Browsing Tag

Liderança

Gestão de Empresas Sage Enterprise Management

Liderança: aprenda a tomar decisões de forma mais eficaz

Fazer escolhas faz parte de ser adulto, mas nem sempre é fácil tomar decisões que afetam os outros. Ocupar uma posição de liderança implica aprender a lidar com sentimentos de culpa ou de generosidade, que surgem no decorrer da tomada de decisão.

Um novo estudo da Universidade de Ohio sugere uma abordagem que permitirá minimizar sentimentos negativos associados à tomada de decisão.

Um quadro mental favorável à tomada de decisão

De acordo com um estudo levado a cabo pelo investigador Paul Stillman, existe geralmente um conflito entre o que parece ser a melhor decisão e a decisão que mais nos favorece. A melhor decisão é aquela que contempla um quadro lato de informação, com um resultado que beneficia os envolvidos.

No estudo, envolvendo 100 alunos, foi pedido que tomassem decisões tendo por base dois quadros diferenciados. Numa das experiências, solicitou-se aos alunos que tomassem decisões baseadas em dados mais imediatos e, numa segunda experiência, foi-lhes pedido que decidissem tendo em conta uma visão global. Deveriam procurar formas de aumentar um investimento e de o dividir de forma equilibrada pelo grupo.

As decisões que visavam o bem-estar comum, num quadro geral, também eram as que beneficiavam mais o decisor.

Passar da experiência à aplicação nas empresas

O passo seguinte é: como implementar esta forma de tomar decisões dentro de uma empresa? Quase sempre as escolhas são feitas com pouco tempo e escassez de dados.

Contar com um software de ERP também pode ajudar na tomada de decisão. O acesso a relatórios de gestão permite obter dados atualizados constantemente. Sage ERP tem várias opções adaptadas às diferentes dimensões das empresas.

É necessário criar algum distanciamento em relação ao problema, como se fosse algo que se observa ao longe. Quanto maior o afastamento, mais fácil será a tomada de decisão, conseguido uma opção equilibrada que beneficie todos os envolvidos (incluindo o próprio). Uma das formas de criar este espaço é imaginar que se trata de um problema de outra pessoa, sobre o qual nos foi pedido conselho.

Em conclusão:

Tomar decisões de forma equilibrada permite diminuir a ansiedade associada à tarefa decisória. Melhore a sua liderança, decida com uma postura de distanciamento e tendo por base dados quantitativos fornecidos por um software de confiança.

 

 

 

 

 

 

 

Gestão de Empresas Sage Enterprise Management

5 Formas de tornar os colaboradores mais produtivos

Uma das maiores responsabilidades dos gestores é a de inspirar os colaboradores a darem o seu melhor. Assegurando maior produtividade e eficiência, mas também tornando-os mais felizes com o seu trabalho.

É difícil encontrar um equilíbrio entre acompanhar os colaboradores e encontrar o tempo para realizar as próprias tarefas. No artigo de hoje, vamos abordar algumas técnicas que serão úteis na motivação dos colaboradores, levando a vossa liderança a um nível superior.

 Autenticidade.

De nada serve tentar manter uma imagem artificial, só porque parece mais apelativa que aquela que realmente temos. Um dos elementos importantes para manter a confiança dos colaboradores é uma imagem e atitude que demonstrem estabilidade. Procurem ser autênticos e transmitir consistência nos valores que defendem.

 Cultura de transparência.

A admissão de um erro é essencial para a construção de uma cultura de transparência, em que todos procuram dar o seu contributo para o sucesso da empresa.

Há quem defenda que um verdadeiro líder não deve demonstrar que se enganou, nem assumir erros cometidos. Reconhecer um erro implica coragem, e é necessário reconhecer as falhas para a construção de um ambiente de constante aprendizagem no trabalho.

 Conhecer cada colaborador.

É necessário um esforço de memória com vista a conhecer os colaboradores e associar dados, como os nomes dos seus cônjuges ou filhos. Estes pormenores demonstram atenção e empatia, e ajudam a criar um elo de ligação. Conhecer cada trabalhador permite entender que tipo de motivação necessitam para progredir.

