Recursos Humanos

Recursos Humanos: utilizar a informação para gerir talento

As empresas têm acesso a uma quantidade de informação extremamente valiosa e a organização destes dados permitiu tirar conclusões importantes sobre os clientes.

Hábitos de consumo e estilo de vida são alguns dos dados que permitem desenhar um perfil de consumidor e facilitar a criação de produtos e serviços ajustados às necessidades.

Conhecer os colaboradores tão bem quanto os clientes.

A informação a que temos acesso nos dias de hoje e o acesso a tecnologia inovadora, permitem que se aplique esta mesma estratégia em relação aos colaboradores da empresa. Aproveitar plenamente o potencial de cada colaborador e usar o talento individual em favor da criação de valor para a empresa.

Dados quantitativos e qualitativos.

A informação recolhida só poderá ganhar sentido, com uma maior compreensão do comportamento humano. É essencial estabelecer uma relação entre o comportamento humano e a Data recolhida para encontrar um sentido. O objetivo passa sempre por alcançar um insight que permita tomar melhores decisões sobre os colaboradores.

Sabemos que apenas 34% das empresas utilizam os dados recolhidos para tomarem decisões sobre a sua força de trabalho. Além da recolha de dados e da compreensão do comportamento humanos, é necessário ter acesso a uma solução tecnológica que permita a análise simplificada destes elementos.

Um software de Recursos Humanos.

É importante planificar o trabalho, ter objetivos mensuráveis e conseguir quantificar de forma mais clara o contributo de cada membro da equipa. Quem são os colaboradores mais produtivos, que falhas a nível de formação sentem e em que nível da organização se inserem, são algumas das possibilidades que se colocam.

Um software Sage Recursos Humanos permite dinamizar o capital humano construindo um catálogo de formação onde estão definidas as variadas ações, gerindo o talento e avaliando com dados concretos o desempenho.

Devemos recordar sempre que as empresas só poderão atingir o topo, acompanhando e desenvolvendo o potencial das suas equipas.

 

 

 

Artigos Relacionados

0 Comentários

Deixe um comentário