Browsing Tag

Tecnologia

Faturação Sage Faturação

Os canais de televisão por streaming estão a ganhar mercado

Pela primeira vez no Reino Unido, os canais de televisão por streaming ultrapassam os canais por cabo pagos. Pensa-se que esta será uma tendência crescente nos próximos anos, na maioria dos países da europa. A Netflix é a principal empresa na origem desta mudança no consumo de conteúdos de entretenimento.

Desinvestimento da parte dos canais tradicionais

Canais como a BBC, a ITV ou o Channel 5 diminuíram o investimento na produção de conteúdos, enquanto o número médio de horas que as pessoas passam a ver televisão não pára de decrescer. A média diária no Reino Unido desceu para os 38 minutos em 2012.

Estes dados são originários de um relatório da empresa de pesquisas Ofcom, que analisou as principais tendências no setor da televisão e rádio.

Principais conclusões deste estudo

O estudo indica que empresas como a Netflix, Amazon Prime e Sky Now TV atingiram um valor global de 15,4 milhões de utilizadores. A diminuição do investimento dos canais de cabo em cerca de 28% acelerou a sua quebra.

Em relação à descida do tempo de visionamento de televisão, o maior decréscimo conta-se entre a faixa etária dos 16 aos 34 anos. Algo que as empresas, ao contratarem publicidade, devem ter em conta. A banda larga veio permitir o surgimento dos canais por streaming, aumentando a oferta de conteúdos alternativos. Os canais de televisão perdem espaço para os canais de streaming, como o YouTube, mas também para o gaming (jogos de consola, PC, etc.).

Acompanhar a mudança

É importante para as empresas estarem atentas às mudanças no consumo, mesmo quando não estão ligadas à área de criação de conteúdos. Estas alterações geram fenómenos em cadeia, influenciando o mercado de diferentes formas.

Outro motivo para estar alerta é a publicidade. É essencial conhecer as preferências dos consumidores e de que forma gastam o seu tempo, de forma a selecionar o tipo de publicidade mais adequado à empresa.

Acompanhar a mudança passa também por contar com um software de faturação de última geração. Aceda aos dados da empresa a partir de qualquer lugar, com Sage Faturação. Passe menos tempo em tarefas administrativas e ganhe mais tempo para se dedicar aos seus clientes.

 

Gestão de Empresas Sage Enterprise Management

Videoconferência: aproveitar plenamente as possibilidades tecnológicas

A tecnologia de videoconferência existe há vários anos e, apesar disso, não foi integrada pelas empresas. Sistemas gratuitos, como Skype e Zoom, tornaram as videoconferências acessíveis a qualquer empresa, mas nem a gratuitidade as tornaram parte do quotidiano. As empresas continuam a preferir a utilização do e-mail e do telefone.

Principais fatores positivos da utilização de videoconferências.

As videoconferências permitem criar um alinhamento organizacional, poupar tempo e melhorar as relações interpessoais.

Reuniões mais breves.

Um dos principais pontos fortes desta tecnologia, é uma maior economia de tempo. Durante uma conference call (telefónica), é comum as pessoas estarem em simultâneo, a realizar outras tarefas. Esta desconcentração tem custos a nível de produtividade e de eficácia na resolução dos problemas.

Manter o foco apenas numa ação produz melhores resultados a nível da qualidade das participações, e do envolvimento de cada elemento.

Maior envolvimento e compreensão.

A linguagem não verbal é extremamente importante para o ser humano. Existem gestos que, ao acompanharem uma frase, mudam completamente o seu sentido. Ver o nosso interlocutor também permite estabelecer confiança, algo essencial para compreendermos melhor o que nos é transmitido. Através do contacto visual, torna-se mais fácil tomar a palavra numa reunião com vários participantes, sem necessidade de interromper alguém.

Melhor alinhamento do plano estratégico.

Uma melhor partilha de informação afeta de forma positiva a tomada de decisão. Tomar decisões estratégicas de forma rápida e concertada entre a equipa, é de elevado valor para competitividade das empresas.

Aproveitar plenamente o potencial da tecnologia.