 Avaliar um bom trabalho.

Acompanhar a evolução dos colaboradores e mostrar reconhecimento por um bom trabalho é algo que, muitas vezes, não acontece nas empresas. Esta distinção é uma forma de manter os níveis de motivação altos, conseguindo equipas mais estáveis com menos desistências.

 A melhor tecnologia.

É frequente passarmos horas a realizar tarefas que poderiam estar automatizadas com o auxílio de um software. Com Sage ERP, aumente a produtividade da sua empresa e liberte os colaboradores das tarefas mais monótonas. Acompanhem a evolução dos vários índices de produtividade através de relatórios de gestão de fácil leitura.

Em conclusão.

Estes cinco conselhos simples serão de um grande auxílio à construção de uma liderança motivadora, para que, em conjunto, consigam atingir melhores resultados para a empresa.

 

 

Gestão de Empresas Sage Enterprise Management

Erros comuns entre gestores jovens

É natural que a falta de experiência leve a cometer alguns erros, sendo que a melhor forma de evitar a maioria das falhas pode ser alcançada mantendo uma mente aberta e uma postura modesta.

Sempre que cheguem a uma posição de liderança, avaliem de forma introspetiva quais os vossos pontos fortes e quais as áreas que necessitam de ser melhoradas e fortalecidas. Neste artigo, vamos ver alguns dos erros mais comuns que devem evitar.

A importância da formação.

É fácil pensar que bastam as regulamentares duas a três semanas de formação para que os colaboradores tenham a necessária preparação para acompanhar a atividade e evolução da empresa.

Na verdade, a formação deve ser pensada e planeada a longo prazo, no decurso do qual é dado feedback à equipa. É essencial oferecer a oportunidade aos colaboradores para concretizarem o seu pleno potencial e adquirirem novas competências necessárias à empresa.

A contratação.

A contratação é das tarefas mais importantes, pois trata-se de encontrar as pessoas certas para as tarefas e ajudá-las a comunicar entre si. Um dos erros mais comuns acontece quando, para cumprir um prazo, se contrata alguém que não preenche os requisitos necessários.

É importante trabalhar em conjunto com o departamento de recursos humanos ou com empresas externas de contratação de forma a conseguirem recrutar os melhores profissionais na área.

Delegar tarefas.

É comum que líderes menos experientes sintam que têm de controlar todos os processos e assumir a direção de projetos que consideram demasiado complexos para serem entregues a alguém da equipa.

Embora seja importante conhecer os pontos fortes dos elementos da equipa, também é fundamental dar-lhes a oportunidade de crescer, entregando-lhes projetos que constituam um desafio. Será preferível delegar e acompanhar, dando o devido feedback de forma a que possam melhorar.

Um software de ERP Sage permite gerir vendas, compras, stocks e os recursos humanos de forma eficiente. Acompanhe a evolução da empresa e o desenvolvimento dos projetos com um software simples de implementar.

Negligenciar o próprio desenvolvimento.

 Pode parecer extremamente difícil encontrar tempo para o desenvolvimento pessoal, mas continuar a receber formação é a única forma de progredir – melhorar a capacidade de liderança e desenvolver novas competências.

Definam objetivos de desenvolvimento e um plano de evolução para atingirem essas metas.

Equilíbrio entre a vida privada e pessoal.

Novas responsabilidades obrigam a um tempo superior de trabalho. A organização anterior da vossa vida privada será necessariamente afetada. É imprescindível uma reorganização que permita terem mais tempo para os colaboradores que irão liderar e, em simultâneo, manterem um espaço de recolhimento para recarregar energias.

 

 

 

 

 

 

 

Gestão de Empresas Sage Enterprise Management

Como assumir um discurso mais confiante

Ter boas qualidades de comunicação permite aumentar a capacidade de liderança. Permite motivar de forma mais eficaz a equipa, criando uma cultura de abertura e de circulação de ideias.

Existem hábitos diários ao nível da linguagem que têm um impacto negativo nas relações de trabalho.

