Faturação

Subir os preços: cinco passos para não perder os clientes  

Na vida de um pequeno negócio, surge um momento em que mesmo com o sucesso do projeto, se torna inevitável a subida dos preços, motivado por aumentos com custos ou taxas.

Neste artigo vamos sugerir cinco passos para não alienar clientes ao proceder a este aumento. Se o aumento é uma consequência de um aumento de alguma taxa ou imposto, é natural que os clientes sintam alguma empatia, e percebam que é algo inevitável.

A franqueza é sempre preferível, tenham um discurso franco, assumindo claramente o aumento. Pode ser uma explicação online, ou no espaço físico da loja, explicando os motivos com clareza. O anúncio deve ter alguma antecedência de forma a não tomar os clientes de surpresa, e até permitindo que aproveitem para adquirir alguns bens, antes que encareçam.

Planifiquem cuidadosamente, analisando o aumento dos custos e quais as implicações nos próximos anos. O aumento dos preços deve ter em conta esta realidade, de forma a não aumentarem novamente os preços nos próximos tempos. Um programa de faturação permite analisar de forma eficaz, acompanhando os gastos no dia à dia, e criando relatórios de gestão.

Procurem criar ofertas complementares, sem aumentar os vossos custos. Pequenos gestos que agradem aos clientes, e tornem mais fácil a aceitação do aumento dos preços.

Pesquisem a concorrência, observem se também estão a aumentar os preços de forma semelhante. E se for possível coloquem os vossos produtos um pouco mais baixos, obtendo preços competitivos.

Criem um pack de serviços com desconto. Esta opção costuma ser bem sucedida, os serviços oferecidos têm todo um pequeno desconto, mas ao serem adquiridos em conjunto, a empresa recebe um valor superior à venda de cada serviço individualmente.

 

Artigos Relacionados

0 Comentários

Deixe um comentário