Browsing Tag

Liderança

Sage Enterprise Management

Lições para líderes

A semana ainda vai a meio e já passarem pelas vossas mãos tantas decisões. Como decidir o rumo do resto da semana? Vamos explorar alguns conselhos para líderes.

Dizer que não

No mundo atual, está-se sempre a iniciar algum movimento tecnológico, estratégico ou, simplesmente, buzz. As oportunidades abundam e parece que vivemos num constante medo de aderir ou perder o comboio da inovação. No entanto, enquanto líderes do vosso negócio, devem considerar cada opção com tempo. Analisem tudo com o vosso plano de estratégia em mente e não hesitem em testar a proposta para compreenderem os resultados. Respeitem os momentos de criação mas também os momentos de concentração, em que se dedicam a concretizar o vosso plano.

Valorizar o vosso tempo

Enquanto líderes, a vossa agenda tende a estar preenchida. Mesmo que equipas diferentes compitam pela vossa atenção, cumpram o tempo de descanso que surge na vossa agenda – pois também deve ser contabilizado. Reconheçam aquilo que devem desenvolver no vosso próprio espaço e tempo pessoal, para que possam sempre liderar com todo o vosso espírito.

Permitir que as pessoas à vossa volta cresçam

Esforcem-se por criar uma estrutura de negócio e comunicação que convide a uma circulação de feedback honesta e oportuna. O vosso papel enquanto líderes é gerar entusiasmo, inspirar e oferecer as melhores oportunidades para que os vossos colaboradores possam crescer dentro da empresa. Por isso, devem manter uma comunicação constante e criar um ambiente em que todos possam aprender novas competências e aumentar o seu valor pessoal.

Delegar o trabalho de hoje para se focarem no trabalho de amanhã

O sucesso do vosso negócio deve-se ao vosso esforço, assim como ao esforço dos vossos colaboradores. A partilha de “carga” e de trabalho é a forma mais eficaz de chegarem aos vossos objetivos. Ao delegarem o trabalho planeado para o dia de hoje, podem investir na planificação de um futuro sustentável e de uma estratégia eficaz para a vossa empresa.

Optem por uma solução de gestão una que se adapte ao crescimento do vosso negócio. As soluções de Enterprise Management da Sage permitirão passar o futuro do vosso negócio para Cloud e ganhar controlo de todos  os processos empresariais.

 

Sage Enterprise Management

Prontos para otimizar a vossa vida apressada?

Todos os profissionais de alto desempenho sonham com o dia de mais de 24 horas! No entanto, sabemos que excesso de trabalho pode levar a esgotamentos e é preferível manter-se um estilo de vida saudável, tanto no âmbito pessoal, como no vosso negócio. Vamos explorar quatro formas de otimizar os vossos hábitos.

Robin Connelley e John Stanton são dois investidores que decidiram lançar Chōsen Experiences, um negócio de otimização de estilo de vida, após lidarem com esgotamentos devido a excesso de trabalho. Aqui temos os seus conselhos para uma vida mais plena.

Respeitar os vossos próprios valores

Comecem por dedicar algum tempo a determinar as vossas prioridades. Observem a vossa relação convosco mesmos, com os outros à vossa volta – estão a respeitar os princípios pelos quais se querem reger? Desenhem uma abordagem que vos permita viver esses valores a tempo inteiro. Definam os objetivos que vão guiar o vosso futuro nas áreas mais importantes, saúde física e mental, relações pessoais, crescimento pessoal, para além da carreira. Quem estrutura a própria vida com respeito pelas próprias vontades é mais feliz, mais saudável e tem uma melhor performance no dia-a-dia laboral.

Ouvir o vosso corpo

Assim que acordem, antes de ligarem o vosso smartphone, dediquem-se a uma tarefa mais íntima. Apreciem todas as sensações do vosso corpo, o que querem dizer e considerem como devem agir em relação às mesmas ao longo do dia. Talvez precisem de uma grande sessão de treino, uma caminhada, uma ida ao fisioterapeuta ou alguma alteração na vossa alimentação. Esse compromisso em respeitar o vosso corpo terá um grande impacto no vosso dia, aumentando a vossa produtividade.

Ouvir as vossas emoções

“Presença, Propósito e Intenção” é a abordagem recomendada no dia-a-dia. Reconheçam o presente e mantenham-se focados apenas nele. Quer seja uma reunião de trabalho, uma festa de anos ou um momento de relaxamento, estabeleçam um propósito para cada momento e respeitem-no. Desta forma, mantêm-se presentes no momento e a honrar a vossa intenção para cada momento do dia. Esta ação interior pode até ser aplicada no âmbito de trabalho, para que qualquer ângulo de comunicação do vosso negócio respeite os vossos valores e missão.

