Browsing Tag

Vendas

Faturação

Remarketing: aumentar as vendas e o reconhecimento da marca

Uma profunda transformação na publicidade e nos meios de comunicação, criou uma panóplia de alternativas para comunicar e o aparecimento de novas ferramentas, possibilitaram que até uma pequena marca tenha a possibilidade de alcançar reconhecimento.

Neste panorama o remarketing surge como um conceito que procura usar informação recolhida sobre usuários, para os conduzir novamente ao site ou página da marca e levá-los a finalizarem a sua compra.

Como funciona.

Os usuários ao acederem ao site são marcados com um cookie e adicionados a uma lista de remarketing. É criada uma campanha de display de Google Adword utilizando essa lista, gerando anúncios especificamente para esses visitantes, tentando que regressem e completem uma compra.

No momento da compra é sempre relevante que exista um sistema de faturação simples e eficaz e que permita coligir dados sobre as preferências dos consumidores.

Benefícios do remarketing.

O remarketing pode ter um efeito importante quanto maior for o numero de usuários nessas listas. Funciona especialmente bem, aproveitar épocas com maior tráfego, como o Natal para aumentar estas listas.

É necessário que a mensagem seja cativante e eficaz de forma a captar a atenção, voltando a colocar o consumidor no túnel de vendas. Desta forma a marca permanece em grande plano para a sua audiência privilegiada.

Desafios a não esquecer.

Existe a forma de levar os usuários a regressarem mas se continuarem a mostrar-lhe aquilo que já conhecem, o resultado será provavelmente o mesmo. Estes visitantes não compraram na primeira visita e portanto devem tentar mostrar-lhes algo diferente.

Existem várias formas de suscitar uma sensação de urgência na compra, uma edição limitada, uma promoção ou simplesmente mostrar artigos diferentes daqueles que os visitantes já conhecem.

Cross-selling.

Uma outra forma de captar interesse passa pelo cross-selling, associando produtos que até podem ser de outro tipo mas se conjugam bem. Para ser eficaz é preciso que esta associação faça sentido e implica uma personalização extrema na adequação a diferentes perfis de usuários.

Se dedicarmos algum tempo a pensar na forma como relacionamos os produtos e planearmos bem a campanha, com o auxilio do Google Adword e o ideal será recorrer aos serviços de um  profissional, poderão alcançar resultados entusiasmantes.

 

 

Faturação

Sim às tendências, mas com cautela

As empresas devem tentar seguir as tendências de uma forma crítica, tentando perceber o que está por detrás delas e prever o seu desenvolvimento.

Interpretações erróneas podem levar a um caminho destrutivo com expetativas goradas. Neste artigo vamos falar de três erros comuns que podem prejudicar bastante as empresas.

Tendências e modas passageiras.

Existe uma grande diferença entre uma moda passageira relacionada com um produto em específico e tendências, geradas por aquilo que motiva os consumidores.

Uma tendência perdura no tempo e tem um alcance maior, enquanto uma moda é relativa a um produto e, muitas vezes, passageira. Uma moda não corresponde a nenhuma necessidade do consumidor.

Importa construir um negócio sustentável que se baseie em mais do que um produto ou ingrediente e cuja estratégia se baseie no comportamento do consumidor na origem das tendências que se observam no mercado.

Identificar a tendência, dar a solução errada.

Várias marcas reconhecem uma maior preocupação com a saúde da parte dos consumidores mas muitas vezes falham ao oferecer uma solução. Produtos pouco atrativos ou em que o sabor é claramente uma desilusão afastam-se completamente daquilo a que o consumidor está habituado.

Assumir que a tendência contrária não tem adeptos.

Perceber que mesmo que o consumo tenha algumas alterações, a tendência maioritária irá criar apenas algumas alterações. Ou seja, se o negócio se situa no lado oposto da tendência não faz sentido descaracterizá-lo e mudar tudo. Se continuam a existir consumidores interessados, então existe um mercado no qual prosperar.

Relatórios de apoio: um software de faturação permite o acesso a relatórios de atividade, que facilitam a análise da evolução do negócio e a necessidade de inserir mudanças a nível da estratégia.

Nem sempre as tendências fazem muito sentido, mesmo quando os dados apontam para um crescimento, estes dados baseiam-se em comportamentos humanos volúveis, sempre em mudança. A estratégia deve inspirar-se nas tendências sem ficar prisioneira delas.

 

Faturação

5 formas de crescer com a equipa de vendas

Embora se considere que a habilidade para as vendas são uma característica nata, a verdade é que vários estudos apontam para algo diferente.

Os melhores resultados de vendas são atingidos por pessoas que usam uma gama de estratégias que lhes permitem criar um complemento aos seus talentos naturais.

No momento da contratação, evitem estruturas de vendas muito rígidas, fomentem um ambiente em cada membro da equipa de vendas consegue ter um espaço para otimizar as suas características e desenvolver os seus talentos.

Autoconhecimento.

Invistam em ferramentas tecnológicas que permitam a cada um o diagnóstico dos seus pontos fortes e a melhor forma de equilibrar as suas forças para atingirem os objetivos desejados.

