Browsing Tag

Produtividade

Faturação

3 Dicas para aumentar a produtividade

Num mundo de elevada competição e pressão, é extremamente importante conseguir atingir o máximo foco possível. Os empreendedores e inventores procuram o tempo todo descobrir novas formas de atingir o máximo foco e alcançar elevados níveis de produtividade.

Para alcançar o máximo de concentração e aproveitar toda a capacidade de inovação sugerimos cinco truques que irão facilitar o atingir destes resultados.

Método Wim Hof.

Este método divide-se em três fase, terapia com frio, respiração profunda e muito empenhamento. A combinação certa de trabalho fisico e mental pode aumentar a energia e reduzir o stress de forma significativa.

  1. Respiração: começar o dia com 30 a 40 respirações profundas intercaladas com pausas após expirar ou com os pulmões cheios. O resultado é uma oxigenação profunda do corpo, com uma revitalização profunda.
  2. Exercício/ flexões: após a respiração segue-se a parte mais física com sequência de flexões, terminando com algumas posturas de yoga.
  3. Duche frio: para terminar um duche frio para despertar todo o corpo. O resultado geral é aumento da imunidade, sensação de euforia e finalmente, uma mente limpa e um corpo livre de dor, para uma maior concentração.

A técnica Pomodoro.

Uma técnica para gerir melhor o tempo criada por Francesco Cirilho, enquanto estudava gestão. Esta técnica através momentos de pausa procura aumentar a concentração e performance durante os períodos de trabalho, evitando situações de esgotamento.

  1. Determinar qual a tarefa a que se vão dedicar e assumir o compromisso de a realizar.
  2. Colocar o alarme do relógio para 25 minutos.
  3. Até ouvir o toque, não parar de trabalhar, recusando todas as distrações.
  4. Assinalar essa meta num papel e ao fim de 3 períodos de 25 minutos, gozar uma pausa de 4 minutos. Quando tiverem 4 marcas realizar uma pausa maior de 30 minutos e recomeçar o processo.

Para pessoas com dificuldades de concentração esta técnica pode ser muito útil.

Aplicações dedicadas a aumentar a concentração.

Existem várias aplicações dedicada a aumentar a capacidade de concentração, em especial para evitar que se gaste tempo valioso em aplicações lúdicas sem utilidade para para o trabalho que estão a desenvolver.

Graças a estas aplicações, é possível estipular um tempo definido para consultar o Facebook e outras aplicações, findo esse período torna-se impossível continuar a consultar.

Em conclusão.

Podemos afirmar que não faltam distrações, seja online ou no ambiente em nosso redor, e todas as técnicas que nos ajudem são úteis. Não esquecer um importante aliado para o aumento da produtividade,  um sistema de gestão integrado, como Sage 100c .

Com o sistema SAAS não necessita de instalação, nem de atualizações e toda a informação da empresa fica guardada na Cloud. Torna-se simples aceder a partir de qualquer lugar, aproveitando melhor o tempo e evitando longas jornadas no escritório, que por vezes apenas geram cansaço e frustração.

 

 

 

 

Recursos Humanos

Recursos Humanos: a importância dos incentivos

Motivar uma equipa passa por estabelecer objetivos claros e conduzir as avaliações de performance com atenção que merecem, especialmente quando estas têm um impacto real na atribuição de compensações.

Passar algum tempo com cada membros da equipa de forma a estabelecer objetivos com significado para cada elemento, de acordo com as suas áreas de especialização e interesse.  Criar uma grelha em que são alinhados os objetivos individuais com os objetivos mais importantes para a empresa.

É importante estabelecer claras metas dentro de 3 áreas: pessoas, projetos e lucro. Em cada uma destas áreas deve existir responsabilização, ajudando a empresa a crescer, e cada colaborador deve utilizar as suas capacidades para o seu desenvolvimento pessoal, estabelecendo objetivos de acordo com os seus interesses pessoais, com aquilo que mais o estimula e interessa.

Premiar uma boa performance.

Gestores e recursos humanos devem ter um papel, apoiando e premiando. Vamos ver algumas formas de distribuir incentivos.