Criar relações fortes com a vossa comunidade

A vossa comunidade reflete-se mais na vossa vida do que, por vezes, parece. Pessoas saudáveis, conscientes dos seus valores e emoções, são pessoas com quem conseguem trocar e testar ideias, partilhar perspetivas. Assim que nos abrimos a considerar aquilo que se passa para lá da nossa experiência, estamos no bom caminho para criar mudança no mundo.

Aplique os princípios de um estilo de vida interior saudável com a Sage X3 People. Promovam os Recursos Humanos do vosso negócio com gestão de formação, de carreias e também administrativa e de salários.

 

Gestão de Empresas

6 hábitos de líder

A liderança de um negócio pode ser um local solitário. Enquanto chefia, as vossas decisões dirigem toda a vossa empresa e colaboradores. No entanto, não percam de vista todas as formas como podem evoluir de uma forma pessoal, para também beneficiarem o vosso negócio. Aqui temos seis hábitos de líderes de sucesso!

  1. Estabelecer objetivos

Um líder é responsável por determinar metas e confirmar que se mantêm no caminho certo. Muitos líderes preferem acordar um pouco mais cedo para aproveitarem algum tempo livre e delinear o plano diário. Com objetivos estabelecidos, é mais fácil prioritizar o dia para os atingir.

  1. Delegar

Líderes nunca podem ser autossuficientes. Os melhores líderes reconhecem o trabalho árduo das suas equipas e dedicam o seu tempo a possibilitar o melhor ambiente e as melhores ferramentas de trabalho. Assim, uma equipa em quem confiam será uma equipa à qual poderão delegar funções e tarefas, uma vez que todos trabalham para o mesmo propósito. O intuito é chegar da forma mais rápida e eficiente aos objetivos.

  1. Encorajar

Os líderes mais respeitados dedicam-se aos seus próprios colaboradores – a melhorar o seu ambiente de trabalho, a providenciar formação adicional ou apoio individual, por exemplo. Colaboradores encorajados e acarinhados demonstram ter uma maior produtividade e inovação a longo prazo.

  1. Analisar o próprio progresso

Independentemente do tipo de negócio, qualquer líder precisa de se manter atualizado e, por isso, deve também manter uma autoavaliação do seu progresso. Analisem os objetivos que estabeleceram na vossa empresa e formas de agilizar processos para que o crescimento seja constante.

Escolham uma solução Sage Gestão para uma organização integrada dos vários setores da vossa empresa. Assegurem uma visão transversal dos processos do vosso negócio e possibilitem acessibilidade em qualquer lugar.

  1. Aprender algo novo

Líderes nunca param de aprender! Mantenham-se atualizados diariamente, desde a espuma dos dias às novidades da vossa indústria, para que se possam adaptar a qualquer mudança ou revés que surja, além de angariarem ideias inovadoras para o futuro.

  1. Aprender com os erros

Encontrarão entraves na história da vossa empresa e terão a vossa quota-parte de erros. No entanto, estes desafios devem fortalecer o espírito empreendedor do vosso negócio. Aprendam as lições vindas desses passos em falso para que, no futuro, possam fazer as melhores decisões.

 

Gestão de Pessoas Sage Enterprise Management

Como gerir uma equipa passivo-agressiva

Há dias de trabalho que antecipamos que sejam calmos mas nos surpreendem. A vossa equipa deveria ser apresentar resultados, como acordado, mas não estão a responsabilizar-se pelo projeto. As suas ações não coincidem com o seu discurso, ou seja, a descrição clássica de comportamento passivo-agresssivo.

Estejam atentos às seguintes atitudes: sabotagem dos esforços do outro; procrastinação; entrega de trabalho medíocre; desvalorização de urgência do trabalho; falta de compromisso; queixas ou distribuição não fundamentada de culpa.

Lidar com este tipo de equipas é desafiante. Este tipo de situações exigem um tratamento direto e aqui temos algumas ações a tomar.

  1. Olhem-se no espelho

Deem um passo atrás para compreender e analisem o vosso comportamento, como gestores. Comecem com um momento de introspeção. Analisem como podem ter contribuído para o comportamento negativo da vossa equipa.

  1. Criem um ambiente seguro

Quando as pessoas sentem que não podem expressar os seus sentimentos e pensamentos, tendem a conter emoções – impactando as suas ações ou inações. Garantam um ambiente de trabalho seguro, em que os vossos colaboradores se sintam confortáveis.

