Gestão de Empresas Sage Enterprise Management

Os indicadores de gestão que orientam a sua empresa

Sabem como criar bons KPIs – Key Performance Indicators? E como utilizá-los para medir a capacidade, o lucro, a produtividade, a rentabilidade ou a competitividade do vosso negócio? Deixamos alguns conselhos:

Criar bons KPIs: Os KPIs têm como objetivo medir o desempenho de um processo, de forma a atingir a meta. Determinar um KPI é definir as métricas cuja evolução vão observar ao longo do tempo, avaliando ao mesmo tempo se estão no caminho que traçaram. Para escolher que métricas observar, é preciso ter em consideração critérios como:

  • A relevância que tem para o negócio;
  • A resposta às necessidades do negócio a curto e longo prazo;
  • A possibilidade de avaliar o desempenho;
  • A resposta a uma meta possível de atingir.

Existem diferentes níveis de KPIs, tais como:

  • Indicadores de capacidade: avaliam a capacidade da empresa para produzir um produto ou oferecer um serviço e o tempo que despende para tal.
  • Indicadores de produtividade: determinam a relação entre o tempo utilizado para concluir uma tarefa e os recursos aplicados nesse trabalho.
  • Indicadores de lucro: relacionam a percentagem de vendas totais e o lucro do negócio.
  • Indicadores de rentabilidade: avaliam as vendas totais em relação ao investimento feito.
  • Indicadores de competitividade: podem ser medidos consoante o desempenho dos concorrentes no mercado e analisam o posicionamento do negócio em relação ao setor no qual atuam.

Por onde começar?

  • Escolham as variáveis. Cabe-vos escolherem que métricas são as indicadas a acompanhar, no que diz respeito ao vosso negócio. Um negócio de e-commerce estará focado em tráfego no website e em interação e uma empresa de manufatura terá em vista métricas como a percentagem de produtos produzidos por hora e o total de produtos produzidos num dia. Construam uma lista dos fatores que são importantes para a vossa empresa: será a partir daí que encontrarão os KPIs indicados.
  • Determinem intervalos de tempo. Definirem a frequência de vezes com que vão olhar para a performance dos KPIs vai ajudar-vos a acompanhar o seu desempenho.
  • Contem com o tempo de pausa. Incluam este KPI nas métricas a analisar: as pausas para almoço ou para descanso têm influência na avaliação da performance.
  • Façam relatórios. Depois de terem todos os dados adquiridos, façam um relatório de análise de todas as métricas. Soluções como Sage 100cloud reúnem e consolidam dados, dando origem a relatórios detalhados: saibam mais sobre o software através do whitepaper Como o Software Integrado de Gestão pode fazer crescer o seu negócio, aqui!

 

Artigos Relacionados

0 Comentários

Deixe um comentário