Fiscalidade Sage Enterprise Management

Sistema de Inventário Permanente: a periodicidade

Caro Contabilista, temos uma questão para lhe colocar: qual a periodicidade do registo contabilístico em sistema de Inventário Permanente?

A periodicidade do registo contabilístico em sistema de inventário permanente não está legalmente estabelecida, devendo, na opinião da CNC, atender-se à natureza das atividades desenvolvidas pela entidade e uma análise da relação custo benefício.” *

A contabilização dos valores de stock, ou seja, o lançamento na contabilidade, deve ser feita de forma periódica, provavelmente num mês, na generalidade das empresas, de forma a que a contabilidade esteja minimamente atualizada em termos de valores do stock bem como do custo das vendas (se bem que em alguns casos poderão chegar aos 90 dias).

Já em relação à contagem física, ou seja, a inventariação física dos bens deve ser feita pelo menos uma vez por ano e consiste em contar as quantidades em armazém, lançá-las na aplicação e apurar diferenças face aos valores dados pela aplicação.

A lei não obriga à contagem física por mês, e sendo assim, subentende-se que é suficiente proceder-se a uma contagem física anual. Isto significa que cada empresa pode, por exemplo, fazer várias contagens físicas parciais ao longo do ano, desde que garanta que cada bem foi contado pelo menos uma vez. Pode optar, igualmente, por uma contagem física completa no fim do ano.

No entanto, a informação das vendas, compras e demais movimentos de documentos que afetem o stock devem ser reportados à Contabilidade, de forma a ser possível verificar os custos das mercadorias vendidas.

Esclareçam estas e outras dúvidas e inscrevam-se no Webinar gratuito dia 8 de janeiro

*Fonte: Ofício n.º 052/15, de 2015.11.12, da Comissão de Normalização Contabilística.

Maria João Marinho – Training Consultant Sage

 

Artigos Relacionados

0 Comentários

Deixe um comentário