Recusar projetos.

Quando recusarem um projeto, tenham atenção à linguagem utilizada. É importante ser claro na recusa, sem deixar espaço a interpretações, como acontece quando evitamos dizer “não” claramente e utilizamos expressões como “não consigo”.

É preferível usar a fórmula “não quero/não posso”. A expressão “não consigo” reflete uma limitação, enquanto “não quero/não posso“ sublinha uma escolha. É importante ser claro e afirmativo na argumentação, pois isso reforça o valor pessoal e do negócio.

Pedidos de desculpa exagerados.

A tradição de pedir desculpa por uma resposta de e-mail atrasada está a ser levada ao extremo, com pedidos de desculpas a serem enviados em e-mails de resposta, apesar de esta seguir no próprio dia.

Em vez de se desculparem, agradeçam a paciência do interlocutor e, se considerarem importante, apresentem uma justificação. Esta pequena alteração permite transmitir uma postura de maior segurança.

Estar focado.

Em vez de comunicar que estamos ocupados e que, por esse motivo, não podemos tratar daquele assunto em particular, devemos declarar ou salientar quais são as nossas prioridades.

Em vez de demonstrarmos insuficiência na gestão de tempo e tarefas, devemos de forma segura afirmar que a tarefa proposta terá de esperar, porque temos em mãos outros assuntos prioritários.

Um ERP

Ter acesso a informação sobre a empresa e acompanhar os vários processos permite gerar uma maior confiança, designadamente com a personalização dos mapas financeiros e o acesso a relatórios de gestão. Tenham mais segurança nas vossas decisões, acompanhando a evolução da informação dia a dia com um software de ERP.

A linguagem é determinante na forma como os outros nos perspetivam. Pequenas mudanças podem ter um grande impacto junto daqueles que trabalham ao vosso lado. Lembrem-se que a liderança é algo que pode ser construído.

 

Gestão de Empresas Sage Enterprise Management

Ser um líder exemplar: cinco pontos a ter em conta

Ser um bom líder significa manter uma postura ética inatacável, estando à altura dos desafios que surgem. No artigo de hoje, vamos ver alguns dos pontos mais importantes para se tornarem exemplos de liderança.

Conhecer bem a equipa.

Importa conseguir ter um relacionamento equilibrado com toda a equipa, atendendo às diferenças de personalidade de cada elemento. Um colaborador tem características únicas e é importante que as críticas e os elogios sejam transmitidos de forma adequada ao seu perfil.

Coerência.

Um líder deve ser um exemplo de coerência entre as suas ações e o seu discurso. Apenas desta forma será possível ter a autoridade moral para exigir a mesma postura aos seus funcionários.

Partilhar conhecimento.

A partilha de informação relevante com os colaboradores transmite um sinal de segurança. Tentem criar um canal de comunicação sempre aberto a sugestões, troca de ideias e esclarecimento de dúvidas.

Em períodos de mudança, no seio das empresas surgem muitas vezes rumores que afetam um bom ambiente de trabalho. Devem por isso manter abertura para dissipar dúvidas e, sempre que necessário, partilhar informações que venham tranquilizar as equipas.

Investir na formação.

O desenvolvimento profissional da equipa é fundamental para a sua motivação. Um líder deve apostar na formação e acompanhar o progresso de novas competências dos colaboradores. É essencial que as empresas tentem reter os maiores talentos das suas equipas e, para tanto, a oferta de uma formação de qualidade é um fator relevante.

Os colaboradores sentem-se apreciados e, ao mesmo tempo, registam e valorizam o investimento que a empresa está a fazer no seu desenvolvimento profissional.

Um software de Enterprise Management.

Um ERP permite uma visão global da empresa através de relatórios sobre as várias áreas e correlacionando dados importantes.

Em conclusão:

A falta de tempo e a pressão levam a que alguns empreendedores esqueçam um ponto essencial: a boa liderança e a motivação são fundamentais para o sucesso de qualquer empresa e não devem ser colocadas em segundo plano.