Partilha de conhecimento.

Criem um ambiente em que os melhores vendedores criam conteúdos e partilham com os menos experientes as suas estratégias de sucesso. Bons vendedores levam tempo a serem formados e os elementos mais experientes podem dar um grande contributo na formação da equipa de vendas.

Trabalho de equipa.

A verdadeira competição deve acontecer com o exterior e não entre a própria equipa de vendas. Façam uma constante comparação com o exterior, tomando consciência de quais são os elementos fortes que distinguem a vossa empresa.

Sistema de faturação.

Um sistema de faturação permite a recolha de dados e elaboração de relatórios atuais nos quais poderão basear a estratégia de vendas.

Medir o sucesso.

Estabeleçam métricas que permitam acompanhar todos os passos do consumidor, perceber o seu percurso no ciclo de vendas, de forma a interpretar melhor os recursos utilizados para alcançar os resultados.

 

Faturação

Tudo sobre o funil de vendas

Hoje em dia os consumidores são muito exigentes e não basta um produto ser atrativo: é importante a sua durabilidade, funcionalidade e a mensagem associada. Para responder a todos estes requisitos é fundamental contar com um marketing eficaz.

O funil de vendas consiste numa ferramenta estratégica que permite conduzir a trajetória do cliente desde o momento inicial até à finalização da venda. Este processo divide-se em várias etapas, como a fase da consciencialização, da procura e da avaliação.

Na primeira fase, o consumidor não tem noção de ter uma necessidade e a empresa tem de encontrar uma forma de o atrair. O marketing digital tem um papel determinante nesta fase, através de publicações no site ou redes sociais, procurando captar a atenção do cliente com imagens do produto, transmitindo a filosofia da marca e aumentando a visibilidade da empresa.

Na fase da procura, a meio do percurso do funil, o cliente está consciente da sua necessidade mas encontra-se indeciso sobre o produto ou serviço a escolher, entre todas as opções que existem no mercado.

Um software de faturação que possibilita relatórios de apoio à atividade pode ser importante para uma melhor organização da atividade ou espaço comercial, ao demonstrar funcionalidade e eficiência ao cliente.

Na base do funil está a terceira fase, a que chamamos avaliação: é nesse momento que o cliente faz a sua escolha. Após a comparação com os outros produtos disponíveis, seleciona aquele que mais o seduziu. É fundamental que a empresa perceba qual foi o diferencial que triunfou, de forma a rever estratégias internas e a melhorar o trabalho de vendas. As ferramentas de faturação possibilitam uma melhor análise de fatores que podem ter sido decisivos na escolha dos clientes.

Software de faturação Sage como elemento de diferenciação positivo

As opções de software Sage auxiliam a vossa empresa a alcançar a terceira fase do funil de vendas – a avaliação com a concretização da venda. Torna-se mais fácil compreender quais os pontos fortes da empresa que influenciaram a escolha dos clientes, alcançando a sua fidelização. As ferramentas estratégicas de marketing, lado a lado com o software de faturação, desempenham um papel importante na concretização dos vossos objetivos comerciais.

Conheça todas as soluções de software de faturação, aqui.

 

Faturação

Melhorar as vendas com 4 dicas

O comércio é um dos setores mais competitivos e cujo desempenho está intrinsecamente ligado às vendas. Deixamos algumas dicas para otimizarem aos resultados das vossas vendas:

– O ambiente.

Aqui, todos os detalhes podem fazer a diferença. A loja, a luz, a limpeza e a organização podem influenciar o conforto do cliente quando vos visita. Se se sentirem bem, a probabilidade de ficarem mais tempo aumenta. Para aumentarem as hipóteses de isto acontecer, apostem numa loja sempre arrumada, com temperatura ambiente agradável, música num volume suave e que não interfira na comunicação entre os clientes e os vossos colaboradores, uma boa iluminação e a organização dos produtos de forma lógica.

– O cliente.

Um atendimento de fraca qualidade é uma das falhas mais apontadas no setor do comércio. Mesmo que proporcionem aos clientes um bom ambiente, com todas as indicações que abordámos no primeiro ponto do artigo, um bom atendimento é fulcral para fechar uma venda. É importante ter uma força de vendas especializada e com capacidades comunicativas desenvolvidas, para conseguirem resolver qualquer imprevisto que surja com um cliente. Recordem-se que pode ser o atendimento a fazer a diferença entre vocês e a concorrência.

– Promoções.

Um truque antigo para quando quiserem aumentar as vendas ou ganhar vantagem em relação à concorrência é fazer promoções. Os clientes valorizam este tipo de ações, principalmente se forem produtos de qualidade.

– Extra-miles.

Os hábitos de compra têm mudado muitos nos últimos tempos: a comodidade de poder comprar qualquer produto sem sair de casa é um dos aspetos que os clientes mais apreciam. Se fizer sentido para o vosso negócio, ofereçam extras como entregas ao domicílio, o que pode facilitar a vida dos vossos clientes.

Ganhem mais tempo e eficiência ao utilizarem software de faturação Sage: assim, poderão focar-se em conhecer melhor os vossos clientes e em otimizar as vossas vendas.