  1. Ouçam os vossos colaboradores

A passivo-agressividade pode nascer em colaboradores que não sejam consultados. Comunicação direta com a vossa equipa deve dar-vos uma noção clara daquilo que contribuiu para a vossa situação. Não devemos esquecer que sentir que a sua própria voz é ouvida contribui para um compromisso maior.

  1. Comuniquem o porquê, além do quê

Normalmente, a comunicação de objetivos nunca falha. No entanto, nem todos os gestores comunicam bem as razões por detrás de projetos. A realidade é que, quando os colaboradores reconhecem as razões por que um plano é importante, conseguem investir-se de corpo e alma.

  1. Giram expetativas

Disparidade de expetativas pode também ser causa de passivo-agressividade. Quando a informação não flui corretamente e as expetativas não são bem delineadas para cada colaborador, torna-se difícil de atingir um objetivo desfocado. Criem um ambiente em que se possa sempre clarificar e negociar expetativas de trabalho.

  1. Giram comportamento negativo

Comportamento passivo-agressivo pode acontecer tanto ao nível de equipa, como individualmente. Este tipo de atitude tem de ser apontada e, os autores, responsabilizados. Os gestores não podem ceder à passividade, pois têm que impor consequências caso as expetativas não sejam cumpridas.

  1. Fomentem a comunicação

A melhor forma de estarem informados sobre problemas e situações relativas à vossa equipa é manter todos os canais de comunicação abertos e manter relações próximas. Acompanhem de perto o trabalho e as relações, para resolverem situações assim que surjam.

  1. Não participem neste tipo de comportamento

Gestores podem espelhar o comportamento das suas próprias equipas, com os mesmos padrões negativos. Mantenham uma atitude aberta e comportamentos construtivos.

Propiciem a produtividade e colaboração das vossas equipas de trabalho, com uma solução Sage Gestão e beneficiem de um desconto de 30% na compra, até 6 de dezembro. Ajudará o serviço ao cliente e permitirá aos vossos colaboradores dar sempre o seu melhor. Ganhem tempo para promover um ambiente de trabalho saudável que alimente a estrutura da vossa equipa!

 

Gestão de Empresas Sage Enterprise Management

Liderança: aprenda a tomar decisões de forma mais eficaz

Fazer escolhas faz parte de ser adulto, mas nem sempre é fácil tomar decisões que afetam os outros. Ocupar uma posição de liderança implica aprender a lidar com sentimentos de culpa ou de generosidade, que surgem no decorrer da tomada de decisão.

Um novo estudo da Universidade de Ohio sugere uma abordagem que permitirá minimizar sentimentos negativos associados à tomada de decisão.

Um quadro mental favorável à tomada de decisão

De acordo com um estudo levado a cabo pelo investigador Paul Stillman, existe geralmente um conflito entre o que parece ser a melhor decisão e a decisão que mais nos favorece. A melhor decisão é aquela que contempla um quadro lato de informação, com um resultado que beneficia os envolvidos.

No estudo, envolvendo 100 alunos, foi pedido que tomassem decisões tendo por base dois quadros diferenciados. Numa das experiências, solicitou-se aos alunos que tomassem decisões baseadas em dados mais imediatos e, numa segunda experiência, foi-lhes pedido que decidissem tendo em conta uma visão global. Deveriam procurar formas de aumentar um investimento e de o dividir de forma equilibrada pelo grupo.

As decisões que visavam o bem-estar comum, num quadro geral, também eram as que beneficiavam mais o decisor.

Passar da experiência à aplicação nas empresas

O passo seguinte é: como implementar esta forma de tomar decisões dentro de uma empresa? Quase sempre as escolhas são feitas com pouco tempo e escassez de dados.

Contar com um software de ERP também pode ajudar na tomada de decisão. O acesso a relatórios de gestão permite obter dados atualizados constantemente. Sage ERP tem várias opções adaptadas às diferentes dimensões das empresas.

É necessário criar algum distanciamento em relação ao problema, como se fosse algo que se observa ao longe. Quanto maior o afastamento, mais fácil será a tomada de decisão, conseguido uma opção equilibrada que beneficie todos os envolvidos (incluindo o próprio). Uma das formas de criar este espaço é imaginar que se trata de um problema de outra pessoa, sobre o qual nos foi pedido conselho.

Em conclusão:

Tomar decisões de forma equilibrada permite diminuir a ansiedade associada à tarefa decisória. Melhore a sua liderança, decida com uma postura de distanciamento e tendo por base dados quantitativos fornecidos por um software de confiança.