Browsing Tag

Fluxo de Caixa

Sage One

A melhor forma de gerir o vosso fluxo de caixa 

Todos conhecemos o sonho da start-up ideal, que, com uma ideia genial, se torna a líder de uma nova área de mercado. No entanto, este nem é sempre o caso. Infelizmente, muitas start-ups esgotam o seu financiamento. Para que o vosso negócio tenha sucesso precisam de planeamento estratégico de fluxo de caixa, para além da vossa ideia inovadora.

A tecnologia financeira, ou fintech, já traz a qualquer negócio atual os benefícios de automatizar muitos processos demorados, ao dispensar especialistas dispendiosos e mecanizar os relatórios de fluxo de caixa. Hoje vamos explorar outros quatro ângulos a considerar, ao gerir o vosso fluxo de caixa.

  1. Conheçam o vosso cliente

Tanto negócios como B2B (Business to Business, ou seja, Negócio vendendo a Negócio) ou como B2C (Business to Client, ou seja, Negócio vendendo a Cliente), devem investir na identificação dos seus clientes. Devem identificar os clientes pagantes e os não pagantes. No caso de B2B, considerarem investir no tipo de plataformas que identificam clientes com crédito de risco.

  1. Faturação à hora certa

Apesar do ideal empresarial ser um pagamento imediato, muitas vezes, é preciso oferecer condições de pagamentos adequadas às necessidades do cliente. Para isso, facilitem o pagamento, com várias opções que ajudem a uma compra rápida e simples. Eliminem métodos de pagamento antiquadas, como cheques, e adotem a faturação digital. Optem por Sage One, para lançarem a faturação certificada do vosso novo negócio. Beneficiem de total acessibilidade à plataforma online e dediquem mais tempo à vossa especialidade!

No caso de pagamentos em atraso, considerem uma solução de gestão de devedores para automatizar o lançamento de lembretes de pagamento. Por fim, equacionem descontos no caso de pagamentos antecipados e depósitos no caso de grandes encomendas, para cobrir o custo de produção.

  1. Prever o futuro do vosso fluxo de caixa

A adoção de um sistema de contabilidade na Cloud possibilita um seguimento da performance do vosso negócio. Esse conhecimento da realidade das vossas finanças facilita a criação de planos futuros, que podem facilitar a negociação de termos de vendas com novos clientes.

  1. Considerar financiamento alternativo

O financiamento certo para o vosso negócio é aquele que responde às vossas necessidades, de acordo com a vossa maturidade e possibilidade de pagamento. Existem opções de invoice finance, que vos permitem receber antecipadamente pagamentos já faturados, peer-to-peer lending, que vos permite receber empréstimos dos vossos pares, crowdfunding, que assegura o pagamento dos vossos clientes futuros com campanhas online, e bolsas que, apesar de raras, tendem a adequar-se a negócios de inovação e preservação. Devem escolher a solução que mais se adapte ao perfil do vosso negócio.

 

Sage Faturação

Como faturar de forma inteligente e aumentar o vosso fluxo de caixa

Todos os negócios começam com um entusiasmo pela existência de clientes dispostos a pagar pelo nosso serviço. Nem sempre prevemos as demoras que a faturação pode levar ou as dificuldades que se podem levantar. Muito rapidamente, pode ser o vosso fluxo de caixa a sofrer. Vamos descobrir como fazer a faturação mais inteligente.

  1. Deixem claras as condições antes de aceitarem o trabalho

Idealmente, antes de aceitarem qualquer trabalho, devem ter estabelecidos os vossos termos e condições. Esclareçam o formato e tipos de pagamentos e a data em que devem ser efetuados, assim como benefícios para pagamentos antecipados e multas para pagamentos atrasados. Estabeleçam normas de que todos tenham conhecimento.

  1. Encurtem os vossos prazos de pagamento

Os pagamentos estendidos a 30 dias são hábitos da época em que eram feitos através de cheques. Com o advento dos pagamentos eletrónicos, o prazo de 30 dias também se tornou obsoleto. Para negócios na indústria dos serviços, pagamentos com prazos de sete dias são comuns. Considerem como exceção à regra os clientes do Estado, pois os pagamentos podem exigir mais burocracia.