  1. Prémios de carreira: Trata-se de prémios que recompensam o número de anos ao serviço ada empresa. Podem ser monetários, um presente ou algum tempo extra de férias. Importa reconhecer a dedicação ao longo do tempo.
  2. Programas de reconhecimento: Estes programas são criados baseados na nomeação dos colegas, que devem fornecer informação aos recursos humanos ou ao gestor, de como aquele colaborador merece reconhecimento. Com um software de Recursos Humanos esta tarefas são simplificadas, permitindo toda uma avaliação, valorizando e fidelizando os colaboradores.  Identificando rapidamente o perfil ideal para cada cargo, posto ou missão.
  3. Bonus de performance: É a recompensa mais comum, após a avaliação anual ou bianual, depois da avaliação de performance.
  4. Partilha de lucros ou ações: Outra forma de recompensar os colaboradores, passa por distribuir parte dos lucros em compensação financeira ou através de ações. Funciona como um incentivo ao trabalho de equipa para o sucesso da empresa, levando a que cada colaborador

Encontrar um sistema adequado a cada empresa.

É fundamental encontrar os incentivos adequados a cada empresa, e estabelecer objetivos que sejam realistas e inspiradores, uma combinação que nem sempre fácil de alcançar. No acompanhamento do desenvolvimento dos colaboradores faz sentido ter uma revisão mensal dos objetivos concretizados, de forma a tornar a avaliação sobre a performance anual, mais simples e correta.

 

 

 

Gestão de Empresas

5 Dicas para aumentar o crescimento da empresa

Lançar e ajudar um negócio a crescer não é uma tarefa fácil e por vezes os empreendedores sentem uma ligação emocional muito forte ao seu projeto, gerando dificuldades em delegar tarefas e em demonstrar confiança nos colaboradores.

Pode ocorrer que demasiado apego ao projeto acabe por ser prejudicial, impedindo a empresa de crescer e por isso deixamos 5 sugestões para que tal nunca aconteça.

Confiar na equipa.

É importante dar espaço à equipa e monitorizar o trabalho com alguma distância. Enquanto a equipa trabalha no marketing, cabe ao CEO pensar na evolução da marca e para se dedicar às suas tarefas, tem de deixar a sua equipa fazer o trabalho de que foram incumbidos.

Escutar conselhos dos mais próximos.

Não é invulgar que por vezes alguns dos nossos próximos tenham conselhos relevantes para o nosso negócio. A dedicação completa ao projeto pode fazer com que acabem alienados daquilo que a maioria das pessoas deseja.  Seja uma esposa ou amigos próximos, é importante escutar o ambiente.

Aceitar as nossas falhas.

Nem sempre somos aquilo que pensamos, é bastante útil ter um bom autoconhecimento, reconhecer as falhas e encontrar colaboradores que consigam lidar bem com essas características.

Esquecer tudo o que pensamos saber.

Por vezes existem ideias ligadas ao projeto original, que perduram apesar do mercado enviar uma mensagem contrária. É importante saber quando deixar as normas definidas, aceitando que uma empresa é como um organismo vivo que se deve adaptar.

Procurar ajuda especializada.

O crescimento da empresa implica por vezes recorrer a outras pessoas que ajudem a desenvolver de forma equilibrada, dividindo as responsabilidades e conseguindo uma maior eficácia.

Encontrar um software de ERP adaptado às necessidades da empresa também é um auxilio fundamental. Sage X3 está a mudar a forma como as empresas competem e crescem, proporcionando uma gestão mais rápido, simples e flexível a nível financeiro, cadeia de suprimentos e produção, tudo isso por uma fração do custo e da complexidade dos típicos sistemas empresariais de ERP.

 

 

 

Gestão de Empresas

Dicas para evitar um crescimento desequilibrado

Algumas empresas tecnológicas inovadoras e apelidadas de geniais, não conseguem ser lucrativas. Apesar terem conseguido captar milhões em investimento e do seu rápido crescimento ao longo dos anos, mantêm uma situação deficitária.

A Snaptchat reconheceu que 2016 tinha perdido meio milhão de dólares, assumindo publicamente que provavelmente nunca chegaria a ser lucrativa, Uber perdeu cerca de 700 milhões, e a situação da empresa Dropbox não é melhor.

Nas empresas de hardware as dificuldades parecem ser ainda maiores, os custos de construir algo são exigentes e o reconhecimento público do papel inovador destas empresas não substitui a necessidade de resultados.

Manter uma visão realista.

