir inicialmente a alguma desorganização e num segundo momento conduzindo a novas formas de sinalizar projetos e instrumentos que facilitem a organização no meio destas novas formas de comunicação.

Equipas e tecnologia.

Basta olharmos para a transformação que o IPhone trouxe para percebermos que as alterações vão continuar. É certo que terão uma maior componente visual, reunindo virtualmente equipas no mesmo espaço e utilizando a inteligência artificial.

Neste momento gerir equipas passa por contar com um software de Recursos Humanos, que permita reunir toda a informação sobre os colaboradores da empresa, incluindo sobre os trabalhadores independentes. Com diferentes software adaptados às necessidades das empresas, esta é a tendência incontornável no presente, para uma gestão que se deseja eficaz.

Contabilidade

O Zodiaco dos Contabilistas – segunda parte

A semana passada publicámos o inicio deste artigo, acompanhando as características dos signos e o seu efeito nos contabilistas. Descobrimos que a Contabilidade pode ser um assunto sério mas os Contabilistas são muito diferentes entre si.

Os Escorpiões são apaixonados e assertivos. São determinados e procuram a verdade com empenho. Nascidos entre 23 de outubro e 21 de novembro, são bons lideres, atentos ao que se passa e capazes de encontrar soluções engenhosas. Vivem para experimentar e expressar emoções, mas embora as emoções sejam muito importantes, podem contar que irão sempre guardar segredos.

Curioso e dinâmico, o contabilista Sagitário é um viajante nato. Abertura de espirito e visão filosófica perante a vida, motiva-os a procurarem um sentido mais lato para vida nas suas viagens. Nascidos entre 22 de novembro e 21 de dezembro, são extrovertidos e otimistas, procuram abraçar a mudança. Transformam os seus pensamentos em ações com tenacidade.

Os Capricórnios, representam a responsabilidade e seriedade. São contabilistas bastante tradicionais e sérios por natureza. São bastante independentes tanto a nível da sua vida privada, como no trabalho. Nascidos entre 22 de dezembro e 19 de janeiro, são mestres de autocontrolo e bons a gerir outras pessoas. Aprendem com os erros e quando bem-sucedidos devem-no ao seu empenho e experiência.

Aquário são seres em geral tímidos e sossegados, mas também excêntricos e cheios de energia. Pensam sobre os temas com profundidade em geral têm um nível intelectual elevado, adoram ajudar os outros. Conseguem olhar para os outros sem preconceitos, vendo os vários lados das questões e conseguindo ser muito bons a gerir conflitos. Nascidos entre 20 de janeiro e 18 de fevereiro, precisam de passar algum tempo a sós para se equilibrarem.

O signo Peixes são contabilistas bastante amigáveis e conseguem ter amizades com pessoas muito diversas. Generosos, sempre dispostos a ajudar os outros sem esperarem nada de volta. Nascidos entre 19 de Fevereiro e 20 de março, são caraterizados por serem empáticos e se expressarem de forma emotiva. Grande capacidade para perdoar e mais tolerantes que a maioria dos signos.

Carneiro, como o primeiro signo do zodíaco, marcam o começo de tudo de forma energética e turbulenta. Procuram constantemente competição e querem ser sempre os primeiros em tudo, seja trabalho ou competição. Nascidos entre 21 de março e 19 de abril, são dos signos mais ativos e está na sua natureza tomar ação, por vezes antes de terem considerado todas as consequências.

E terminamos com o signo Touro, prático e com os pés bem firmes. Necessita de estar sempre rodeados por coisas belas e apetitosas. Estável e conservador, os nascidos entre 20 de abril e 20 de maio, são um dos signos mais confiáveis. Não desistem das suas convicções até alcançarem os seus objetivos.

Os contabilistas são um grupo muito diverso de pessoas e como sabemos a diversidade cria oportunidades. O Sage for Accountants é um sistema criado especificamente para responder às necessidades mais diversas na área da contabilidade com poupança de tempo e aumento da eficiência.

 

 

 

 

 

BMS Gestão de Empresas

Mulheres empreendedoras: mudar de vida, mudar o mundo

Para alguns profissionais a dada altura coloca-se a questão de seguir num mesmo caminho profissional, bem sucedido mas previsível ou embarcar numa aventura, numa mudança de carreira.

Existem estudos que demonstram claramente que mesmo que seja uma diferença cultural, as mulheres doam mais o seu tempo para voluntariado e são também mais generosas nas doações financeiras. Neste artigo vamos falar brevemente de mulheres que deixaram carreiras de sucesso para se dedicarem a trabalhar em organizações não governamentais, conduzidas por um espirito de missão.

Trabalhar numa Organização Não Governamental.

Wendy Foster tornou-se Ceo da Big Brothers Big Sister of Massachusetts, depois de uma carreira no mundo da edição. cedo se apercebeu que trabalhar numa ONG era batalhar de forma mais dura por recursos. A competição entre ONGs é elevada e os recursos mais escassos do que quando se procura financiamento para um projeto puramente comercial.

É uma grande oportunidade ao se competir por uma marca, evidenciando o impacto que ela tem na sociedade para conseguir atrair apoio. neste caso, uma organização que procurava fazer um trabalho de acompanhamento de jovens, através de mentores que os aconselhavam.

Recordar o motivo da mudança nos momentos difíceis.

Perante as dificuldades é fundamental não perder de vista os motivos que levaram a uma mudança de carreira, o desejo de ser parte de uma mudança no mundo e ter um impacto real na vida das comunidades. De certa forma procurar devolver á sociedade com gratidão, toda a boa sorte e sucesso.

Continuar a aplicar o conhecimento empresarial.

As diferenças entre uma ONG e uma empresa são pequenas, mas o envolvimento emocional leva que seja mais difícil manter um equilíbrio. É fundamental não deixar que o lado emocional ocupe todo o espaço, procurando aplicar a aprendizagem realizada ao longo da carreira e não esquecendo o papel da tecnologia no sucesso de qualquer empreendimento.

Gerir com apoio de software adaptado.

Na maioria dos casos uma ONG tem uma escala entre a pequena e média empresa, existindo alguns casos como a UNICEF em que são apenas comparáveis a grandes empresas. Como em qualquer empreendimento comercial é fundamental contar com o apoio da tecnologia para bem gerir.

Convêm lembrar que há uma equipa de colaboradores para gerir, faturação de produtos para angariar financiamento e outras tarefas, pelo que um software integrado pode ser a melhor opção.