  1. Descubram o melhor momento para cobrar

O pagamento ideal é imediato mas, infelizmente, nem sempre acontece. Há estudos que revelam que apenas 18% de faturas são pagas quando ultrapassam os 90 dias após o envio. Há que usar a vossa astúcia. Optem por faturar os vossos clientes ao fim-de-semana, quando recebem menos e-mails; enviem faturas em fornadas pois é mais prático; durante a semana, os momentos ideais para faturar são antes e depois da hora de almoço de terça-feira.

No entanto, o melhor momento para faturar os vossos clientes pode ser indicado pelos próprios; indaguem sobre o seu ciclo de pagamentos para coincidir com a altura em que faturam.

  1. Não permitam crédito

Caso seja necessário, peçam depósitos ao cliente para poderem pagar ao intermediário de cujo trabalho precisam terminar o vosso. Mas não financiem despensas que são da responsabilidade do cliente.

  1. Automatizem ao máximo

Optem por soluções de faturação Sage que vos trarão segurança e automatização. Agilizem a faturação, além da gestão de stock e orçamentos. Por um período limitado de tempo, aproveitem os descontos neste tipo de serviços!

 

Gestão de Empresas Sage Enterprise Management

Fluxo de caixa: como crescer?

Entre os muitos desafios que um empresário enfrenta, a grande maioria cita o fluxo de caixa como o maior obstáculo na gestão de uma empresa bem-sucedida. O fluxo de capital num negócio é uma inevitável parte da operação: existem estratégias para se prepararem para dificuldades neste campo.

Qual o maior problema com o fluxo de caixa?

  • É frequente nas pequenas e médias empresas não monitorizar diariamente os valores a receber e a pagar. Ou seja, há um grande foco nas vendas (e nas despesas) e, por vezes, os recebimentos (ou aos prazos de recebimento) são deixados para segundo plano. É muito importante conseguir crescimento nas vendas e prestação de serviços para fazer face às despesas da empresa e crescer, mas também é importante controlar o recebimento dos clientes (controlar os prazos de recebimento) de modo a cumprir todas as obrigações.

O que fazer em relação a isso?                         

  • Definir prazos de recebimento das vendas aos seus clientes e monitorizar os resultados periodicamente.
  • Definir benefícios aos clientes que efetuam compras a pronto pagamento.
  • Utilizar um software integrado de gestão (ou ERP) que facilita o dia-a-dia dos empresários na gestão de tesouraria das suas empresas. Parametrizando o ERP à realidade de cada empresa, criando várias categorias de despesas/pagamentos e receitas/recebimentos, definindo os prazos de pagamento por tipo de clientes, criando alertas de proximidade para prazo de recebimento e pagamento e de incumprimento, bem como o bloqueio de conta por incumprimento. Tudo isto facilitará a gestão da tesouraria dos empresários, e o Sage 100cloud é uma excelente opção. Sendo que algumas das funcionalidades da ferramenta são a execução, controlo e gestão de todos os processos da empresa – desde as compras à produção, gestão de stock, vendas, assistência ao cliente, até às finanças.
  • Outra opção é a contratação de um serviço de factoring. Factoring é uma atividade que consiste na cedência dos créditos comerciais de curto prazo por parte de uma empresa (Aderente), a uma instituição financeira (Factor) referente às vendas a crédito de bens e/ou serviços efetuadas aos seus clientes (Devedores).

As pequenas e médias empresas são o motor que alimenta a economia e um ambiente com limitações ao financiamento complica a obtenção de capital. Considerando isto e tendo em conta que é o fluxo de caixa um dos pilares do sucesso das pequenas e médias empresas, é vital que os empresários se munam de ferramentas que ajudem a manter as contas em ordem, o fluxo de caixa atualizado e as possibilidades de financiamento em aberto: tudo pelo crescimento dos vossos negócios!