Inovação e Tecnologia

#SageSummit2016: as lições dos tubarões

No Sage Summit 2016 tivemos a oportunidade de assistir à intervenção de dois tubarões – do mundo dos negócios e da televisão: Robert Herjavec e Daymond John, magnata da tecnologia e CEO da FUBU, respetivamente. A EVP of Product Marketing, Jennifer Warawa, passou 45 minutos com os dois empresários e aproveitou para partilhar 2o insights dados por eles:

Robert Herjavec 

  • O propósito chega por duas vias: ou são totalmente focados – e sabem-no, ou através da dor/perda.
  • Quando a dor se tornar insuportável, vocês vão mudar.
  • Se quiserem fazer tudo no vosso negócio, ele será sempre pequeno. A única maneira de crescer é com uma grande equipa.
  • Uma grande equipa é constituída não necessariamente por pessoas de quem gostam, mas por pessoas que complementem as vossas competências e que se respeitem entre si.
  • Não podem competir a uma escalada global sendo mais um no mercado. Têm de ser fantásticos – não existe recompensa para a mediocridade.
  • Ponham a cultura sempre em primeiro lugar.
  • Se quiserem atingir os vossos objetivos acima de tudo, vão adquirir as competências necessárias. Se não, vão encontrar desculpas.
  • Tornem-se na pessoa que outros vão querer ter a oportunidade de conhecer um dia.
  • Os grandes empreendedores encontram sempre um caminho. O dinheiro nunca é a barreira que se coloca ao sucesso. As grandes barreiras são, na verdade, falta de criatividade, de vontade, de esforço e de vendas.
  • Sejam excelentes! Só tem uma vida, uma oportunidade. Façam o máximo que puderem com ela. Não sonhem apenas – realizem!

Daymond John

  • A responsabilidade não pode ser dada, mas sim tomada!
  • No vosso negócio, conheçam sempre o mercado e o marketing.
  • Falhar é parte do processo. Vão falhar mais do que ser bem sucedidos.
  • Desafiem colaboradores a desempenharem cargos que nunca exerceram: na maioria das vezes vão ser positivamente surpreendidos com novas ideias e perspetivas.
  • Vendam com base na pessoas a quem querem vender e não como se fosse para vocês.
  • OPM não significa apenas “Other People’s Money”. O M significa muitas outras coisas, como Marketing, Manufatura, Mentores, etc.
  • Grandes empreendedores dão passos seguros.
  • Façam uma lista daquilo que gostam de fazer e daquilo que não gostam. Depois, solicitem fora tudo aquilo de que não gostam: vai mudar a vossa vida!
  • Determinem aquilo que têm por garantido e aquilo por que têm de ir à luta: por exemplo, capital social.
  • Nunca se dêem ao luxo de adorar algum dos vossos ativos. São as pequenas coisas que acabam por destruir um negócio.

Assista na primeira fila às intervenções, de forma online e gratuita, aqui!

Artigos Relacionados

0 Comentários

Deixe um comentário