Os empreendedores e investidores devem pensar não só nas transformações que querem criar, mas também na importante missão de construir um negócio que se mantenha no ativo. Um crescimento mais lento e sustentado pode parecer algo de aborrecido, mas é a única forma de criar e manter um negócio.

Alguns pontos a ter conta:

  1. Deve existir uma razão para a existência do projeto, uma necessidade a que irão dar resposta.
  2. É importante facilitar a experiência do produto ou serviço, mas não devem temer colocar um preço adequado.
  3. Não descuidar o marketing, fundamental para os primeiros tempos de qualquer pessoa.
  4. Invistam num software necessário ao bom funcionamento da empresa, resistindo à tentação de adquirir o mais caro e atraente. Um software como Sage 100c permite ter uma visão transversal do negócio e optar pela forma de pagamento mais conveniente, entre a opção mensal ou anual, podendo mudar a qualquer momento.
  5.  Pode não parecer relevante, mas ter um espaço de trabalho, mesmo que seja em coworking é importante. Desde o inicio mantenham um equilíbrio saudável entre a vossa vida privada e pessoal. Resistam à tentação de se mudarem para um espaço novo logo que o negócio comece a crescer um pouco.

Clientes e colaboradores destrutivos.

Existem dois elementos internos que podem ser muito destrutivos para uma empresa que começa a dar os primeiros passos. Colaboradores que criam mau ambiente dentro da equipa e clientes com uma atitude negativa. Alguns clientes são abusivos e acabam por prejudicar a performance da empresa junto dos outros clientes.

Tradicionalmente as empresas pensam que não exequível dispensar um cliente, mas existem caso em que é plenamente justificado e estas situações devem ser resolvidas rapidamente.

Crescer devagar com uma base sólida, construindo uma boa equipa e uma carteira de clientes, é essencial para quem deseja construir um negócio sustentável. Pode parecer que o impacto de transformação de um projeto é menor se for construído desta forma, mas ao garantirmos a sustentabilidade futura, estamos a transformar de uma forma duradoura a comunidade em que nos inserimos.

 

 

 

Recursos Humanos

Fortalecer as relações de equipa

Cada vez mais, os especialistas em gestão de equipas reconhecem a importância das emoções para a motivação e desenvolvimento do trabalho em grupo. Dentro da gama de emoções, a gratidão é um sentimento fundamental para estabelecer ligações emocionais.

A gratidão é um sentimento com enorme potencial construtivo, e por isso há quem escreva diários de gratidão ou simplesmente tenha o habito de repetir uma lista diária como forma de reflexão sobre o que corre bem,  e como forma de manter uma visão positiva perante o futuro.

Atividades solidárias em grupo.

Nesta época festiva, as empresas investem em alguns momentos em equipa, mas a experiência de partilhar tarefas solidárias, em regime de voluntariado, fará mais pelo sentimento de grupo, que simplesmente um jantar de Natal ou uma doação para uma causa selecionada pela empresa.

Somos seres profundamente sociais, mesmo os mais introvertidos sentem a motivação para cooperar e desejar fazer parte da equipa. Trabalhar com uma equipa causa emoções positivas, e trabalhar em continuidade com esse grupo torna-se gradualmente mais agradável com o estabelecimento de laços emocionais.

Dificuldades na construção do espirito de equipa.

Ambientes com muito stress podem interromper esta dinâmica positiva, à medida que surgem problemas e dificuldades. As novas tecnologias trouxeram facilidades de comunicação mas também assistimos por vezes a uma forma de isolamento nas empresas.  Um colaborador pode passar o dia a comunicar por e-mail e chats com outros colaboradores, sem que exista grande interação social.

A geração chamada de millennial é fortemente motivada pelo sentimento de propósito, de que o trabalho que estão a desenvolver contribui de uma forma transformadora para o melhoramento da sociedade.

Um software de Recursos Humanos.

Promover a coesão da equipa, é algo que deve preocupar o departamento de Recursos Humanos, e um software permite acompanhar a evolução da equipa e promover a sua convivência harmoniosa.  Sage desenvolveu software adaptado às diferentes necessidades das empresas com Sage PessoalPlus, Sage 100c Recursos Humanos, Sage X3 People.

Um software de Recursos Humanos permite um acompanhamento do desempenho, formação, acompanhar reorganizações na empresa, desenvolvendo o capital humano.