As novas tecnologias trouxeram mudanças na forma de trabalhar, e o elemento rapidez é cada vez mais importante. As empresas devem empenhar-se em conseguir aumentar a sua produtividade de todas as formas que consigam, nomeadamente através de um software. A Sage tem soluções de ERP que aumentam a eficiência e permitem uma visão completa dos processos da empresa. Adaptável às necessidades de cada negócio, e com uma implementação feita em pouco tempo.

Em conclusão.

De futuro, questionem se o tema da próxima reunião exige a vossa atenção completa. Se for um tópico prioritário e fundamental para o sucesso de um projeto, então realizem uma videoconferência. Dediquem a vossa completa atenção, mantenham o foco no tema e irão ficar surpreendidos com os resultados atingidos com substancial economia de tempo.

 

 

Gestão de Empresas Sage Enterprise Management

Casos de sucesso Sage: Climaespaço

A empresa Climaespaço surgiu com a construção do Parque das Nações, na sequência da Expo 98.  Toda a zona oriental da cidade teve uma profunda transformação, passando de uma zona industrial decadente a uma renovada zona habitacional.

Em pouco tempo, surgiam os primeiros serviços e comércio, tornando o Parque das Nações parte vibrante da cidade de Lisboa.Esta empresa criou a primeira rede de frio e calor, prestando este serviço a milhares de clientes, e cedo se apercebeu de que necessitava de um novo software de ERP.

Um novo ERP – uma visão integrada

A Climaespaço operava com vários sistemas não integrados, o que dificultava o acesso à informação e obrigava a uma duplicação de esforços. Por vezes, tornava-se necessário repetir a mesma tarefa em diferentes sistemas, ocupando tempo vital que poderia ser dedicado a outras áreas.  A comunicação era frágil e prejudicava o desempenho global da empresa.

Com uma solução Sage Enterprise Management, foi possível uniformizar as várias plataformas tecnológicas, passar a aceder à informação em tempo real e uniformizar a produção. O resultado foi uma melhoria da qualidade do trabalho com uma enorme economia de recursos humanos e financeiros.

Um software adaptável às necessidades da empresa.

Sage X3 é uma solução internacional, adaptável às necessidades de cada negócio. No caso da Climaespaço, a Sage incorporou algumas regras do negócio, que tinham de estar integradas no sistema para que o seu funcionamento fosse perfeito.

O software certo pode transformar um negócio e dar-lhe a possibilidade para crescer e alcançar o seu pleno potencial. Assista ao vídeo e saiba mais sobre este caso de sucesso.

 

 

Gestão de Empresas Sage Enterprise Management

O próximo crescimento do Japão vai ser impulsionado pelas criptomoedas

O país do sol nascente é uma das mais importantes economias a nível mundial, apesar de ter passado os últimos anos imerso numa fase de estagnação. O Japão tornou-se numa potência económica no pós-guerra e, apesar da crise do petróleo nos anos 70, manteve um crescimento acentuado.

 O milagre económico

 Na década de 60, o Japão tinha deixado de receber apoio dos Estados Unidos, mas o seu desenvolvimento estava lançado. O seu progresso industrial e tecnológico permitiu um crescimento da economia de 10% na década de 60, 5% na década de 70 (apesar da crise do petróleo já referida) e de 4% na década de 80.

A crise financeira também afeta os gigantes

Na década de 90, apelidada de “a década perdida“, o país é fortemente afetado pelo colapso da bolha financeira e imobiliária e o seu crescimento económico entra em desaceleração. Na tentativa de inverter a situação, assumem elevados défices para investir em obras públicas (o caminho inverso dos países europeus na recente crise de 2007-2008).

Apesar do investimento, a economia parece incapaz de regressar às fases de crescimento anterior e, em 1998, o Japão resolve tentar algo diferente: Quantitative Easing – ou seja, expandir a oferta monetária interna, de forma a aumentar as expectativas de inflação.  Em 2005, a economia parecia dar os primeiros sinais de recuperação, apesar de continuarem com uma taxa de juro que se mantinha próxima do zero.

A 5.ª maior economia

Em 2017, o Japão estava situado como a 4.ª maior economia mundial, tendo como áreas fortes a indústria, a tecnologia e as finanças, contando com um mercado interno importante, alicerçado num elevado poder de consumo.

À frente do Japão estão os Estados Unidos, a União Europeia e a China. Mas existe a possibilidade de ultrapassar alguns destes poderosos concorrentes no futuro?

