Sage Faturação

Portugal: entre os países com os melhores serviços digitais

Nos últimos anos, uma série de medidas criaram um acesso mais fácil aos serviços prestados aos cidadãos, utilizando a tecnologia digital para diminuir a burocracia. Portugal consta na lista dos 30 países mais desenvolvidos em serviços digitais no relatório elaborado pelas Nações Unidas sobre e-Government.

Portugal ocupa o 29.º lugar num total de 193 países, tendo subido 9 posições desde 2016. Os portugueses também se estão a familiarizar com a existência destes serviços, subindo 20 lugares na sua utilização. No relatório, Portugal é elogiado pelas medidas criadas no combate à exclusão digital. São várias as medidas levadas a cabo que têm criado um impacto positivo na vida dos cidadãos e nas empresas nacionais.

Apoio a Startups

No início deste ano, o governo lançou um concurso para startups que usem a tecnologia Blockchain, com projetos que procurem solucionar alguns dos problemas que afligem a humanidade. Estes projetos deveriam estar alinhados com uma lista de 17 objetivos de desenvolvimento sustentável para 2030, estabelecidos pelas Nações Unidas.

O concurso funcionou como um convite às empresas para apresentarem propostas de produtos e serviços que representassem soluções inovadoras.

Projetos locais

A nível local também existem projetos reconhecidos por incentivarem boas práticas. A Câmara Municipal de Cascais desenvolveu uma app que permite ganhar pontos em ações positivas e trocá-los por produtos e serviços. Uma forma de incentivar os munícipes a transformarem positivamente a comunidade em que vivem.

A inovação como motor da economia

Nunca foi tão importante para as empresas acompanharem a inovação e fortalecerem os seus projetos com soluções tecnológicas. É importante contar com um software de faturação que apresente opções flexíveis adequadas às necessidades da empresa. A Sage tem soluções de Faturação são cloud connected, que permitem aceder à informação a partir de qualquer lugar com um dispositivo online.

Aproveitem este momento, invistam na inovação tecnológica e estejam atentos às oportunidades criadas. O tecido económico está a transformar-se rapidamente e as empresas devem acompanhar este movimento.

 

Artigos Relacionados

0 Comentários

Deixe um comentário