Gestão de Empresas Sage Enterprise Management

Levi’s Strauss: uma nova estratégia – segunda parte

No artigo de hoje, acompanhamos a nova estratégia em cinco partes que permitiu à empresa Levi’s Strauss recuperar de um momento de crise.

O novo CEO estabeleceu a necessidade de identificar e reforçar o Core Business, expandir o negócio, apostar nas vendas online, aumentar a eficiência nas operações e investir na inovação.

Core business

 Um dos pontos mais importantes passa por reconhecer qual é o core business. No caso da Levi’s Strauss, os artigos mais vendidos são as jeans masculinas. Identificar os pontos principais de vendas (cadeias como Sears, Macy’s) e os mercados de exportação.

Mesmo que não exista espaço para um grande crescimento, é essencial que esta parte do negócio se mantenha saudável.

Expandir o negócio

Identificar as áreas mais fracas e concretizar uma estratégia de expansão. No caso desta marca, as vendas de roupa feminina tinham valores baixos. Em países como o Brasil, Rússia ou Índia, a oportunidade de expansão era óbvia.

Aumentar vendas online

Outra das aprendizagens realizadas baseia-se na necessidade de liderar nas vendas online. A capacidade de controlar a apresentação dos produtos, quer nas lojas físicas próprias, quer online, tem um efeito muito positivo no aumento das vendas.

Por esse motivo, é fundamental ter a capacidade de captar os consumidores, oferecendo a melhor experiência online possível.

Excelência operacional

É extremamente importante que a nível operacional todos os processos estejam apurados. Um software de ERP da Sage permite um controle das operações e uma visão de 360° da empresa.

Investir na inovação

Por último, continuar a apostar na inovação. Desde 2013, os maiores sucessos foram gerados graças ao Laboratório de Inovação. A linha feminina, pensada para ser mais confortável, numa época em que a roupa desportiva ganhou espaço, foi uma das inovações mais bem-sucedidas.

Passado e Futuro

Deve existir sempre um equilíbrio entre passado e futuro quando se trata de uma marca com uma história tão relevante. Este caso destaca-se como exemplo para outras empresas, que se encontram num momento de estagnação e declínio. É sempre possível alterar a situação, basta uma análise aprofundada e um pensamento crítico sobre os problemas a resolver.

Leia a primeira parte do artigo aqui.

 

 

Artigos Relacionados

0 Comentários

Deixe um comentário