O futuro do Japão.

 O Japão parece encaminhar-se para um novo crescimento económico, desta vez juntando duas áreas fortes, a tecnologia e as finanças, com a inovação das criptomoedas (Bitcoin e tecnologia blockchain).

Uma maior conectividade móvel com a tão aguardada tecnologia 5G, juntamente com a Internet of Things (IoT), melhorias a nível de computação e inteligência artificial, podem vir a desencadear uma nova fase de crescimento económico, com o Japão bem colocado para liderar.

Ainda subsiste uma enorme especulação em redor das criptomoedas, que aumentam o seu preço de forma artificial. É importante começar a pensar como estas tecnologias podem ser usadas na vida quotidiana e como podem contribuir para uma melhoria dos negócios.

Aaron McDonald, chefe executivo da empresa Centrality, uma startup que desenvolveu uma plataforma e serviços de criptomoedas, espera que o Japão e a China sejam os motores globais nesta área.

O Japão demonstra uma maturidade invulgar em relação à utilização das criptomoedas. A empresa Centrality estabeleceu recentemente uma parceria com a tecnológica chinesa Infinivision e com a japonesa Jasmy (fundada pelo anterior presidente da Sony).

Elementos adversos

A contrariar estes desenvolvimentos estão algumas novas medidas de regulamentação, em resposta a situações de roubo. O preço da Bitcoin baixou já este ano por receio de uma asfixia criada pela regulamentação dos Estados.

Escândalos associados a lavagem de dinheiro, evasão fiscal e roubos obrigaram a um aumento da legislação. Foram autorizadas 16 licenças de comércio de criptomoedas, das quais 6 acabaram por ser penalizadas, com indicações de que devem estabelecer mudanças na sua estrutura.

Sempre atentos à mudança e à inovação

 A inovação é parte essencial do sucesso das empresas e, como tal, é importante acompanhá-la. Com Sage Enterprise Management, tenha uma visão global da empresa com informação atualizada a cada momento. Invista no seu negócio com um software de ERP com as últimas inovações tecnológicas e traga a sua empresa para o futuro!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Gestão de Empresas Sage Enterprise Management

A China lidera os pagamentos por apps

É sempre interessante conhecer a realidade de outros países, nomeadamente quando se trata de gigantes da economia mundial. A China desenvolveu o seu próprio caminho e não pára de surpreender com a inclusão das novas tecnologias no seu quotidiano.

Tornou-se comum realizar pagamentos através de apps no telefone, desde uma tarifa de táxi a uma consulta no médico. De tal forma que, em alguns serviços, gera-se uma certa desconfiança quando recebem dinheiro, com receio de que as notas sejam falsificadas.

Este é o modelo que muitos pensam que será adotado em vários países, sendo que, neste momento, a China é responsável pela maioria dos pagamentos realizados através do telemóvel. Com um desenvolvimento próprio na área financeira, o país é visto como um exemplo na introdução de novas tecnologias.

Mudanças rápidas – novas soluções.

As reformas económicas no final do século XX e a quase inexistência de bancos privados levaram a esta mudança rápida na tecnologia de pagamentos e nos hábitos dos consumidores. Sem um sistema financeiro robusto, com serviços de crédito e débito, a China estava disponível para a introdução de mudanças.

Com o maior mercado de telemóveis do mundo, o país tinha os especialistas necessários e uma população que se habituou a contar com apps para resolver todas as suas necessidades.

E-commerce sem cartões.

Estima-se que o pagamento com recurso a cartões no resto do mundo esteja a cair cerca de 46%. Neste contexto, a intensificação das relações comerciais, culturais e turísticas estão a tornar os gigantes da tecnologia desejosos de conquistar este espaço.

Hábitos culturais em redor do dinheiro.

 A diversidade cultural e histórica, relativa às questões económicas, terá de ser sempre considerada. Na Alemanha, um passado de crise associado às duas grandes guerras, com receios em torno da desvalorização da moeda, leva a que, até aos dias de hoje, a maioria das transações comerciais sejam realizadas em numerário.

Acompanhar a inovação.

 As empresas devem estar atentas às mudanças que surgem ao nível da tecnologia e um ERP de última geração é essencial. A Sage tem software de gestão de empresas que permite uma rápida implementação, com custos menores que os concorrentes.