BMS Gestão de Empresas

Preparar a internacionalização: algumas regras de etiqueta

Para se ser bem sucedido no mundo internacional dos negócios é imprescindível compreender as profundas diferenças culturais entre países. Pequenos erros a nível de cortesia podem ser desastrosos, especialmente se ocorrerem numa fase inicial de negociação.

Mesmo os empresários que já atingiram algum sucesso devem ter conta estas diferenças ao lançarem o seu negócio internacionalmente. Neste artigo vamos ver alguns cuidados a ter, e diferenças culturais entre diferentes países. 

China, o mercado com o maior crescimento mundial.

Para iniciar uma relação comercial é obrigatório apresentar um presente e também faz parte do costume chinês recusar educadamente quando o presente é apresentado. Trata-se de uma formalidade, e depois de algumas recusas, o anfitrião irá finalmente aceitar o presente em causa. Demonstrar sofreguidão por um presente é considerada má educação.

Ao contrario do ocidente, não se usa o beijo ou abraço como forma de cumprimento, podendo ser considerado ofensivo. Também é considerada boa educação deixar os convidados ter a primazia à saída de encontros e reuniões.

Russia, beber para negociar.

A paciência é considerada uma virtude mas a pontualidade não. Chegar tarde é quase uma forma de estar, e as reuniões podem durar hora. Não é considerado aceitável sair antes do término da reunião. Muitas vezes a ingestão de álcool faz parte destas reuniões e não aceitar uma oferta pode ser considerado ofensivo, assim como cumprimentar com as mãos nos bolsos.

Japão, atenção aos pequenos gestos.

Para os Japoneses os cartões de visita são muito importantes, não deixem de levar bastantes para uma reunião. Lembrem-se que estes cartão representa o vosso projeto, devem por isso  estar traduzidos em inglês e em japonês. Quando se recebe um cartão, deve-se guardá-lo com consideração, amachucar ou riscar um cartão, é um gesto profundamente desrespeitoso.

Nem todos os japoneses se sentem confortáveis com um aperto de mão, é importante saber fazer uma vénia como cumprimento substituto.

Alemanha, respeito pela hierarquia.

Na Alemanha a hierarquia também é algo importante, presente até na entrada para uma sala de reuniões. Dar sempre prioridade à pessoa mais velha, seguido pelos restantes homens e depois pelas mulheres, caso tenham um estatuto semelhante.

Brasil, informal e formal ao mesmo tempo.

Ao contrário dos alemães, no Brasil é habitual alguma proximidade e manifestações físicas. Um abraço ou uma pancada nas costas são formas de cumprimento naturais em relações de negócios. Também é comum colocarem questões sobre a vida privada, tentando saber sobre a vida pessoal do interlocutor. As reuniões podem arrastar-se bastante, não existe uma preocupação com horários e produtividade como em outros países.

Internacionalização com o software Sage X3.

O ERP Sage X3 é extremamente configurável, podendo ser adaptado a requisitos empresariais específicos, e é o software ideal para empreender a expansão para novos mercados. Com um modelo de dados flexível que oferece capacidades para trabalhar com várias moedas, localizações, línguas e várias legislações. A aventura da internacionalização, pode então começar!

Artigos Relacionados

0 Comentários

Deixe um comentário